A Preparação da Esposa do Cordeiro

0

Missão do Farol – Um Alerta para o Povo de Deus

DEVOCIONAL DIÁRIO
– “CAFÉ ESPIRITUAL” –

A PREPARAÇÃO DA ESPOSA DO CORDEIRO

– Muito bem. Como esposa do Cordeiro (Jesus Cristo), precisamos nos preparar adequadamente para as Bodas do Cordeiro.

– Pois, sabemos que Deus escolheu o homem para ser Sua companheira, Sua noiva e esposa. Pois, lemos em (2 Coríntios 11:2-3) o seguinte:

– “Porque zelo por vós com zelo de Deus; visto que vos tenho preparado para vos apresentar como virgem pura a um só esposo, que é Cristo”.

– Uma observação: Antigamente, os chineses, como também os povos do oriente, os pais comprometiam a filha a casar-se com o filho de outra família. Isto é parte da cultura oriental.

– E, quando isto acontecia, daquele momento em diante, aquela filha, só tinha uma preocupação: preparar-se para casar-se um dia com aquele a quem fora prometida.

– Da mesma forma, esta deve ser a atitude de cada cristão. Pois, como “noivas de Cristo”, não podemos olhar para mais ninguém ou mais nada, pois já estamos comprometidos com Cristo.

– No entanto, precisamos crescer e amadurecer espiritualmente, pois, o Senhor não pode casar com uma “Igreja criança”. Como diz (Efésios 4:5) precisamos de progresso e crescimento espiritual.

– Portanto, quem não aproveita cada momento da sua vida para crescer, está perdendo tempo!

– Na verdade, toda a nossa vida não passa de um “processo de embelezamento” para o nosso casamento com o Senhor, assim que Ele voltar.

– Para entender um pouco melhor este processo, leiamos (Ester 2:1-12).

– Como acabamos de ver no texto acima, Ester foi levada ao palácio do Rei, pois ela lhe pareceu formosa e alcançou favor diante dele. A seguir, Ester foi preparada com ungüentos e alimentos especiais, como também foi ajudada por 7 jovens escolhidas da casa do Rei.

– Outra coisa. Em chegando o prazo de cada moça vir apresentar-se ao Rei Assuero, depois de ser tratada segundo as prescrições para as mulheres, por 12 meses (pois este era o período de embelezamento – ou seja, 6 meses com óleo de mirra (que significa morte) e 6 meses com especiarias e com os perfumes).

– Da mesma forma, nós cristãos fomos escolhidos dentre milhares de pessoas por Deus para sermos a noiva de Jesus Cristo.

– Em seguida, fomos levados ao “palácio real”, ou seja, à “Igreja de Jesus Cristo”, onde somos tratados de maneira especial, com dieta específica, a fim de nos prepararmos para a Segundo vinda do Senhor e, consequentemente, para a nossa festa das Bodas.

– É importante ressaltar que, por seis meses, Ester foi preparada com óleo de mirra.

– E, na Bíblia, “mirra” simboliza “morte”.

– Por outro lado, por outros seis meses, ela foi preparada também com especiarias, unguentos e perfumes especiais.

– Na Bíblia, as “especiarias, perfumes e ungüentos”, tipificam “o perfume da ressurreição”. Ler (João 19:38-40).

– Muito bem. Com estas figuras em mente, podemos dizer que a nossa vida precisa passar pela experiência da “mirra” isto é da morte do nosso velho homem para que haja uma ressurreição. Ler (Romanos 6:1-11).

– Na verdade, o período em que vivemos hoje, isto é, a Era da Igreja, vai desde o nosso nascer de novo até o dia da nossa morte.

– Portanto, neste período, precisamos entender que o “óleo de mirra”, ou seja, o “óleo da morte” terá de ser aplicado na nossa alma, isto é, na nossa mente, vontade e nas nossas emoções.

– Pois, na verdade, a nossa mente e as nossas emoções estão fortemente voltadas para as “coisas deste mundo”e, a nossa vontade, é “fazer o que bem entendemos”.

– Nossa mente precisa ser ressuscitada para entender o “plano de Deus”. Nossas emoções têm de ser para amar ao Senhor e, nossa vontade, precisa ser a “vontade do Senhor”!

– Ou seja, em vez de vivermos pela nossa vida natural e carnal, devemos viver pela vida divina que recebemos do Senhor. Isto é, devemos “viver no Espírito”, fazendo apenas a vontade do Senhor.

– E, quando vivemos desta forma, “exalamos o bom perfume de Cristo”, como diz Paulo em (2 Coríntios 2:14-17).

– Portanto, aproveite cada minuto da sua vida (ou seja, o “período de 12 meses) para negar a vida da alma, do ego, a fim de viver no Espírito e, finalmente estar preparado para as Bodas do Cordeiro!

MISSÃO APOSTÓLICA E PROFÉTICA DO FAROL


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here