A Proximidade de Deus de Nós

0

Citações de um sermão de C. H. Spurgeon, traduzidas e adaptadas por Silvio Dutra.

“Ainda que Ele não está longe de cada um de nós.” (Atos 17.27)

Quando o homem desobedeceu a Deus, ele morreu espiritualmente e aquela morte consiste na separação da alma de Deus. A partir desse momento o homem começou a pensar que Deus estava muito longe e isso tem sido desde então a sua religião em todas as épocas. Também ele tem dito: “Não há Deus”, ou então ele crê que a criação visível seja Deus, que é o mesmo que pensar que não há nenhum Deus. Ou então ele tem pensado que Deus seja algum ser distante, misterioso, que não toma conhecimento do homem. Mesmo após a obtenção de uma melhor concepção de Deus, ele tem pensado que Ele é difícil de ser encontrado. Porque o seu coração está longe de Deus, ele imagina que o coração de Deus está longe dele. Mas não é assim. O Deus vivo não está longe de cada um de nós, pois “Nele vivemos, e nos movemos, e existimos.”

A proximidade de Deus do homem é um ensinamento da Revelação. Olhe para trás, para o registro do Jardim do Éden e veja uma evidência da proximidade de Deus do homem. Adão, tendo transgredido, escondeu-se entre as árvores do jardim, mas em seu esconderijo Deus lhe procurou e a voz do Senhor Deus foi ouvida, andando entre as árvores do jardim e dizendo: “Adão, onde estás?” O homem não buscará a Deus, mas Deus procura o homem! Embora a voz do homem não seja, “Onde está meu Deus?” ainda a voz de Deus é: “Adão, onde estás?” Ao longo da história Deus tem sido familiar ao homem. Ele tem falado com ele de diversas formas, mas principalmente através de homens escolhidos. Um após o outro, Ele tem levantado Profetas e por suas vozes de alerta Ele pleiteou com os homens e os convidou para buscarem a Sua face. Sua própria voz pode ter causado espanto e distância e por isso Ele usou vozes humanas, para que pudesse chegar mais perto do coração.


Toda a história da nação escolhida, como lemos no Antigo Testamento, revela a proximidade de Jeová. Seja o que for que leiamos nas Escrituras, vemos que o Senhor está perto, mesmo quando Ele parece ter se escondido. Nestes últimos dias, o Senhor chegou ainda mais perto de nós, pois Ele nos falou por Seu Filho. O Filho de Deus tornou-se o amigo dos pecadores – Ele poderia chegar mais perto do que isso? O Verbo se fez carne e habitou entre os homens e os homens contemplaram a Sua glória. Osso de nossos ossos e carne da nossa carne é o Cristo e Ele ainda é Deus verdadeiro de Deus. Nele Deus está próximo da humanidade e esta é trazida para perto do Trono Eterno. Jesus Cristo é Deus e Homem em uma Pessoa e, portanto, a união mais fechada é formada entre Deus e o homem. Em verdade, em verdade, o Senhor Deus não está longe de cada um de nós em Seu Filho amado!

Hoje, porém Jesus subiu ao alto, o Espírito de Deus habita no meio da Igreja e assim, mais uma vez, o Senhor está próximo. O Consolador ainda está no trabalho. O Convencedor ainda pressiona sobre a consciência do homem quanto ao pecado, à justiça e ao juízo por vir. O Espírito Santo ainda opera com a Palavra de Deus, orientando seus ministros, por assim dizer, para que seus ouvintes possam perceber o caráter e agudeza da Palavra entregue. Oh, vocês que ouvem o Evangelho, não se esqueçam disso, que o Reino de Deus está próximo de vocês em um sentido muito especial! Eu posso dizer a vocês, com ênfase: “Ele não está longe de nenhum de vocês e nenhum de vocês está longe do Reino de Deus.”

