O Segredo Para Prosperidade Revelado

0

A GLÓRIA DE DEUS EM NÓS É QUE SEJAMOS PROSPEROS E FELIZES COM CRISTO

Muitos me pediram para descrever sobre prosperidade. Devido há divergência e grande polemica, demorei um pouco para tomar a decisão de falar sobre o assunto. Minha intenção não seria fazer mais uma apologética sobre teologia da prosperidade, teologia da libertação ou riqueza em geral. Tento revelar o segredo de pessoas que ficaram e são prosperas, devido à posição tomada diante deste caos em que vivemos.
Para começar temos que ter a ideia do que é prosperidade e se de fato é bíblico ser uma pessoa prospera.

A etimologia da palavra prosperidade (do latim prosperitàte) tem o significado de boa-sorte, ventura, felicidade, boa-saúde. A Prosperidade, segundo especialistas em língua portuguesa é uma palavra que vem do latim e significa também um estado ou qualidade de próspero, feliz, abastado, que está em plena ascensão; é um conjunto de situações envolvendo saúde física, mental, financeira, ambiental e social. É uma pessoa saudável em todas as áreas da vida. Segundo a bíblia uma pessoa prospera é todo aquele que goza de felicidade, pois tudo quanto faz dar certo têm uma ótima saúde, sua família é exemplar, seu caráter é irrepreensível, sua vida financeira é bem-sucedida e a paz reina em seu coração.

Essa pessoa é abençoada e temente a Deus, como lemos em Dt 28:1 que diz: E SERÁ que, se ouvires a voz do SENHOR teu Deus, tendo cuidado de guardar todos os seus mandamentos que eu hoje te ordeno, o SENHOR teu Deus te exaltará sobre todas as nações da terra. A promessa é para todo povo de Deus que creiam e obedeçam a esse ensino como a bíblia diz: O SENHOR mandará que a bênção esteja contigo. Dt 28:8. Porém, há os que discordam desta promessa. Uns dizem que ela diz respeito aos Judeus, outros nem sequer sabem desta benção e há aqueles que pensam estarem amaldiçoados e não merecem serem prósperos.

Podemos dizer que ser rico ou ser pobre é uma questão que perturba muitas pessoas tanto hoje como no passado. Mas, surge uma questão que não quer calar: SERIA ERRADO QUERER SER RICO? O certo mesmo é ser POBRE? Existiu algum discípulo de Cristo rico? Todos os CRISTÃOS eram de fato pobres? Os defensores de uma vida sem riquezas defendem suas ideias baseando sua apologia nos versos onde o apóstolo Paulo, segundo eles, nos admoestou contra o desejo de ser rico.

Para serem mais exatos os defensores de uma vida pobre dizem que Paulo nos advertiu contra pregadores que incitam o desejo de ser rico ao invés de ajudar as pessoas a se livrarem desse desejo. O termo de sua apologia se baseia em (1Timóteo 6:9-10) que diz: “Ora, os que querem ficar ricos caem em tentação, e cilada, e em muitas concupiscências insensatas e perniciosas, as quais afogam os homens na ruína e perdição. Porque o amor do dinheiro é raiz de todos os males; e alguns, nessa cobiça, se desviaram da fé e a si mesmos se atormentaram com muitas dores.”

A questão é: Paulo estar mesmo falando contra o dinheiro e a possibilidade de ter alguma reserva dele? Leiamos o verso bem devagar analisando o verdadeiro sentido do texto. ORA OS QUE QUEREM FICAR RICOS CAEM EM CILADAS… Pense um pouco que cilada ou tentação está falando o Apostolo! Seria só CONCUPISCENCIA em si? Note que na verdade ele destaca o verdadeiro fator que é o AMOR ao DINHEIRO e não o dinheiro em si. Esse AMOR ao dinheiro é na verdade a raiz de todos os males e não o dinheiro em si. Porque se você tiver o desapego, ou seja, se o dinheiro é dominado e não o dominador, ele se tornará útil para muitas coisas inclusive na obra de Deus. Significa dizer que, se alguém possuir ao invés de ser possuído esse alguém poderá utilizar a riqueza para o bem dos outros, ou seja, poderá ajudar muitas pessoas.

