Um Pai Perfeito

0

“Sede vós pois perfeitos, como é perfeito o vosso Pai que está nos céus” Mateus 5:48.

Muitas vezes nos esquecemos, diante das lutas espirituais e adversidades desta vida, de quanto nosso Deus é bom! Ele não somente é um Deus presente, mas um Pai presente! Jesus, por diversas vezes, diz aos discípulos “vosso Pai”, referindo-se ao modo como Deus se vê em relação a nós. Ele, o Todo Poderoso de Israel, se vê como Nosso Pai, e Ele quer que nos vejamos como Seus filhos! Ele mostra sua Paternidade de diversas formas, seja pela Sua Bondade para conosco, Seu Amor incomparável ou Sua Benignidade que nos leva ao arrependimento.

Ele deseja que todos os homens sejam salvos, pois Ele quer Seus filhos consigo! Deus anseia por nós como um Pai que espera seus filhos retornarem de uma terra estrangeira, aguardando com todo seu amor a cada um de nós. Ele não se esquece dos filhos que tem, mas continuamente ampara, afaga e ajuda todos os que Nele confiam. Quando vê uma lágrima de tristeza, Ele vem com a alegria; quando olha nossa fraqueza, Ele nos cinge de força; quando nos vê caídos estica Sua mão e nos coloca em pé.

Onde se veria um Pai assim? Seria Ele comparado a algum pai terreno? Poderia Seu amor ser igualado a algum amor humano? Por isso diz Jesus: “E a ninguém na terra chameis vosso pai, porque um só é o vosso Pai, o qual está nos céus” Mateus 23:9. Ele é nosso verdadeiro Pai, nosso verdadeiro Amigo! Indescritível é a alegria de conhecer e mergulhar no oceano do amor de Deus, que está manifesto em Cristo Jesus Nosso Senhor!


Quem daria sua vida por amor de nós? O que valemos para receber tamanha graça? Amamos a ponto de ser assim amados por Deus, o Pai? Não, mas como está escrito: “Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores” Romanos 5:8. Nós não O amávamos, mas desrespeitávamos e desafiávamos. Mesmo assim Jesus morreu por nós, obedecendo ao Pai. Creiam no que digo: um pai pode morrer pelos seus filhos, mas muito mais difícil seria para ele dar a vida de um filho pelo outro! Posso dizer que, talvez, seja impossível a um pai fazer tal escolha! Como ele escolheria entre a mão esquerda e a direita? Como poderia dar a vida de um filho obediente por um desobediente e insensato? Conseguem perceber o que quero mostrar?

Estão vendo o que eu vejo? Um Pai que deu ordem a seu Filho Unigênito, que sempre esteve em seu seio, como companheiro inseparável, em tudo obediente, em tudo perfeito, mais sublime do que os céus, para descer em forma humana, padecendo como homem, para morrer em lugar de rebeldes e contradizentes pecadores, a fim de que estes se tornassem participantes da bondade e amor de Deus, como filhos! Onde se vê um amor tão grande? Haveria um Pai como esse?

Olhe para sua luta, agora olhe para Seu Pai! Se Ele escolheu dar Seu Filho Unigênito por você, tornando Jesus o Primogênito entre muitos irmãos, pela cruz, não poderá libertá-lo das garras das trevas e da multidão de inimigos que se levantam como gafanhotos contra ti? Certamente Ele o fará, se você voltar sua atenção para Ele. Você já confessou o Seu Nome? Você já declarou a Jesus como seu Único e Suficiente Salvador? Você já se arrependeu daquilo que te afastou de seu Pai? Faça isso e veja o livramento que o Deus Pai te dará! Olhe para Cristo, veja o Pai por meio Dele, creia Nele e Ele te responderá, te erguerá, livrará e exaltará! Ele é amor e quer dar amor a Seus filhos, portanto, corra para Ele hoje!

Um Pai assim jamais deixará a nenhum dos seus filhos. Aba Pai!

Que Deus os abençoe em Nome de Jesus Cristo!

Ler mais: http://vozdapalavra.webnode.com.br/news/um-pai-perfeito/

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA