Transformando motivações erradas em atitudes certas

0

Na verdade, na verdade vos digo que me buscais, não pelos sinais que vistes, mas porque comestes do pão e vos saciastes.(Jo 6:26)

Será que nossas motivações estão sempre corretas?

Como saber as reais motivações que passam no nosso coração?

Quem pode transformar as motivações erradas que surgem?

Questionamentos como esses muitas vezes não conseguem ser respondidos com facilidade.

Porém as Sagradas Escrituras não somente podem nos esclarecer a respeito disso, bem como, nos confrontar para ver as reais motivações da nossa vida.

Certa vez a multidão que andava com Jesus e que ele alimentara, vendo que o mestre havia partido, bem como, seus discípulos, resolvem ir ao Seu encontro em Cafarnaum. Tendo eles achado Jesus e achando-o do outro lado do mar perguntaram:

Rabi, quando chegaste aqui ?

Uma pergunta simples que poderia ser respondida de uma forma simples e direta. Porém, Jesus sabendo das reais motivações no coração daqueles homens responde:

Na verdade, na verdade vos digo que me buscais, não pelos sinais que vistes, mas porque comestes do pão e vos saciastes.(João 6:26 )

Creio que se algumas pessoas soubessem da resposta que Ele daria e quem era de fato AQUELE pelo qual haviam perguntado , certamente não teriam feito este tipo pergunta.
A resposta de Jesus foi uma das mais francas que já ouvi:

Se não bastasse , ele complementa dizendo:

Trabalhai não pela comida que perece, mas pela comida que permanece para a vida eterna”(Jo 6:27).

Era como se Jesus quisesse repetir de outra forma o que está escrito em Mateus 6:33 que diz:

“Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.” (Mateus 6 : 33)

Na verdade, diz as Escrituras que o Senhor Jesus a todos conhecia e que não necessitava que alguém testificasse do homem , porque ele bem sabia o que havia no homem (Jo 2:24-25).

O que Jesus estava mostrando era a real motivação daquelas pessoas a Sua Pessoa. O que Ele estava querendo era transformar as motivações erradas em atitudes certas.

Há pessoas que buscam a Deus , e isso é correto, mas infelizmente estão a procura de serem abençoados e não ser abençoadores. Procuram as bênçãos de Deus e não o Senhor da benção. Buscam Deus apenas para satisfazer seus desejos egoístas e gananciosos.

O livro de Ezequiel falou isso a respeito do povo de Israel e que é valida também para muitas pessoas na Igreja, hoje. Diz assim as Sagradas Escrituras:

Eles vêm ter contigo como o povo costuma vir, e se assentam diante de ti como o meu povo, e ouvem as tuas palavras, porém não as põem em prática; pois com a sua boca professam muito amor, mas o seu coração segue a sua ganância. Eis que tu és para eles como quem canta canções de amor, que tem voz suave e toca bem; porque ouvem as tuas palavras, mas não as põem em prática.(Ez 33:31-32).
Existem pessoas que se achegam a Deus, se assentam nos bancos das igrejas, ouvem a palavra de Deus , mas não o seguem, pois o coração está “desviado” do Senhor.

Como diz o profeta Isaías:

Porque o Senhor disse: Pois que este povo se aproxima de mim, e com a sua boca, e com os seus lábios me honra, mas o seu coração se afasta para longe de mim e o seu temor para comigo consiste só em mandamentos de homens, em que foi instruído. (Isaías 29:13).

O profeta Isaías diz que A adoração que algumas pessoas prestavam a Deus só era feita de regras ensinadas por homens. (Is 29:13 – versão NVI).

No Novo Testamento esta mesma palavra foi direcionada aos religiosos hipócritas daquela época como está escrito:

Este povo honra-me com os lábios, mas o seu coração está longe de mim. E em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos de homens. (Mateus 15.8-9).

Isaías falou também que o seu povo buscava a Deus, se achegavam a Ele, freqüentavam cultos, debatiam a Sua lei e até jejuavam, mas tudo isso, não passava de meros rituais religiosos egoístas (Is 58:2-7).

Há pessoas que ainda não entenderam que o Senhor deseja uma adoração espontânea, real e de todo coração. Ele conhece a real motivação do nosso coração e não se agrada de uma adoração superficial.

O livro de Amós mostra o quanto o Senhor despreza atitudes superficiais em rituais , festas, assembléias solenes e todo tipo de adoração que não é justa diante de Dele e dos homens.

Diz assim as Sagradas Escrituras:

Odeio, desprezo as vossas festas, e as vossas assembléias solenes não me exalarão bom cheiro. E ainda que me ofereçais holocaustos, ofertas de alimentos, não me agradarei delas; nem atentarei para as ofertas pacíficas de vossos animais gordos.
Afasta de mim o estrépito dos teus cânticos; porque não ouvirei as melodias das tuas violas. Corra, porém, o juízo como as águas, e a justiça como o ribeiro impetuoso. (Amós 5:21-24) .

Por isso a questão não é apenas adorar, mas se estamos em uma vida de adoração que agrade ao Senhor. São os nossos motivos egoístas e gananciosos que impede que recebamos da parte de Deus.

A palavra de Deus diz que muitas vezes não recebemos justamente por isso, pois pedimos e não recebemos, porque pedimos mal para gastardes em nossos próprios deleites(Tg 4:3).

E foi justamente isso que Jesus não veio fazer. Ele não veio para deixar as pessoas mais ricas e egoístas, mas solidárias e amorosas para com o próximo. A questão é que muitos tem esquecido disso, que \”Aquele\” que pedimos, também sonda nosso coração e intenção.

Infelizmente muitas vezes nos achegamos a Deus, mas não pedimos para o Senhor sondar nosso coração e ver se essa motivação não nos levará a um caminho mal.

Temos que ter muito cuidado com a real motivação de nossos corações e pedir sempre que o Senhor nos sonde e transforme nossas motivações erradas em atitudes certas.

Pedindo ao Senhor como Davi certa vez declarou:

Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me, e conhece os meus pensamentos. Vê se há em mim algum caminho mau, e guia-me pelo caminho eterno.(Sl 139:23-24)


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here