O Poder da Unidade

1

Gênesis 11:1-9 e Mateus 18:19,20.

Unidade é Ação coletiva, que tende a um único objetivo; coesão; integração; união. Na unidade não significa que todos se tornam iguais, que as diferenças desapareçam, mas significa que cada um abre mão do seu “pensamento próprio” para caminhar junto numa mesma visão, num mesmo propósito com os demais, para o cumprimento de metas estabelecidas pela liderança ou coletivamente.

Unidade é um assunto muito sério

Unidade é um assunto tão importante para Deus, que Jesus antes de ser crucificado passou um longo tempo ministrando e intercedendo por seus discípulos e por todos nós, para que pudéssemos aprender e receber o espírito da unidade, nos tornando um só com Cristo e um só uns com os outros. Jesus disse que o mundo só o conheceria se visse esse espírito de unidade em nós (João 17:21-23). E também em Gênesis 11:1-9 nós vimos que a unidade atrai a atenção de Deus, que a um povo unido nada se torna impossível.

Por que as pessoas deixam de andar em unidade?

Podemos identificar alguns motivos ou causas que fazem com que as pessoas deixem de andar em unidade:

– Egocentrismo: porque acham que sua opinião ou seu jeito de fazer é melhor do que o de seu líder ou do coletivo.

– Competição: querem sempre estar “certas” e serem “melhores” que os outros ou que seus líderes.

– Auto-pastoreio: não conseguem se abrir para serem ensinadas, conduzidas, pastoreadas, caminhar em bando como as ovelhas. Judas versículo 12 fala que essas pessoas que se auto-pastoreiam, ou seja, que são pastores de si próprias e não se submetem a pastores e líderes espirituais, são iguais a “nuvem sem água” e “árvores sem raízes”, são estéreis e não geram frutos que permanecem.

– Opressão maligna: há um espírito maligno atuando em suas vidas. Em alguns casos é um legado de orfandade, quando as pessoas não tiveram a figura paterna presente e acolhedora na sua infância. Em outros casos trata-se de um “espírito de bode” mesmo, que gera pessoas solitárias, que não sabem viver em bando como as ovelhas. Mas para todos esses casos é possível a cura e a libertação em Cristo Jesus.

A Unidade gera força
– Porque Deus habita no meio da unidade (Leia Mateus 18:19-20).
– Porque um ajuda ao outro (Leia Eclesiastes 4:9-12).
– Porque o ambiente gerado pela unidade estimula e encoraja a todos (Leia I Coríntios 1:10). Um ambiente onde todos falam a mesma língua, têm a mesma visão e lutam para conquistar alvos gera credibilidade e confiança para as pessoas que chegam nesse ambiente. Já um ambiente em que as pessoas criticam umas as outras e falam línguas diferentes, criticam seus líderes e uns aos outros, gera desconfiança em quem chega.

Satanás tem todo interesse em afastar as pessoas do corpo, pois ao afastar uma pessoa da unidade, ele prepara o bote para ataca-la com mais facilidade, já que sozinha ela está mais vulnerável (Hb. 10:24,25).

Tipos de unidade que nos dão poder:

1.1. Unidade no casamento e na família – A esposa precisa se unir ao seu marido ou ajudá-lo nas decisões e assim viverem em concordância. Quando há concordância dentro do lar, tudo se torna possível, principalmente se estiver em linha com Deus. Os filhos precisam estar em concordância com os pais, seguindo as suas instruções, o segredo para a vida em abundância esta aí. É o princípio da unidade que Jesus disse em Mateus 18:19, quando dois concordarem na terra em oração, será concordado no céu e concedido por Deus Pai.

1.2. Unidade entre Eu e Deus – Eu preciso me unir a Ele – estar em concordância com seu propósito para minha vida. Assim eu sou instrumento para contribuir que a unidade da igreja, da família, do Grupo Familiar, dos discípulos etc., seja aperfeiçoada. Se formos um com Ele, o Seu reino estará em primeiro lugar na nossa vida, sendo assim não teremos dificuldade de viver e praticar a Sua Palavra, não teremos dificuldades de ser fiel, de fugir do pecado, de ser submisso aos nossos líderes, nos esforçaremos para fazer discípulos frutíferos, pois iremos refletir a vontade perfeita de Deus em todas as áreas da nossa vida.

1.3. Unidade com a Visão e o Chamado de minha Igreja – Unidade entre mim e você, isto é, entre os irmãos em Cristo. Estar unidos não é apenas estarmos todos juntos em um culto, no Grupo Familiar ou conviver na igreja, na família ou trabalho. Recebemos uma palavra rhema do Senhor em 2012 que nos diz: “Não levantaremos altares individuais. Nenhum de nós é uma unidade independente. Não somos uma instituição impessoal. Nossa relação é de alinhamento de aliança. Não há espaço para quebra de alianças, assim Deus renova suas bênçãos e Satanás tem seu acesso desautorizado” e que “como notas musicais, as experiências pessoais, embora individualmente essenciais, só desempenharão sua plena função se combinadas com o todo na harmonia de uma única melodia. Somos uma sinfonia. Crianças, adolescente, Jovens e adultos, homens e mulheres, serão parceiros tocando e dançando uma única canção. Queremos ser uma família de famílias”. Para recebermos a bênção da visão do que ministério que fazemos parte, do corpo que somos membros, precisamos estar em unidade.

1.4. Unidade entre discípulo e discipulador – O discípulo se une ao seu líder no propósito, na linguagem, na visão, no sonho e na missão… O resultado é crescimento e conquistas em todos os níveis. Esta unidade com o discipulador e com o grupo forma uma equipe e equipe é um conjunto de pessoas que, juntas, interagem plenamente entre si e que todos trabalham unânimes rumo a um mesmo e único objetivo proposto. Os integrantes desta equipe sempre cuidarão um do outro.

1.5. Unidade com minha equipe de trabalho, com as pessoas com quem compartilho o ambiente de meu sustento ou de estudo. A palavra de Deus diz que devemos fazer tudo como se estivéssemos fazendo para o próprio Jesus Cristo, por isso devemos fazer tudo sempre com excelência. A palavra de Deus também diz que o servo (trabalhador) deve honrar seu senhor (empregador) e que o senhor deve tratar o servo com dignidade, como seu irmão (Colossenses 3:23 e Efésios 6:5-9).

Enfim, a unidade é o propósito de Deus para o seu povo, pois Ele é o General de dois exércitos: um Exército Celestial, formado pelos anjos, arcanjos e querubins; e um Exército Terreno, formado pela Igreja, que é o Corpo de Cristo. E num exército todos os soldados e pelotões marcham uníssimo, como “um só homem”, no mesmo compasso e na mesma direção.

Fonte deste estudo: Ministração do Pr. Fidelis Paixão na Festa do Ágape em 09 de Dezembro de 2012.


1 COMENTÁRIO

  1. olá, muito bom este estudo sobre a unidade, concerteza uma igreja sem união, ela não caminha bem, precisamos procurar a cada dia deixar o eu dentro de nós e voltarmos para o que o outro está pensando. ter um único pensamento, de fazer a vontade do pai, de obedece-lo, de adora-lo. eu creio que Deus ele vem buscar uma única igreja, á que estiver em comunhão e unida.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here