Espelho, Espelho Meu

0

“ […] Depois pegou o pão e deu graças a Deus. Em seguida partiu o pão e deu aos apóstolos dizendo:
– Este é o meu corpo que é entregue em favor de vocês. Façam isso em memória de mim.
Depois do jantar, do mesmo modo deu a eles o cálice de vinho dizendo:
– Este cálice é a nova aliança feita por Deus com o seu povo, aliança que é garantida pelo meu sangue, derramado em favor de vocês. Mas vejam: O TRAIDOR ESTÁ AQUI SENTADO COMIGO À MESA! Pois o Filho do Homem vai morrer de maneira como Deus já resolveu. Mais ai daquele que está traindo o Filho do Homem!
ENTÃO OS APÓSTOLOS COMEÇARAM A PERGUNTAR UNS AOS OUTROS QUEM SERIA O TRAIDOR.” Lucas 22:19-23 (NTLH)

Graça e Paz
Nos últimos dias em que o Senhor Jesus permaneceu entre Seus discípulos, houve a última Santa Ceia, onde – com muito pesar – Jesus anunciou que um dos discípulos que estava assentado com Ele naquela mesa iria traí-lo.
O que mais chamou minha atenção nessa passagem bíblica, foi como os discípulos reagiram diante da notícia vinda de Jesus. Eles não se apressaram em julgar uns aos outros. Sem sombra de dúvida poderiam ter dito: “Puxa, eu tenho certeza que foi Judas que traiu o Mestre, vocês viram como ele se comportou na última semana?” , “Tenho certeza que é você seu traidor, confessa logo!” ou “Tenho certeza que eu, não foi, sou fiel a Deus. Deve ter sido aquele ali, sempre estava fazendo outra coisa ao invés de passar todo tempo ao lado do Filho do Homem.”
NÃO.

Eles examinaram-se uns aos outros, e suas palavras foram o contrário de julgamentos. Eles queriam saber, cada um queria que sua voz ressoasse mais alto, para perguntar desesperadamente: “Mestre sou eu?” , “Jesus sou eu o joio em meio ao trigo?” , “Meus irmãos na fé, vocês acham que sou eu o traidor? Sou eu quem irá partir o coração de Jesus?”

É tempo de nos colocarmos em frente ao espelho, e perguntarmos a nós mesmos e a Deus: Quem sou eu: joio ou trigo? Colocarmo-nos diante de Deus e perguntarmos: “Será que não sou EU que estou passando por um inverno espiritual? Com uma comunhão com o Pai fria e seca?”, “Como está a minha vida de oração e intimidade contigo Senhor?” , “Estou aceitando um relacionamento “morno” com Deus em vez de lutar para ser um cristão fervoroso, incendiado pelo poder do Espírito Santo?”
Ou Jesus é TUDO na nossa vida, ou Ele não é nada. Se coloque diante do Senhor e examine-se a si mesmo (I Coríntios 11:28). Não aceite terminar esse ano de 2015, com o mesmo nível espiritual que você tinha no começo do ano. É TEMPO DE CRESCER E DE SER INCENDIADO PELO ESPÍRITO SANTO.
“É bem mais difícil julgar a si mesmo que julgar os outros. Se consegues fazer um bom julgamento de ti, és um verdadeiro sábio.” Que Deus abençoe a todos!


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here