Geração Calebe

0

Fazemos parte da Geração Calebe, geração que entra em Canaã. Mas, o que é entrar em Canaã? Entrar em Canaã é ter a consciência de que, para alcançarmos tal conquista, devemos arrancar de nossas vidas todos os gigantes.

Todos nós, filhos de Deus, ansiamos o dia tão extraordinário em que tomaremos posse da terra prometida. Porém, faz-se necessário estarmos atentos para que o dia chegue e percebamos, pois, para muitos, ele pode passar despercebido, pela falta de atenção. E, mais, precisamos ter consciência do real significado de entrar na terra prometida!

Quem era Calebe?

Calebe, cujo nome significa homem de faro, foi um homem de coração temente e voltado a Deus, é o que diz Números 13:30. Ele sentia de longe as artimanhas do inimigo, porque possuía um coração contrito ao Deus da promessa. Ele tinha a percepção aguçada, era um homem de espírito diferente.

Todas as pessoas que têm comunhão com Deus possuem um espírito diferente, são capazes de conquistar a Terra, de passar pelos problemas sem que os problemas as vençam, porque mais forte é o que está nelas do que o que está no mundo.

Calebe era filho de Jefoné e chefe de uma das famílias de Judá, de onde procedeu Jesus. Assim como ele, hoje somos uma família em Cristo Jesus. Não vivemos só, estamos juntos para conquistar a terra prometida. Calebe foi um dos 12 espias enviados por Moisés à terra de Canaã, para examiná-la (Números 13:5, 17-25). Era um homem de espírito esperançoso e vitorioso. Era um homem de espírito e alma livres, queria vencer todas as barreiras e batalhas a qualquer custo.

Ele e Josué foram os únicos a voltar com as boas notícias acerca da terra que iriam habitar. Moisés não entrou na terra, mas Calebe e Josué sim, porque deram um relatório fiel, encorajador diante dos homens. Eles disseram que bastava aos israelitas obedecerem às ordens de Deus para darem continuidade à conquista.

Em Números 14:24, Deus deu a Calebe uma promessa de que receberia todo pedaço de terra que conquistasse, só porque deu um relatório encorajador ao povo, em contraste aos relatórios negativos dos outros 10 espias. Em Gênesis 23:2, vemos que Hebrom era chamada de Quiriate-Arba. Arba foi o maior homem entre os anaquins, que eram os gigantes que estavam na terra de Canaã e, nessa terra, Sara foi sepultada.

Calebe e Josué perseveraram na fé, que era maior do que o temor, do que os gigantes que habitavam Canaã. Ele viu o quão difícil era entrar na terra, mas que iria conquistar através da perseverança e de um relatório fiel. Com a idade de 85 anos, reivindicou essa promessa. Apesar da idade, ele ainda tinha a força de um jovem (Números 14:6-15; 15:4). Um homem não deixa de ser guerreiro quando envelhece, mas quando perde seus sonhos, a sua visão. Não é por ser idoso que alguém não vai conquistar as batalhas, nem vencer a guerra.

Se você deixar seus sonhos morrerem, jamais será um vencedor. Seja como Calebe, ousado e determinado. Idade não é empecilho. O Salmo 22:12-14 diz que o justo florescerá como a palmeira, e ainda na velhice dará o seu fruto.

Por esse testemunho, ele e toda a sua descendência tiveram Hebrom por possessão. Por isso, na nossa palavra, tudo tem que ser bem ponderado. Por causa de relatórios desencorajadores, de palavras negativas, perdemos muitas bênçãos que estão nas regiões celestiais. Mas, vamos aprender com Calebe como entrar na terra de Canaã:

1. Possuía fé e visão: Em Números 14:7-9, vemos como ele era ousado. Ele proferiu para o povo que, se eles não fossem rebeldes contra o Senhor e não temessem, iriam destruir os gigantes como se come pão, iriam rasgar os inimigos nos dentes.

2. Andava em obediência: Calebe andava em obediência, por isso atraiu a glória de Deus para si. Se você quer atrair essa glória, ande também em obediência.

3. Não era só idealista: Ele era sonhador, mas realista. Quem é só idealista fica apenas pensando em conquistar, no que fará, fica colocando obstáculos, fica em dúvida, tem a mente passiva e nem sabe o que Deus quer para sua vida. Os realistas sonham e conquistam.

4. Perseverou até o fim: Quando temos obstinação por um sonho, não recuamos diante de nenhuma situação adversa. Pelo contrário, avançamos para vencer os desafios, ainda que sejam como gigantes encontrados na terra que Deus já nos deu. Não podemos ter relatórios incrédulos. Deus disse que daria a autoridade sobre as nações para quem perseverasse até o fim.

5. Ouvia a voz do líder: Calebe ouvia a voz do líder que tinha intimidade com Deus (Números 14:24). Quando obedecemos a voz do líder que caminha com Deus, conquistamos o fruto da terra. É o que tem acontecido conosco na Visão Celular do Modelo dos 12, em que resgatamos princípios de Deus que estavam esquecidos.

6. Josué e Calebe tinham unidade: Josué e Calebe eram UM. Os outros 10 espias, apesar de estarem com os dois, de terem saído no mesmo momento e investigado a mesma terra, eram incrédulos. Calebe os confrontou, dizendo que Deus iria lhes entregar Canaã, mas os 10 insistiram que era impossível.

O que é um gigante?

Os gigantes são deformidades na nossa alma. Quantas deformidades temos dentro de nós que ainda não foram vencidas? Já conhecemos algumas e sabemos que estas foram vencidas, mas o inimigo quer roubar a bênção de sermos tratados e curados na alma de forma integral. Muitos, já adultos, ainda têm atitudes de adolescentes, de crianças, outros se sentem rejeitados. Mas, não há deformidade que Deus não possa consertar.

Não fique preso ao passado, lembrando relatos daquele tempo. Muitos não conseguem desfrutar da libertação no presente, ainda estão com a mente e emoções acostumadas às prisões do passado.

Hoje, estamos vivendo um momento em que a Visão Celular trouxe para nós a excelência de Deus. Por isso, derrote o passado agora, caminhe em uma nova dimensão, saia do deserto. A Palavra de Deus diz que no deserto o povo só murmurava, apesar de Deus enviar provisões todo dia como o maná, a roupa e o calçado que não envelheceram por 40 anos. Deus Se indignou com o povo, e todos os que murmuraram foram mortos no deserto, tragados pela terra.

Decida não ser como aquele povo que pereceu. Não deixe que a terra trague você! Tenha um relato de fé, firmeza, vigor, força e prove das bençãos de Deus. Somos apanhados de surpresa quando falamos palavras vãs, torpes, negativas. Para chegarmos a Canaã, temos que passar pelo deserto, mas isso não quer dizer que tenhamos que ficar 40 anos nele, nem morrer lá. Chegou o dia final, o basta de Deus para entrarmos em Canaã.


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here