Aborto: Sim ou Não?

5

Ouvi dizer que alguns líderes cristãos estão defendendo o aborto porque desta maneira reduz-se o número de órfãos, a taxa de criminalidade, etc. Há também a questão de que legalizando, as mulheres estarão mais seguras pois não terão que fazer o aborto em clínicas de forma ilegal e sem o apoio médico necessário, correndo maior risco de infecção e até morte.

Pois bem, agora quero colocar o meu ponto de vista.

Temos na economia algo que se chama externalidade positiva ou negativa. O que é isto? É quando você toma certa medida, sem o objetivo de alcançar tal coisa mas ainda assim aquilo acontece. Por exemplo: Uma empresa pode investir em ação social com o fim de ajudar a sociedade apenas (não que isto aconteça), e como externalidade positiva ela tem uma melhora da sua imagem perante a sociedade.

Porém, uma externalidade nunca será o fim principal. E quando tratamos do aborto, o que é discutido são as externalidades e não o fim principal.

Pois sendo assim, se levar em conta a queda da criminalidade e redução de órfãos e da pobreza, poderíamos cogitar o infanticídio, ou talvez explodir todas as favelas do Brasil.

Com relação às mães, cai no mesmo caso. Se ela está contra a lei e faz, não tenho que criar uma lei para garantir que ela estará certa se fizer e sim criar mecanismos de proteção e educação para que não transgrida a lei. Só porque as pessoas usam drogas, não temos que legalizar isto e sim educá-las para que não usem.

Assim com relação ao aborto. Temos que educar nossa população para que se protejam, não tenham filhos indiscriminadamente. Legalizar o aborto seria uma solução imediatista, pecaminosa e inescrupulosa.

Não podemos permitir que o pecado seja instituicionalizado no nosso país. Sim à educação e à liberdade de escolha, mas não ao pecado.

Que Deus nos ajude!

Por Daniel Simoncelos do Blog Somente a Graça (http://www.somenteagraca.com)


5 COMENTÁRIOS

  1. O aborto deveria ter sido aprovado antes que esses líderes religiosos teivessen nascidos, talves assim as maes deles os teriam abortados e eles hoje não estariam aqui com essas idéias pecaminosas, fazendo o trabalho de satanas.

  2. sou sobrevivente de um aborto, ninguem me perguntou se eu queria nascer,então é uma discução injusta poque dos 3 pai,mãe e bebê o bebê é o único que não pode opinar sobre se quer ou não ser assassinado.Pensem nisso,e DEUS os abençoe.

  3. As feministas dizem: ” TODA MULHER TEM DIREITOS EM SEU PRÓPRIO CORPO”, ou seja, abortam a hora que quiserem, mas 50% dos fetos abortados são mulheres que não tiveram o direito de decidir se viveria ou não…
    E FÁCIL SER A FAVOR DO ABORTO, QUANDO VOCÊ JA NASCEU!

  4. Sou contra o aborto,pois acredito em Deus e tenho medo dos seu castigos pois Deus é o dono da vida e acredito q só ele tem o poder e a autoridade pra aniquilar uma vida,nós ñ somos nada diante da presença dele,vai ter gente q vai me julgar por eu estar falando mais em Deus doq no aborto,mais simplesmente essa é minha opinião,Coitados são aqles q deboxarem doq eu estou falqndo,pois Deus sabe a cabeça de qualquer um,agradeça a ele pela misericordia q ele tem com mtus q aceitam essa chacina q qrem fazer com mtas crianças inocentes,mtus qrem legalizar o aborto porq ñ qrem se dar o trabalho de assumir com os proprios erros,e msm sendo de um estupro o governo tinha q dá apoio psicologico p essa mae ate o dia do parto e se ela.ñ quisesse o bb tem mtus q qrem,dava p adoçao,mais matar e se arriscar fazendo isso jamais,Pensem.nisso#

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here