Tú és o Cristo!

0

Autor: Pastor Jonas Rodrigo Bezerra.

Cesaréia de Felipe

A confissão de Pedro em Mateus 16:13-20

13 Indo Jesus para os lados de Cesaréia de Filipe, perguntou a seus discípulos: Quem diz o povo ser o Filho do Homem?

14 E eles responderam: Uns dizem: João Batista; outros: Elias; e outros: Jeremias ou algum dos profetas.

15 Mas vós, continuou ele, quem dizeis que eu sou?

16 Respondendo Simão Pedro, disse: Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo.

17 Então, Jesus lhe afirmou: Bem-aventurado és, Simão Barjonas, porque não foi carne e sangue que to revelaram, mas meu Pai, que está nos céus.

18 Também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela.

19 Dar-te-ei as chaves do reino dos céus; o que ligares na terra terá sido ligado nos céus; e o que desligares na terra terá sido desligado nos céus.

20 Então, advertiu os discípulos de que a ninguém dissessem ser ele o Cristo.

Cesaréia de Felipe fora construída por Herodes Felipe na cabeceira do rio Jordão. Perto desta cidade é que se destaca esta grande história, onde por sua vez Jesus encaminha os discípulos a um lugar não muito frequentado por judeus por se tratar de um antigo e”grande centro pagão” daquela epóca.

Seu nome na antiguidade se chamava “Panias” ou “Banias”, por que este local era devotado ao “deus pagão” por nome “pan” (metade homem metade bode), daí o emblema na entrada de Cesaréia de Felipe.

Talvez o maior centro pagão do Israel antigo, havia sacrifícios de bodes e os restos eram enterrados lá mesmo próximo do templo de pan, havia alí outro templo em homenagem a “deusa da vingança” (nemefis), e também um templo em homenagem ao “deus zeus”

Os 3 Templos do paganismo foram construídos sobre a rocha do Monte Hermom, e é importante saber que, muitos judeus acreditavam que as portas do inferno se encontravam em Cesaréia de Felipe, pois, existe alí até hoje próximo do local onde ficava o templo de pan e suas ninfas uma enorme gruta que naquela época era considerada a “entrada do mundo das trevas” por isso essa área não era frequentada pelos judeus. Pan por sua vez era o guardião dessa entrada, nessa enorme gruta eram oferecidos todos os sacrifícios.

Jesus se revela dentro desse local como Cristo o Messias através da confissão de Pedro, essa confissão foi, como o próprio Cristo disse revelado pelo próprio Deus que, dentro desse enorme centro pagão exaltou seu Filho, para que o mundo pudesse perceber que só existe uma forma de salvação, se achegando ao filho de Deus e nos alicerçando na verdadeira Rocha que é o Filho de Deus Jesus Cristo nosso Senhor.

 


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here