Vivendo como peregrino (parte 2)

0

Porque andamos por fé e não por vista.(2 Cor 5:7).

Quando buscamos no mapa e bússola de Deus que está nas Sagradas Escrituras conseguimos encontrar O caminho. Quando guradamos os seus mandamentos e somos guiados pelo Seu Espírito Santo, não vivemos perdidos neste mundo cada dia mais corrompido. Também não andamos conforme as concupicências carnais que combatem contra a nossa alma, mas andamos como peregrinos e forasteiros de Deus enviados com um propósito(1 Pe 2:11-12).
Como diz o escritor do livro de hebreus: “Porque não temos aqui cidade permanente, mas buscamos a futura”(Hb 13:14). Como o peregrino Abraão, devemos nesta terra obedecer, indo ao lugar que o Senhor nos mostra, mesmo não sabendo aonde iremos(Hb 11:8). Quem é peregrino vive como Abraão, ou seja , pela fé, habitando em tendas, saindo da sua inicial morada para aquela que Deus prometera(Hb 11:9).

Diz a palavra de Deus que ele esperava a cidade que tem fundamentos, da qual o artífice e construtor é Deus(Hb 11:10). Muitos personagens bíblicos morreram na fé, sem terem recebido as promessas, mas vislumbraram a de longe, crendo e abraçando-as , declarando que eram estrangeiros e peregrinos nesta terra(Hb 11;13).
Como peregrinos devemos também aprender com Moisés que recusou os tesouros do Egito para viver como peregrino na terra segundo o propósito de deus (Ex 2:22;Hb 11:24-26).

Infelizmente muitos hoje renegam a vida de peregrinos da fé e preferem viver habitando em palácios reais, em templos monumentais, do que esperar pelas mansões celestiais.

Muitso líderes dessa era da igreja no Brasil ostentam e sustentam suas luxúrias em mansões edificadas em areia religiosa e não escondem de ninguém que vivem regaladamente bem. Mas creio que estes “crentes”, assim como tantos outros que fazem da fé, fonte de lucro, já receberam sua parte, seu galardão nesta terra mesmo.
Como diz o apóstoo Paulo, “miseráveis” são aqueles cuja esperança é só nesta terra,. Como a rica igreja de Laodicéia que se acha poderosa e abastada, mas era na realidade, nua, pobre,infeliz e miserável(Ap 3:17).

Mais vale ser rico para Deus do que um rico insensato e avarento, pois a vida de qualquer um não consiste na abundância de bens que possui(Lc 12:15-21).

Mais vale ser um peregrino habitando em tendas do que aquele que faz do dinheiro o seu caminho. Lembre-mos que o rico da parábola de Lázaro recebeu seus bens em vida, mas encontrava em agonia no hades(Lc 16:23;25).

Por isso, crente peregrino, viva como se aqui não estivesse, não andando conforme este mundo, mas andando em renovo a cada dia no nosso entrendimento e experimentando a boa , agradável e perfeita vontade de Deus (Rm 12:2-3).


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here