Que Deus está perto por sua Onipresença e pelas suas graciosas relações com os homens é o ensino claro do Volume inspirado. Para a mente iluminada, Deus é, evidentemente, visto estar perto nas obras da Natureza. De quem era a voz que ouvimos ontem à noite no trovão? Quem formou as gotas de chuva que refrescam os campos? Quem soprou a brisa suave que refrigerou as flores caídas? Quem nos enviou este dia tão claro, tão calmo, tão brilhante, o casamento de terra e céu”? Quem está criando para nós as nossas colheitas e preparando alimentos para o homem e animais? É Deus que faz isso, e o faz de uma forma além da nossa compreensão, mas o faz diante de nossos olhos! Não há outra força no universo exceto a que é derivada de Deus. Não há outra vida a não ser a vida que saltou da auto-existência eterna. Deus está em tudo! Acima de nós nas estrelas Ele brilha, mas Ele também trabalha na grama debaixo dos nossos pés. Cada gota de orvalho brilha Sua glória e cada grão de poeira leva Sua impressão. Ele está dentro de nós, mantendo os nossos corações em movimento – e em torno de nós, dando ao ar que respiramos seu poder de sustentar a vida.

Assim também está o Senhor muito próximo na Providência. Apesar de que esta geração incrédula tente banir Deus, ainda assim Ele está presente nas transações de todos os dias. Todas as coisas vêm dEle, tanto as pequenas quanto as grandes. Ele ordena, regras sobre regras. Peste e fome, terremotos e furacões são os Seus passos pesados – e dias e noites, colheitas e primaveras são Seus passos suaves. Os acontecimentos da história, sejam em grande ou pequena escala, trazem um design evidente e arranjo. Todas as coisas cooperam com singular precisão e pontualidade para cumprir um propósito elevado. É a moda, hoje em dia, dizer que estas coisas são coincidências. É uma palavra bonita para os meninos para brincarem! Alguns de nós observam as providências de Deus e nunca estamos sem uma providência para observar. Nós vemos a mão de Deus na vida diária e temos o prazer de que seja assim, apesar de sermos como pobres tolos.

Aqueles que podem ver podem muito bem ficar contentes em suportar as brincadeiras dos cegos! Na minha própria experiência pessoal eu me encontrei com o inúmeros e singulares trabalhos de Deus na Providência, alguns dos quais eu pouco me atrevo a dizer, porque podem parecer inacreditáveis. Lembro-me de pregar em Halifax, em um prédio de madeira enorme que foi erguido para tal propósito. Durante o dia anterior, a neve caiu pesadamente e estava encobrindo profundamente o chão. No entanto, as pessoas vieram aos milhares e lotaram o enorme edifício. E gratamente eu me lembro como eles foram embora para suas casas em segurança. Eles não tinham aberto mais cedo o edifício, o qual caiu em uma ruína gigante! Porque não tinha caído, quando as multidões estavam lá? Para minha alegria, por ninguém ter sido ferido eu pensei que Deus estava ali, e louvei o Seu santo nome. Foi isto algum tipo de superstição?

Deus está tão perto de nós que Ele ouve as orações do Seu povo e ordena eventos em correspondência a essas orações. Nossa experiência cotidiana é que a oração é respondida pelo Senhor, nosso Deus, pois Ele está perto para cumprir suas promessas e conceder as petições dos que colocam sua confiança nEle.
Amado, o fato é que Deus está em toda parte. Ele é tão presente em todos os lugares que Ele está especialmente perto de cada pessoa. Deus é tanto com você como se não houvesse nenhuma outra pessoa no mundo. Esta Verdade de Deus é elevada e não podemos alcançá-la, mas isto não é menos certo.

Deus está perto de cada um de nós, observando-nos com exatidão, percebendo as intenções secretas de nossos corações. Ele está perto de nós, sentindo por nós e pensando em nós. Ele está perto de nós em energia ativa, pronto para intervir e ajudar-nos. Ele está perto de nós em todos os lugares e em todos os momentos. De noite e de dia Ele nos rodeia. Neste momento, “com certeza Deus está neste lugar”. Saiba disto e seja cheio de temor! Eu oro para que antes que o culto termine que você possa conhecê-lo por sentir o poder da sua graça.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA