Até Quando Contende o Senhor?

0

“Misericordioso e piedoso é o Senhor; longânimo e grande em benignidade. Não repreenderá perpetuamente, nem para sempre conservará a sua ira.” – Salmos 103.8,9.

Por um breve tempo o Senhor pode contender contigo, mostrando-se irado. Pode ser que Ele esconda o seu bondoso olhar de ti, e pode ser que assim seja durante um longo tempo. Mas, é impossível que Ele possa guardar a sua ira para sempre!

Lembre-se da história do povo de Israel que nos é relatada na Bíblia. Desde seu começo até no final, todas as experiências e ensinamentos demonstram que o Senhor nunca desamparou os seus filhos, os que confiaram Nele e aceitaram a sua disciplina, “clamando pelo Senhor na sua angústia”, porque queriam continuar sendo seus filhos.

Ouçamos o que o Senhor nos diz a esse respeito: “Porque assim diz o Alto e o Sublime, que habita na eternidade e cujo nome é Santo: Em um alto e santo lugar habito e também com o contrito e abatido de espírito, para vivificar o espírito dos abatidos e para vivificar o coração dos contritos. Porque para sempre não contenderei, nem continuamente me indignarei; porque o espírito perante a minha face se enfraqueceria, e as almas que eu fiz. Pela iniquidade da sua avareza, me indignei e os feri; escondi-me e indignei-me; mas rebeldes, seguiram o caminho do seu coração. Eu vejo os seus caminhos e os sararei; também os guiarei e lhes tornarei a dar consolações e aos seus pranteadores. Eu crio o fruto dos lábios: paz, paz, para os que estão longe e para os que estão perto, diz o Senhor, e eu os sararei” (Is 57. 15-19).

Pare para pensar! São palavras do mesmo Deus? Sim. Então, crê nelas! Não trate a Deus como se ele fosse um mentiroso. Ele necessita opor-se a nós em certas ocasiões, mas, Ele não deseja contender para sempre. Contendeu com a mulher cananita até ao ponto de compará-la com os cães, mas como ela continuou crendo e insistindo, lhe sorriu com amor e lhe disse: “Oh, mulher grande é a tua fé, faça-se contigo como o desejas”. Apesar de que Senhor às vezes conosco lute, podemos confiar em sua bondade e nas boas intenções de seu coração paternal. Seu desejo é que, aconteça o que acontecer, que sempre confiemos Nele.

Pai Celestial, nossos inimigos fazem mais mal a si mesmos, porque ao nos atacar, atacam a ti. Nada ganhamos se eles se perdem, por isso, perdoa-os e converte-os ó Pai, pois melhor seria que eles se unissem a nós. Amém.

C.O.Rosenius (1816-1868) Trad. Sóstenes Ferreira da Silva


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here