O próprio ministério de Jesus tinha e se utilizava do dinheiro para a realização de sua obra, tanto é que, Judas era o tesoureiro.
Claro! Os que defendem uma vida de pobreza não irão concordar com esta hermenêutica. Para eles a parábola do jovem rico traduz sua maneira de ver o dinheiro. Para isso, eles castram o verdadeiro ensino desta parábola quando dizem que os ricos ficarão de fora do reino de Deus, citando o verso de sua maneira. Leiamos o texto em questão da forma deles: Jesus disse: “Quão dificilmente entrarão no reino de Deus os que têm riquezas!” Os defensores de uma vida pobre isolam aqui o texto e para reforçar seus ensinos concluem argumentando que os discípulos ficaram espantados, tão quanto ficariam frente ao “Movimento da Prosperidade”.

Então, Jesus elevou ainda mais o espanto deles, dizendo: “É mais fácil passar um camelo pelo fundo de uma agulha do que entrar um rico no reino de Deus.” Eles responderam em descrença: “Então, quem pode ser salvo?” Jesus disse, “Para os homens é impossível; contudo, não para Deus, porque para Deus tudo é possível.” (Marcos 10:23-27 Esse texto se repete em Mt 19:16-30 Lc 18:18-30, Mt 19:16-22, Lc 18:18-23. Mt 19:23-30, Lc 18:24-30). Não sei se choro, ou simplesmente fico igual um tolo, olhando e concordando com esse tipo de ensino, que foi implantado pelos senhores de escravos que dominavam e oprimia o povo através de uma educação medíocre usada como cabresto que faria o povo obedecerem sem questionar a opressão de seus senhores e a vida pobre e miserável que vivam.

Nós iremos ler o texto de Marcos sem isolar ou esquecer parte dele. Porque segundo a regra das regras de interpretação bíblia: A BÍBLIA É O SEU PRÓPRIO INTÉRPRETE, se não quisermos incorrer em erros e atrair sobre nós a maldição que a própria Escritura pronuncia contra os falsificadores da Palavra. É necessário ouvir primeiro, a própria Bíblia. Porque sabemos, o primeiro intérprete da Palavra de Deus foi o diabo, dando à palavra divina um sentido que ela não tinha, falseando astutamente a verdade. Mais tarde, o mesmo inimigo, deturpa o sentido da Palavra escrita, truncando-a, isto é, citando a parte que lhe convinha e omitindo a outra.

O texto em questão diz: E, pondo-se a caminho, correu para ele um homem, o qual se ajoelhou diante dele, e lhe perguntou: Bom Mestre, que farei para herdar a vida eterna? E Jesus lhe disse: Por que me chamas bom? Ninguém há bom senão um, que é Deus. Tu sabes os mandamentos: Não adulterarás; não matarás; não furtarás; não dirás falso testemunho; não defraudarás alguém; honra a teu pai e a tua mãe. Ele, porém, respondendo, lhe disse: Mestre, tudo isso guardei desde a minha mocidade.

E Jesus, olhando para ele, o amou e lhe disse: Falta-te uma coisa: vai, vende tudo quanto tens, e dá-o aos pobres, e terás um tesouro no céu; e vem, toma a cruz, e segue-me. Mas ele, pesaroso desta palavra, retirou-se triste; porque possuía muitas propriedades. Então Jesus, olhando em redor, disse aos seus discípulos: Quão dificilmente entrarão no reino de Deus os que têm riquezas! E os discípulos se admiraram destas suas palavras; mas Jesus, tornando a falar, disse-lhes: Filhos, quão difícil é, para os que confiam nas riquezas, entrar no reino de Deus! É mais fácil passar um camelo pelo fundo de uma agulha, do que entrar um rico no reino de Deus. E eles se admiravam ainda mais, dizendo entre si: Quem poderá, pois, salvar-se?

Vamos fazer uso da própria bíblia para entender esse texto. Bem devagar sem tomar partido, porque nosso desejo é entender melhor o assunto do texto. A primeira questão é: Por que Jesus falou de riquezas aqui neste texto? Note que o jovem queria saber como herdar a vida eterna, ou seja, ele queria saber o que o impediria de entrar no reino de Deus. Ele era um religioso observador dos princípios de sua religião.

Vemos isso no argumento dele dizendo: Mestre, tudo isso guardei desde a minha mocidade. Jesus o faz ver a sua real situação quando diz: Falta-te uma coisa: vai, vende tudo quanto tens, e dá-o aos pobres, e terás um tesouro no céu; e vem, toma a cruz, e segue-me. Não vejo Jesus aqui fazendo apologia a pobreza, mas, sim anunciando que os pobres precisam sair da pobreza através da riqueza daquele jovem. E mais, o ponto principal neste verso é O DESAPEGO.

A verdadeira lição ao jovem rico e a todos que possuem riquezas é o desapego e a demonstração do amor ao próximo, socorrendo os necessitados. Porém, os que são possuídos pelas riquezas ficam como aquele jovem rico que perdeu a oportunidade de ajudar e ser ajudado. Vemos isso no texto que segue: Mas ele, pesaroso desta palavra, retirou-se triste; porque possuía muitas propriedades. Para finalizar a sua lição Jesus diz: Quão dificilmente entrarão no reino de Deus os que têm riquezas! Jesus percebe que os discípulos não entenderam a lição explica: Filhos, quão difícil é, para os que confiam nas riquezas, entrar no reino de Deus! É mais fácil passar um camelo pelo fundo de uma agulha, do que entrar um rico no reino de Deus. PERCEBA que Jesus é mais claro ao dizer: OS QUE CONFIAM NAS RIQUEZAS. Então, a questão toda é facilmente entendida quando lemos e compreendemos CORRETAMENTE. O texto é bem claro quando diz: OS QUE CONFIAM NAS RIQUEZAS. Assim sendo, Jesus estar censurando o jovem NÃO POR SER rico. MAS, por confiar nas riquezas e não em DEUS. Em toda bíblia somos convocados a confiar somente em Deus.

Jesus adverte contra o esforço para acumular tesouros na terra; ou seja, Ele nos manda ser donatários, e não proprietários. “Não acumuleis para vós outros tesouros sobre a terra, onde a traça e a ferrugem corroem e onde ladrões escavam e roubam; mas ajuntai para vós outros tesouros no céu, onde traça nem ferrugem corrói, e onde ladrões não escavam, nem roubam” (Mateus 6:19-20). CONFIANÇA EM DEUS É A LIÇÃO DE JESUS CRISTO PARA NOSSA VIDA! Como está escrito: Seja a vossa vida SEM AMOR AO DINHEIRO. Contentai-vos com as coisas que tendes; porque ele tem dito: De maneira alguma te deixarei, nunca jamais te abandonarei. Assim, afirmemos confiantemente: O Senhor é o meu auxílio, não temerei; que me poderá fazer o homem?” (Hebreus 13:5-6).

A prosperidade é simplesmente uma questão de fé e verdadeira confiança em Deus. Como está escrito “Bem-aventurado o homem que põe no SENHOR a sua confiança.” Sl 40:4. Sendo assim, podemos dizer que prosperidade é a convicção na alma, no espirito, na mente e no subconsciente por parte da pessoa. Você não se tornará milionário dizendo “sou um milionário, sou um milionário”. Você tomará a consciência da riqueza ao criar em sua mente à idéia da prosperidade e da abundância para sua vida com a confiança em seu Deus que é dono do ouro e da prata. Se Deus é dono O SENHOR de tudo temos está preparados para renuncia e ofertar até nosso próprio corpo se preciso for a qualquer momento por amor a ELE.

Isso é viver para DEUS como está escrito: Assim, pois, todo aquele que dentre vós não renuncia a tudo quanto tem não pode ser meu discípulo” (Lucas 14:33). RENUNCIA e DESAPEGO é chave para prosperidade de todo servo de Deus. Para começar Você pode abrir a mente para a prosperidade renunciando o ensino de que a pobreza é uma virtude cristã, uma vez que ela é apenas um meio usado pelo senhores de escravos que manipulavam as escrituras para um bem comum a eles mesmo, ou seja, o domínio mental de seres humanos. Esquecem eles que: ao Senhor pertence a Terra, e tudo o que ela contém, inclusive os próprios seres humanos. Sl 24:1.

Segundo a bíblia nós somos o que pensamos, como está escrito: Porque, como imaginou no seu coração, assim é ele. Pv 23:7. O que você planta na sua mente, colhe na realidade. Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem plantar, isso também colherá. Gl 6:7. Os pensamentos são produto do que aprendemos e assimilamos durante anos de nossa formação. Nossas ideias, sentimentos e imaginação fazem aquilo que vivo hoje, tudo porque a realidade acompanha o meu pensamento e traz a existência o que imaginamos, você pode duvidar.

Mas, a mente consciente é produto do subconsciente Porque, como imaginou no seu coração, assim é ele. Pv 23:7. O Apostolo Paulo sabia disto quando escreveu dizendo: ROGO-VOS, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não sede conformados com este mundo, mas, sedes transformados pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus. Rm12:1-2.
A questão é, qual é a vontade de Deus para minha vida? Será que seja para eu ser pobre? Que seja doente? Afinal, tenho que me conformar com minha situação miserável? Então por que o Apostolo disse: E NÃO SEDE CONFORMADOS com este mundo, mas, sedes TRANSFORMADOS pela renovação da VOSSA MENTE. Para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.

Significa dizer que, pensar é ser e esse SER É PRODUTO do crê e esse é o resultado da fé e a fé é e será o que pensamos. Sendo assim, jamais esqueça de que tudo o que você pensa, diz e faz é um reflexo do que decidiu sobre si mesmo. O pensamento é o único poder intangível que pode proporcionar as riquezas tangíveis existentes no depósito do SER Infinito e ONIPOTENTE. É através da mente que a verdadeira fonte da prosperidade e de todas as riquezas divinas virá a nós pelo poder da fé. E pela fé invadimos o impossível, porque tudo é possível ao crer e a fé é o firme fundamento das coisas que se ESPERAM , e a prova das coisas que se não vêem. Hb 11:1.

ESPERÁ é criar o quadro mental que você quer na mente e no coração, assim é e será! Imagine aquilo que deseja como se já tivesse sido alcançado realmente. Veja-se possuindo alguma coisa como, sendo alguma coisa real ou fazendo alguma coisa, como sendo um fato consumado. Seria como um sentimento de reação a tudo que lhe acontece, que mais o influencia. A intensidade com que sentimos alguma coisa que almejamos, determina a intensidade do poder criador interior para magnetizar as condições existentes ao nosso redor e atrair para nós o que desejamos. Isso é o que chamamos de fé e fé é crer sem duvidar! Para Jesus “O reino dos céus está dentro de nós mesmos”, Lc 17:21.

Isso quer dizer que Quer compreendamos ou não, o responsável direto ou indireto por tudo o que acontece em nossas vidas é produto do que pensamos e desejamos. Porque, como imaginou no seu coração, assim é ele. Pv 23:7. Na verdade, é o nosso sentimento de reação a tudo que nos acontece, que mais influencia nossa realidade presente. A intensidade com que sentimos alguma coisa é que gera e determina a ação do poder criador dentro de nós conhecido como fruto do ESPIRITO SANTO de Deus.

Como está escrito: Mas o fruto do Espírito é: Amor… FÉ. Gl 5:22. Esse poder de Deus em nós os gregos denominavam de ENTUSIASMO que na língua grega é uma justaposição de EN e THEOS que significa CHEIO de DEUS. Essa presença de Deus leva as pessoas a estarem dispostas para enfrentar dificuldades e desafios, não se deixando abater e transmitindo confiança aos demais ao seu redor. O entusiasmo pode, portanto ser considerado como um estado de espírito otimista cheio de FÉ PARA VENCER TODAS AS BARREIRAS. Porque “tudo Posso NAQUELE que me fortalece.” Fl 4:13.

Temos que TER em mente que prosperidade, no sentido bíblico, é a medida das bênçãos de Deus, segundo Sua vontade. Não se trata apenas de “ser rico” ou ter “ótima saúde”, mas, também possuir: Sabedoria, dons, paz, segurança e intimidade com Deus. Alguns termos bíblicos que descrevem a prosperidade são descritos como “bênçãos”, “bem-aventurado”, “colheita”, “abundância”, “prosperar”. Muitos homens de Deus acreditaram e tiveram suas vidas completamente mudadas pela fé e se eles conseguiram você também pode.

Ao longo da história, Deus tem mudado e usado a vida de muitas pessoas prósperas para abençoar seu povo entre eles podemos cita: Abraão, Isaque, José, Davi, Salomão esses homens entenderam o segredo da prosperidade se tornaram verdadeiramente prósperos como eles nós podemos também nos tornar pessoas prosperas porque nosso Deus não mudou e nem mudará jamais. Creia, você pode se tornar uma pessoa melhor que é agora e pode sem duvida ajudar muitas que desejam e necessitam serem prosperas.
CREIA E RECEBA!!!

Para sua meditação deixamos alguns versículos de prosperidade na Bíblia

“Tenham o cuidado de obedecer a toda a lei que eu hoje ordeno a vocês, para que vocês vivam, multipliquem-se e tomem posse da terra que o Senhor prometeu, com juramento, aos seus antepassados. Deuteronômio 8:1
Porque sou eu que conheço os planos que tenho para vocês’, diz o Senhor, ‘planos de fazê-los prosperar e não de causar dano, planos de dar a vocês esperança e um futuro. Jeremias 29:11

Tragam o dízimo todo ao depósito do templo, para que haja alimento em minha casa. Ponham-me à prova”, diz o Senhor dos Exércitos, “e vejam se não vou abrir as comportas dos céus e derra­mar sobre vocês tantas bênçãos que nem terão onde guardá-las. Malaquias 3:10
O meu Deus suprirá todas as necessidades de vocês, de acordo com as suas gloriosas riquezas em Cristo Jesus. Filipenses 4:19

Não fui eu que ordenei a você? Seja forte e corajoso! Não se apavore nem desanime, pois o Senhor, o seu Deus, estará com você por onde você andar”. Josué 1:9
Você comerá do fruto do seu trabalho e será feliz e próspero. Salmos 128:2
Eu lhes respondi: O Deus dos céus fará que sejamos bem-sucedidos. Nós, os seus servos, começaremos a reconstrução, mas, no que lhes diz respeito, vocês não têm parte nem direito legal sobre Jerusalém, e em sua história não há nada de memorável que favo­reça vocês! Neemias 2:20

E Deus é poderoso para fazer que toda a graça lhes seja acrescentada, para que em todas as coisas, em todo o tempo, tendo tudo o que é necessário, vocês transbordem em toda boa obra. 2 Coríntios 9:8
É como árvore plantada à beira de águas correntes: Dá fruto no tempo certo e suas folhas não murcham. Tudo o que ele faz prospera! Salmos 1:3
O ganancioso provoca brigas, mas quem confia no Senhor prosperará. Provérbios 28:25
Como é feliz quem teme o Senhor, quem anda em seus caminhos! Salmos 128:1
Quando os dias forem bons, aproveite-os bem; mas, quando forem ruins, considere: Deus fez tanto um quanto o outro, para evitar que o homem descubra alguma coisa sobre o seu futuro. Eclesiastes 7:14

NOSSOS DESEJOS de PROSPERIDADE são as sementes de Deus plantadas em nós seres humanos para nossa evolução e felicidade com intuito de ajudar nosso PRÓXIMO.

SHALOM ADONAY


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here