Arco-íris a heresia pregada nos púlpitos e na escola bíblica

4

“Jesus, porém, respondendo, disse-lhes: Errais, não conhecendo as Escrituras, nem o poder de Deus.” – Mateus 22.29

Elohim (Deus) fez uma aliança com Noé e deixou o arco-íris como sinal desta aliança – (TEM ALGUMA COISA ERRADA NESTA AFIRMAÇÃO, VOCÊ NÃO ACHA?)

Simples, a maioria dos pregadores, mensageiros, pastores e afins a séculos tem no púlpito, na rua e nas circunvizinhanças implantado uma grande heresia no meio evangelho por falta de entendimento.

Que heresia é está afinal?
Nas sagradas escrituras não existe a paravra arco-iris e sim arco.
Iris era uma deus mitológica filha de Electra (filha de Oceano) e nada tem a ver com o texto bíblico.

O texto bíblico que fala do arco da aliança é este:
Gên. 9: 13 – O meu arco tenho posto nas nuvens; este será por sinal da aliança entre mim e a terra
Para entender melhor sobre o assunto da herética frase arco-íris, dita por alguns “cristãos”, segue alguns dados importantes.

Aliança com Noé…

Deus fala com Noé— Mas contigo estabelecerei a minha aliança; e entrarás na arca, tu e os teus filhos, tua mulher e as mulheres de teus filhos contigo. ( Gen. 6:18)
Deus faz uma aliança com Noé. Manda construir uma arca, uma embarcação flutuante nas águas, para a salvação de uma família e um casal de cada espécie de bichos. Figurando: Uma nova geração futura.
Deus deixa um sinal desta aliança, o arco : o sol no meio da chuva.
Gên. 9: 13 – O meu arco tenho posto nas nuvens; este será por sinal da aliança entre mim e a terra. A terra foi a matéria prima para formação do homem.Terra + água= barro; a qual Deus fez um ser, um homem e deu vida. Nossa primeira mãe é a terra.
Gên. 9: 14 – E acontecerá que, quando eu trouxer nuvens sobre a terra, aparecerá o arco nas nuvens.

O arco-íris tem seu lugar nas lendas devido a sua beleza e dificuldade de explicá-lo antes do tratado das propriedades da luz de Galileu. Na mitologia grega, ele era o caminho feito por uma mensageira (Íris) entre a terra e o céu. O lugar secreto onde os duendes irlandeses escondiam seu pote de ouro é normalmente dito ser no fim do arco-íris. Na mitologiachinesa, o arco-íris era uma abertura no céu fechada pela deusa Nüwa utilizando pedras de sete diferentes cores. Na mitologia hindu, o arco-íris é chamado Indradhanush- significando o arco de Indra, a deusa dos raios e trovões. Na mitologia norueguesa, um arco-íris chamado de a ponte Bifröst conecta o reino de Asgård e Midgård, lares de deuses e homens, respectivamente. No Gênesis 9:13, o arco-íris é um sinal do acordo entre Deus e a humanidade. Depois que Noé sobrevive ao dilúvio na história da arca de Noé Deus enviou um arco-íris para prometer que ele nunca mais enviaria um dilúvio para destruir o mundo.

Aliança

Na Bíblia, o termo Aliança (em hebraico: berith; em grego, segundo a tradução da Septuaginta, diatheke) é utilizado para definir o pacto divino entre Deus e os homens. É também utilizado como sinónimo da própria Bíblia (como acontece em versões latinas). Existem diversos rituais, indicados na Bíblia, que implicavam a formação de alianças entre pessoas ou directamente com Deus. A primeira aliança a ser estabelecida aparece com a descida da arca de Noé no monte Ararat, em que Deus faz aparecer o arco-íris como sinal da Velha Aliança (daqui o nome vulgar de “arco-da-velha” (aliança) para este fenómeno óptico). Outras alianças se vão sucedendo na história sagrada, como o pacto com Abraão e a promessa de uma descendência mais numerosa que as estrelas do céu (e que tem o seu momento ritual quando Abraão divide ao meio uma novilha, uma cabra e um cordeiro entre os quais passa uma labareda de fogo, em sinal divino) – aliança esta que passa a ser marcada também pelo ritual da circuncisão. Após o Êxodo do Egito, o povo de Israel passa a ser testamentário de outra aliança que o torna no povo eleito de Deus. Na perspectiva cristã, com São Paulo, passa-se a falar da Nova Aliança, selada com o sacrifício de Cristo para a remissão das almas.

