Enfraquecer Para Governar

0

“Isa 14:12 Como caíste do céu, ó estrela da manhã, filha da alva! Como foste lançado por terra, tu que debilitavas as nações!
Isa 14:13 E tu dizias no teu coração: Eu subirei ao céu, e, acima das estrelas de Deus, exaltarei o meu trono, e, no monte da congregação, me assentarei, da banda dos lados do Norte.
Isa 14:14 Subirei acima das mais altas nuvens e serei semelhante ao Altíssimo.
Isa 14:15 E, contudo, levado serás ao inferno, ao mais profundo do abismo.
Isa 14:16 Os que te virem te contemplarão, considerar-te-ão e dirão: É este o varão que fazia estremecer a terra e que fazia tremer os reinos?
Isa 14:17 Que punha o mundo como um deserto e assolava as suas cidades? Que a seus cativos não deixava ir soltos para a casa deles?”

Tão intenso e profundo será o juízo de Deus sobre Satanás, conforme se vê nesta profecia de Isaías, que aqueles que estiverem no inferno se admirarão ao contemplá-lo, e dirão pasmados o que se lê nos versos 16 e 17.
Dentro da função geral do diabo de roubar, matar e destruir está implícita a sua ação voltada para o enfraquecimento das nações (v.12), especialmente no que tange à soberania delas, conforme o propósito de Deus desde que formou as nações a partir da confusão de línguas em Babel.

Satanás sempre tem agido secretamente, através de pessoas poderosas e influentes para transtornar o conceito de nação, de forma a conduzir o mundo ao governo central de um só homem, que será possuído completamente por ele, com o intuito de governar sobre toda a terra, através do mesmo.
Por isso, sempre tem lutado com vistas ao enfraquecimento das nações, e obtido grande êxito em nossos dias, pelo esfacelamento do conceito tradicional de família conforme ensinado na Bíblia; honrar e obedecer a pai e mãe, educar os filhos nos preceitos do Senhor, etc., pela violação dos princípios eternos morais de não matar – em que está implícito não abortar; não furtar e cobiçar – que também subentende o respeito à propriedade privada; e de todos os demais princípios que regulam a prática do amor e respeito ao próximo.

Não admira que esteja havendo um recrudescimento do ódio aos cristãos e ao cristianismo, porque são especialmente eles que praticam e defendem estes princípios eternos, e que sendo eternos, não podem ser destruídos nos corações que os abrigam. Satanás sabe muito bem, que esta é a única barreira que lhe impede de estabelecer um governo único e central sobre toda a humanidade fundado em valores anti bíblicos, ou seja, contrário a Deus e à Sua vontade.


Ora, como os verdadeiros cristãos jamais cederão a viverem de modo contrário ao amor e à santidade, só lhe resta então a alternativa de planejar o extermínio do cristianismo, e consequentemente dos cristãos fiéis à verdade, conforme intentado por Hitler com a sua chamada “Solução Final”, mas que não lhe foi permitido por Deus, como será também intentado pelo Anticristo, mas no que também será frustrado, porque Deus arrebatará e guardará todos os que Lhe amam.

Os dias difíceis profetizados na Palavra de Deus têm chegado a nós. Vigiemos para não sermos achados na Igreja de Laodiceia que pende para o ecumenismo da grande igreja mundial, que se levantará sobre a terra, com um culto no qual tudo o que se refere ao cristianismo será rechaçado, desprezado, perseguido, ridicularizado; mas permaneçamos na Igreja de Filadélfia, que não nega a Jesus, nem a Sua Palavra.

Pr Silvio Dutra

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA