Futebol, Igreja Vazia e a Sub-Vitória

11

No dia da final do Brasil X Espanha pela Copa das Confederações, em meio a protestos da maioria e a alienação de boa parte, Brasil afora, fui para o culto como em todos os domingos.

Certo da nossa alienada atualidade, pensei: A única coisa que não quero ver, é a menção do jogo, pelo pastor, ou por qualquer outro…

Implicância, Preconceito, Recalque? De forma alguma… Mas sobre isso, eu falo mais adiante…

Queria ver ainda e, me certificar se a igreja de nossos dias, tão “politizada”, convicta e implacável em sua visão de conquistas e adequação “santa” ao mundo, estaria neste momento tão delicado até para qualquer tolo entender, um pouco mais “ciente” de todo o momento em que vivemos, afinal, temos todos, o Espirito santo que nos orienta e nos diz da vontade do Pai. Ele nos torna PROPÍCIOS e não, alienados.

Puro engano. Um pensamento não inocente, mas cheio de fé, deste que vos escreve…

Metade do grande templo da igreja estava vazio, como em muitas outras.

Mais que puro, meu engano era em pensar que existia no mínimo, uma coerência de nós crentes, com o que aprendemos “de domingo a domingo”; Coerência dos que em suas orações e clamores, pedem, pedem, clamam e batem no peito que são FILHOS nos momentos em que o pregador profetiza bênçãos para suas vidas, – mas que Jesus não lhes impeça o caminho, dia desses, porque, senão…

Inocência absurda, a minha em achar que, apesar de muitos dizerem que vivemos dias maus e que o Senhor não tarda em vir buscar o remanescente de sua igreja, os mesmos, dizem ter “todo o conhecimento, acerca de tudo”, e por esta ideia tola, repetem com um orgulho mais tolo ainda: “Não venha me falar de Bíblia, ou vida cristã! Eu já a conheço! – Só faltou apertarmos a tecla SAP para entender o que na verdade falam: “Me deixe servir ao Senhor do meu jeito”!”.

Mesmo num pais recheado de corrupção, alimentado a “pão e circo”, ainda reservam lugares de honra em suas cabeças para o “desfrutar” do pobre jogo de uma infeliz Copa, em um Pais mais pobre ainda, do qual, dizem como igreja, serem “patriotas” e “solidários” …

Será??

Há semanas, temos vivido momentos tensos, a menos que você seja insensível, quanto a sua posição como cristão (se é que você defende de verdade, esta identidade) e boa parte das igrejas ainda tem um postura, alienada, como se vivêssemos no “Planeta Gospel”…

Talvez, diante do texto, você me diga, como a maioria: “Ora, você está sendo muito radical! Jesus também se divertia…”. E, a partir dai, comece a expor biblicamente, todas a “bases” bíblicas a seu favor, pois como “bom cristão”, você tomou o cuidado de memoriza-las e às guardou, enquanto preparava o “domingo do Senhor”, regado à … “Espera um pouco, Jesus, que daqui a pouco, eu te levo um “pratinho”” (Se ele esperar um pouco, até o resultado do jogo, é claro).

O Senhor Jesus, por ele mesmo, espera e entende. “Ele sabe que somos assim, não é mesmo?”

E que saber? ELE SABE.

Ele sabe de tudo. O Que você, parece não saber, é que ele esperava um pouco mais de nós, como Cristãos.
Ele realmente esperava que você, em meio a tudo isso, estivesse agindo como igreja dele de fato, neste momento tão delicado e difícil.

Independente de sua posição em relação aos protestos, ele esperava que você fizesse a delicada “diferença”; Que fosse propício, como ele vem tentando te ensinar a ser, em toda a sua palavra.

Ele com toda a certeza esperava que você estivesse consciente de que, por mais que façamos parte da pátria celestial, ainda moramos por aqui…

Ele realmente esperava que você estivesse na igreja, ou pelo menos se posicionando, como parte dela. Esperava que você estivesse colocando-o em primeiro lugar, seguindo suas atitudes e seu exemplo.

Além da exclusividade a que tem direito na nossa vida, O Senhor também nos adverte quanto ao nosso posicionamento, porque os dias são maus,…

Mesmo para você, que vive na “Sala V.I.P do céu”, com o “ar condicionado espiritual” e desfruta das bênçãos do reino, que parece “estacionar” em você, somente.

Enquanto isso, muita gente no mundo, inclusive – e principalmente agora -, neste pais, está precisando de tudo o que Deus te deu e tem lhe dado pela sua misericórdia.

“O que tapa o seu ouvido ao clamor do pobre, ele mesmo também clamará e não será ouvido.”
(Provérbios 21:13)

A verdadeira vitória é ser como ele.

Por Rogério Ribeiro


11 COMENTÁRIOS

  1. Tá, seu artigo é legal. Deixa de falar uma coisa, na minha igreja passamos o horário do culto para as 17h e o culto tava cheio. Nós louvamos, adoramos e fomos exortados pela maravilhosa Palavra do Senhor (Ap 3:1-6). Depois assistimos ao jogo. E daí qual o problema? Senti um certo legalismo ou estou enganado? Deus não deixou de ser prioridade em minha vida. Só não vejo sentido em mantermos algumas “tradições” sabendo que muitos estariam ali mas com a cabeça lá no maraca. Outra coisa, a igreja não é só para os crentes. Sou cristão há 20 anos e líder na igreja onde frequento.

    Um abraço fraternal.

    Eder Gotelip

  2. Ser cristão não é em plena final de jogo de uma nação, fazer culto pra mostrar quem é crente de verdade e vai para a igreja. isso é tentação, os lideres sabem que as pessoas, os membros e o povo brasileiro gosta de jogo, ainda mais por se tratar de uma final. ele paga pra ver e ver a igreja vazia. Acho que poderia muito bem fazer os cultos mais cedo em razão do jogo, isso não vai alterar fé de ninguem , e o fato de ir a igreja não é lei, as pessoas devem ir a igreja livremete sem imposição de ninguem, sendo assim estamos sendo iguais aos de outras fé, mesmo porque isso não seria pecado. ninguem está trocando Deus pelo jogo, apenas as pessoas não foram à igreja na hora do jogo. Isso sim é idolatria á igreja não adoração a Deus.

  3. Sou um tanto equivocado em interpretar o texto. porem só deixo claro para todos nos que fomos ao culto ontem. por acaso não deixamos um culto de domingo para irmos ao aniversários de um querido(a) e a nossa consciência não acusou. ou ate mesmo viajamos em feriado prolongado sabendo que tinha uma programação na igreja e que contavam com o nosso apoio e participação inclusive a pessoa de Jesus. mais não sentimos nem um pouco acusado. enfim julgamos o nosso irmão e esquecemos que já praticamos ações iguais ou piores que eles e julgamos as suas atitudes ou ações. enfim vamos viver a nossa vida e nosso compromisso com Deus.

  4. Infelizmente, a alienação está se tornando uma doença destes tempos e um dos seus sintomas é justamente esse, ler um texto de maneira parcial, enxergando no mesmo, somente aquilo que se quer ver, ou então se falam aquilo q
    Em nenhum momento o autor julgou ou falou em pecado por isso ou por aquilo, até porque consciência é algo pessoal e intransferível, a sua relação com Deus é entre você e Ele.
    O que autor quis chamar a atenção é para o momento delicado em que nosso país se encontra e que a igreja deve se posicionar e não se alienar diante de “jogos” sejam do esporte ou políticos.
    Todos devem se lembrar, espero, que nestes últimos dias, pessoas morreram em nome de uma causa nacional e isso ainda está fresquinho para simplesmente apagarmos por um jogo de futebol.
    O posicionamento cristão, lembrado pelo autor, está diretamente ligado a um posicionamento como cidadão e lendo todos os comentários a única que entendeu isto foi a Christiane Moraes Barbosa, enquanto que todos os outros estavam preocupados em justificar sua “falta”, pois talvez percebam que o jogo passa, mas a situação do país continua …

  5. Portanto, és inescusável quando julgas, ó homem, quem quer que sejas, porque te condenas a ti mesmo naquilo em que julgas a outro; pois tu, que julgas, fazes o mesmo.
    Romanos 2:1

    Nossa essa reportagem não tem pé e nem cabeça, na minha igreja, onde prega o evangelho puro e genuino tem 3 horarios de culto, e eu geralmente vou no culto da manhã independente de tudo, nada impede eu ir a noite.mas prefiro cultuar meu Jesus de manhã e ficar cheio do Espirito Santo durante todo o dia.
    Para de ser fariseu, vc se acha que uma pessoa ao chegar ao ceu, Jesus vai chegar a ela e dizer: Pode ir pro inferno que vc nao foi no culto a noite, por causa do jogo do Brasil. Pior é ter ido no culto e a cabeça pensando no jogo.
    A hora que vc viu a igreja vazia, pq vc nao foi ate as ruas e convidou os mendigos, prostitutas, drogados, fizesse isso, aproveitasse pra evangelizar.

  6. Infelizmente, a alienação está se tornando uma doença destes tempos e um dos seus sintomas é justamente esse, ler um texto de maneira parcial, enxergando no mesmo, somente aquilo que se quer ver, ou então, se falam aquilo que eu quero ouvir eu aplaudo, senão eu vaio.
    Não se respeita mais opinião.
    Em nenhum momento o autor julgou ou falou em pecado por isso ou por aquilo, até porque consciência é algo pessoal e intransferível, a sua relação com Deus é entre você e Ele.
    O que pra mim e de maneira muito clara o autor quis chamar a atenção, é que para o momento delicado em que nosso país se encontra, a igreja deve se posicionar e não se alienar diante de “jogos”; sejam do esporte ou políticos.
    Todos devem se lembrar, espero, que nestes últimos dias, pessoas morreram em nome de uma causa nacional e isso ainda está fresquinho para simplesmente apagarmos por um jogo de futebol.
    O posicionamento cristão, lembrado pelo autor, está diretamente ligado a um posicionamento como cidadão e lendo todos os comentários acima, a única que entendeu isto foi a Christiane Moraes Barbosa, enquanto que todos os outros estavam preocupados em justificar sua “falta”, porque talvez percebam no dia seguinte, acredito eu, que o jogo passa, mas a situação do país continua …
    Todos têm o direito de fazer o que acham certo, mas arquem com as consequências e aí nem falo como cidadão ou como cristão, mas como indivíduo que também, como todos, precisa do coletivo.

  7. Concordo plenamente, ano passado mesmo nos dias da bendita copa do mundo em um jogo do brasil tínhamos ensaio, e a maioria do nosso louvor eram jovens, e todos eles decidiram não desmarcar o ensaio por causa do jogo, que seria no mesmo horário, e aí os jovens foram no ensaio e os outros, já pais e mães de família e pessoas e mais idade preferiram o jogo, neste momento difícil da igreja muitos jovens que geralmente julgamos mais suscetíveis a entretenimentos estão dando exemplo muito mais que pessoas de mais idade.

  8. Este texto é incrível..
    Se eu for falar sobre tudo quanto é ruim, de ma índole, de ma fé e que afeta a nossa saúde educação PIB do país circulação monetária extorsão, lavagem de dinheiro, conjunto com midia corrupta já seria o suficiente para que um cristão de verdade não perdesse seu tipo com futebol, tirando o estresse o fanatismo, etc…
    Provavelmente as pessoas que chegaram até este post estavam esperando uma espécie de alivio, algo que os fizesse se sentir confortável com o fato de faltar ao culto, porém se depararam com uma realidade que os afetou (tanto que podemos perceber nestes comentários chulos que aqui estão) fazendo até com que alguns fizessem menção a bíblia de forma totalmente equivocada, pois a bíblia fala claramente da importância das coisas deste mundo e das coisas de Deus.. Tito 2:7 Eclesiastes 9:10 Marcos 4:19 Matheus 7:13 Matheus 7:21… É tantos outros que encheriam está página..
    Pare de procurar conforto nas tuas vontades e de dizer que Jesus concorda com elas.. Seja homem e assuma que adora a Deus da forma que bem entende e não vir com esta conversa fiada de que Deus concorda com oque você faz.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here