A Hierarquia do Mal

0

No topo da pirâmide está Satanás. Abaixo dele seus demônios líderes, chamados principados; seguidos pelos demônios em geral.
No quarto escalão se encontram os humanos que são usados pelo topo do pirâmide em posições de governo formal ou informal, público ou privado que conscientemente servem à causa do mal; que são seguidos pelos ingênuos ou ignorantes que servem indiretamente ao mal, e cujas deliberações também produzirão danos na sociedade.

Finalmente, na base da pirâmide se encontram os agentes, assalariados ou não, que são os senhores diretos da corrupção dos bons costumes; da estrutura familiar e social, dentre os quais se encontram os executores do sistema educacional; os agentes do tráfico de armas e de drogas; os agentes promotores de eventos culturais; os agentes de mídia; e todos os demais agentes modeladores de comportamento.

Agora, temos aqueles que são as vítimas de toda esta hierarquia maligna, especialmente os jovens, que são facilmente manipuláveis para serem os principais consumidores de todos estes produtos materiais ou virtuais destinados a destruir os seus corpos e almas mutuamente, como também de pessoas de outras faixas etárias da sociedade.
À luz dessas colocações, seria uma solução eficaz reduzir simplesmente a idade de responsabilidade penal para a solução da prática da criminalidade?
Seria pelo simples aumento da força policial repressiva que seria alcançada a tão almejada paz da vida em sociedade?

A simples política de repressão e apreensão de drogas jamais será uma solução para este problema específico, enquanto continuam operando livremente aqueles que são os responsáveis pela sua produção, e sabemos que na hierarquia do mal, não apenas o traficante toca os negócios, como também há todo um aparato acima dele que lhe dá cobertura e financia as suas ações.
Abuso de sexo livre, drogas e rock, e agora também funk e outras coisa mais, são bem aceitos pelo consciente coletivo, porque foram promovidos, financiados, e introduzidos pela hierarquia do mal, segundo um plano adrede preparado para ser implantado por décadas, para a desestruturação social.


O tempo passou, e aqui chegamos com os tentáculos da malignidade espalhados de tal maneira em todo o mundo, que não há como se deter o seu avanço até que Cristo volte.
Até lá, que Deus nos guarde de todo este mal, e a todos aqueles que sinceramente buscam vencer o mal com a prática do bem.

Pr Silvio Dutra

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA