O Sonho de Simeão – Esboço de Sermão

0
79

O maior sonho de Simeão era conhecer a “consolação” de Israel (v. 25) e o “Cristo do Senhor” (v. 26), ou seja, conhecer JESUS. Com ele aprendemos que conhecer Jesus hoje continua sendo o maior sonho que uma pessoa pode realizar….

I – SONHO GESTADO NA CIDADE (v. 25)

1. Sonho de um homem simples (“Havia em Jerusalém um homem chamado Simeão..)

Não tinha nenhuma notoriedade social….

2. Sonho de um homem coerente (“… homem este justo e piedoso”)

Tinha um boa relação com seus semelhantes (“justo”) e uma boa relação com Deus (“… piedoso”)

3. Sonho de um homem focado (“…esperava a consolação de Israel”)

Simeão estabeleceu uma prioridade e jamais abriu mão dela…

II – SONHO VIABILIZADO PELO ESPÍRITO SANTO (v. 25b-27)

1. Espírito Santo visitador (v. 25b “… e o Espírito Santo estava sobre ele)

O Espírito tornou-se companheiro de Simeão

2. Espírito Santo revelador (v. 26 “Revelara-lhe o Espírito….”)

O Espírito comunicou-se com Simeão de forma direta e prática

3. Espírito Santo movedor (v. 27 “Movido pelo Espírito…”)

O Espírito criou as circunstâncias favoráveis ao encontro de Simeão com o Messias

III – SONHO EXPERIMENTADO PESSOALMENTE (v. 28-32)

1. Experimentado pessoalmente pelo toque (V. 28a “Simeão o tomou nos braços…”)

Tocar em Jesus significou para Simeão tocar em Deus!

2. Experimentado pessoalmente como a maior bênção: salvação (v. 28b-32 “… e louvou a Deus dizendo…”)

a) Salvação para a vida terrena (v. 29 “Agora, Senhor, podes despedir em paz…”)

Simeão, “agora” estava em paz consigo mesmo e com Deus

b) Salvação para a vida futura (v.30 “…já viram a tua salvação….”)

Simeão estava , em Cristo, salvo da condenação do pecado

c) Salvação para todos (v. 31-32 “… a qual preparaste diante de todos os povos…”)

Simeão viu em Jesus a concretização do plano divino de salvação do mundo

IV – SONHO PROCLAMADO IMEDIATAMENTE (v. 33-35)

1.Proclamado a Maria e a todos os povos pelo Evangelho (v. 33 “e disse a Maria…”)

Simeão não retém para si as descobertas que o Espírito lhe dera sobre Jesus
2. Proclamado como salvador e condenador (v. 34 “… para ruína…para levantamento”)

Simeão discerne o “aparente” paradoxo de um Messias que salva e condena….

3. Proclamado como manifestador da alma humana (v. 35 “..para que se manifestem os pensamentos de muitos corações”)

Simeão prevê a dor de Maria e o dianóstico da pecaminosidade de todos aqueles que viessem a ter contato com Jesus…..

CONCLUSÃO

– Pelo exemplo de Simeão aprendemos que a vida…

1. Só tem sentido pleno quando conhecemos Jesus como Salvador e Senhor

2. Só tem sentido pleno quando proclamamos Jesus como Salvador e Senhor
a) Envolvendo-nos com a cidade

b) Recebendo as capacitações do Espírito Sant

Fonte: Esboços de Sermões

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA