Indo mais fundo em Deus

1

E mediu mais mil, e era um rio, que eu não podia atravessar, porque as águas eram profundas, águas que se deviam passar a nado, rio pelo qual não se podia passar.(Ez 47:5)

Além do que conseguimos enxergar, existe uma profundidade desconhecida no que se refere a Deus. Muitos são aqueles que superficialmente conhecem a Deus. Porém, aqueles que buscam o mais de Deus são aqueles que conseguem mergulhar no Seu sobrenatural e conseguer ter intimidade com Ele a ponto Dele revelar seus segredos.

O profeta Ezequiel foi levado a entrada do templo e diz as Escrituras que saiam debaixo do seu limiar aguas purificadoras. Primeiramente aquelas águas vinha de baixo. E quanto mais o anjo do Senhor media aquelas águas, mais profundas ela ficavam. No começo aquelas águas davam no tornozelo do profeta.(Ez 47:3) Mas ao passar da medição daquelas águas,de meio em meio kilômetro o anjo fazia o profeta chegar mais fundo.
Na segunda vez as águas davam nos joelhos do profeta(Ez 47:4). Na terceira vez aquelas águas já davam nos lombos(Ez 47:4b).
Por fim as águas daquele rio tinham crescido de tal maneira que só dava para percorrer a nado. (Ez 47:5).

A cada passo na nossa vida cristã desafios maiores nos sucedem e o Senhor nos faz andar mais profundo em seu conhecimento. A medida que andamos com Deus as águas do Senhor vai preenchendo o nosso ser. A cada distância percorrida da nossa caminhada com Ele, o Senhor nos para para ver até onde estamos com Ele. Ele nos sonda para ver até aonde estamos chegando.

Muitos podem me perguntar: Como assim, nos para para ver onde estamos chegando?

Se formos analizar, em cada ceia do Senhor que participamos, Deus nos pede para examinarmos a nós mesmos e vermos como esta a nossa caminhada com Ele (1 Cor 11:28).
O Senhor também nos diz na sua palavra que devemos examinar a nós mesmos para ver se realmente estamos na fé e se Jesus Cristo está em nós (2 Cor 13:5).

Quanto mais galgamos os caminhos do Senhor, mas difícil de andar fica. Mas Creio que quanto mais fundo entramos em Deus, mais conhecemos Ele. E quando mais conhecemos a Ele, mas espirituais nos tornamos e menos carnais nós ficamos. Se vivemos no Espírito, andemos também no espírito(Gl 5:25).

Por isso nós devemos não somente colocar os nossos pés nas coisas de Deus, mas nos aprofundar em uma vida de adoração que lhe agrade. Devemos ir mais além. Devemos ir além do véu que divide o lugar santo do santíssimo lugar. Devemos nos achegar confiadamente ao trono da graça(Hb 4:16)

Sabe, amados, existem águas que saem do trono de Deus. Diz as Escrituras que correrão de Jerusalém águas vivas(Zc 14:8). João viu um rio da água da vida , brilhante como Cristal que saia do Trono de Deus e do Cordeiro(Ap 22:1). Jesus certa vez disse que quem crer Nele do seu interior fluirão rios de águas vivas(Jo 7:38).

Isso quer dizer que do Trono Deus e de Jesus Cristo, o cordeiro de Deus, saem essas águas que saram e libertam. Também do templo correm esses rios. Quer seja a Igreja, bem como, o indíviduo como templo do Espírito que correm também esses rios. É por isso que diz que “aquele que crer” fluírá…

Isso quer dizer que do Trono de Deus e do cordeiro saem águas cristalinas, purificadoras que fluem e que limpam a nossa vida. Por mais suja que nossa vida esteja, se estivermos nessas águas seremos purificados. Mas como Naamã, isso depende de nós querermos mergulhar no rio que purifica a nossa vida. Muitas vezes somos como este oficial sírio , pessoas orgulhosas, apegadas aos títulos e ao poder. (2 Rs 5:1)
E como Naamã achamos que podemos viver sem Deus, embora muitas vezes estando nós tão cheios de lepra, ou seja, de pecados.
Naamã queria que o profeta Eliseu lhe curasse, mas do “seu jeito”(2 Rs 5:11-12).
Deus não queria apenas curar a lepra de Naamã, mas tratar com seu orgulho. O Senhor não quer não somente curar nosso corpo, mas nossa alma.
Deus quer tratar conosco em muitas das nossas áreas débeis para que venhamos a mergulhar no seu sobrenatural. Ele deseja que venhamos mais fundo Nele.

O interessante é que no livro de apocalipse diz que de uma extremidade a outra deste Rio está a árvore da vida que produz de mês em mês frutos e cujas folhas da árvore são cura para as nações (Ap 22;2). A árvore da vida representa a vida eterna. O Rio é Deus por intermédio de Jesus. O rio de Deus que é Cristo alimenta a árvore da vida eterna que está no meio, ou seja, sem Jesus não há vida eterna. “Aquele que tem o Filho tem a vida; aquele que não tem o Filho de Deus não tem a vida.” (1 Jo 5:12).

Aquele que confia no Senhor tem profundidade com Ele e produz fruto: Jeremias diz que aquele que confia Nele é como a árvore plantada junto as águas, que estende suas raízes para o ribeiro e que mesmo com calor e a sequidão não se perturba e no devido tempo não deixa de dar fruto(Jr 17:8; Sl 1:3). Além da vida eterna este abençoado homem que confia no Senhor produz bons frutos nessa terra. Aquele que confia em Deus sabe que no Senhor está o manancial de vida. (Sl 36:9). Este não desiste por qualquer coisa, nem se escandaliza por qualquer motivo. É aquela árvore que não se abala diante de tempestades e ventos contrários. Através disso, esse crente amadurece espiritualmente, mesmo sendo novo na fé ou jovem no seu caminho.
Com o tempo, ele se torna influenciador e não influência diante desse mundo. Este crente é aquele que frutifica se tornando visível aos olhos de Deus e dos homens.

Resumindo, é através de um relacionamento mais profundo com Deus é que temos intimidade com o Pai e através desta intimidade esta pessoa poderá dar o fruto na estação própria.

*PROFUNDIDADE + INTIMIDADE COM DEUS = PRODUTIVIDADE. (Ez 47:12;Jo 15:2-8,Mc 4:20)

Todo crente que tem profundidade com Deus produz frutos, ele se torna um cristão diferenciado, pois se torna um crente CONHECIDO pelos homens e até pelos demônios(Mt 7:20;At 19:15)

*Produtividade – Fruto da árvore e prosperidade em todos os seus atos.

Devemos portanto chegar mais fundo em Deus acreditando que o Senhor sempre tem algo melhor para nós cumprindo assim os sonhos do coração
do pai para nossa vida.


1 COMENTÁRIO

  1. “//.Achei importante esse artigo sobre o capítulo 47:5 de Ezequiel,motivo pelo qual “DEUS”dá-nos a entender que para aprofundarmos em seus mistérios,devemos possuir os requisitos necessários,isto é,primeiramente a fé,obediência aos seus mandamentos;e além de tudo a perfeita sintonização entre nós e ele,se for de sua vontade.Partindo da “PREMISSA’ de que poucos serão salvos,ainda temos que batalharmos muito com as adversidades do mundo,tendo a palavra de Deus como nosso escudo,afim de chegarmos ao porto da salvação”//.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here