Íris (mitologia)
Na mitologia grega, Íris era a filha de Taumante e de Electra (filha de Oceano); Taumante era filho do Mar (Ponto) e da Terra (Gaia), e Electra era uma das oceânides, as filhas de Oceano e Tétis. Suas irmãs eram as Harpias: Aelo e Ocípite.
Íris era a personificação do arco-íris e mensageira dos deuses. Como o arco-íris para unir a Terra e o céu, Íris é a mensageira dos deuses para os seres humanos; neste contexto ela é frequentemente mencionada na Ilíada, mas jamais na Odisséia, onde Hermes toma seu lugar.
Íris é representada como uma virgem com asas de ouro, que se move com a leveza do vento de um lado para outro do mundo, nas profundezas dos oceanos e no mundo subterrâneo (Hades). Ela é especialmente a mensageira de Hera, e é associada com Hermes.
Referencias

Hesíodo, Teogonia, Os deuses marinhos, 265-269
Pseudo-Apolodoro, Biblioteca, 1.2.6
Hesíodo, Teogonia, Os deuses marinhos, 233-239
Hesíodo, Teogonia, Os deuses titãs, 346-370
Pseudo-Apolodoro, Biblioteca, 1.2.2

Um dos meus artigos mais lido é este e talves você goste também

Branca de Neve mordeu a maçã, mas Eva não
Eva cai em tentação, come a maça e ainda induz Adão a fazer o mesmo. (TEM ALGUMA COISA ERRADA NESTA AFIRMAÇÃO, VOCÊ NÃO ACHA?)
É sabido que Branca de Neve mordeu a maçã, mas Eva não.

Já se tornou normal entre alguns evangélicos a frase “Eva comeu da maça”, mas qual a origem desta frase fora de contexto?
É sobre isso que desejo falar com os amados leitores.
A cada dia que passa, mais e mais adições pagãs tem sido feitas no meio evangélicos.

Pressupor que o fruto proibido era uma maçã deve-se à influência de artistas medievais e renascentistas que assim a representaram. A cultura pagã a introduziu sorateiramente em nosso meio e muitos não perceberam. A idéia não é Bíblica, e sim da fantasiosa, porém desorientada, imaginação dos artistas e dos poetas que surgiu um dos mitos mais populares da cristandade.
Qual era o fruto?
A Bíblia simplesmente não diz, pois o ponto vital não era o fruto, e sim a desobediência do homem. Leia Romanos 5:12.


4 COMENTÁRIOS

  1. creio que o arco da aliança seja realmente o “arco-irís”, porém quem deu esse nome ao arco foi um povo pagão que não conhecia ou não queria acreditar em um DEUS VIVO E PODEROSO, um povo rebelde que queria ofuscar a glória de DEUS, e que também de forma alguma não devemos adorar o ” arco-irís (pagão) e sim adorar a DEUS. Esta é uma visão simplista da minha parte , que deveria ser um estudo bem mais completo. PS: GOSTEI DO ASSUNTO E VOU FAZER UM ESTUDO BIBLICO SOBRE O CASO E GOSTARIA DE MAIS INFORMAÇÕES SOBRE ESTE ASSUNTO.

    • Creio que não, o fato é porque poucos gostam de estudar bíblia, querem textos que falam apenas de Vitória, de inferno, enfim, estudo puro não querem

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here