A importância do respeito mútuo

2
1359

TEXTO BÍBLICO BÁSICO:
“Vós todos considerai o matrimônio com respeito…” Hebreus 13:4 – NVI

A palavra respeito advém do latim “REPECTUS”, que significa: “olhar outra vez ou novamente”. A idéia nos perpassa o sentido de que algo merece nosso segundo olhar, ou seja, uma melhor atenção. Portanto, respeito significa tratar algo ou alguém com deveras estima e profunda deferência.

INTRODUÇÃO: O respeito é fundamental para o sucesso de todas as relações interpessoais e principalmente para os relacionamentos em âmbito familiar. Infelizmente, existem atualmente muitos lares e casamentos desestruturados devido a insensibilidades de indivíduos que só sabem olhar para seus próprios umbigos. Respeitar é olhar atenciosamente para o outro e lhe prestar devida assistência.

I. AS BENÇÃOS GERADA PELO RESPEITO MÚTUO ENTRE CÔNJUGES:

O RESPEITO GERA RESPEITO, MAS TAMBÉM GERA: CONFIANÇA, ADMIRAÇÃO, SINCERIDADE, TRANSPARÊNCIA, VALORIZAÇÃO E SOBRETUDO FORTALECE OS VOTOS E LAÇOS MATRIMONIAIS ATRAVÉS DO AMOR CULTIVÁVEL.

II. ÁREAS EM QUE PRECISAMOS EXERCER O RESPEITO:

A. RESPEITAR OS LIMITES DO CÔNJUGE:
“Porque toda a lei se cumpre numa só palavra, nesta: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo”. Gálatas 5.14
“Como vocês querem que os outros lhes façam, faça também vocês a eles” Lucas 6.31

B. RESPEITAR AS DIFERENÇAS DO CÔNJUGE:
“Jesus respondeu: “Vocês não leram que, no princípio, o Criador ‘os fez homem e mulher’”. Mateus 19.4

C. RESPEITAR A VONTADE E OPINIÃO DO CÔNJUGE:

“Dediquem-se uns aos outros com amor fraternal. Prefiram dar honra aos outros mais do que a si próprios”. Romanos 12:10
“A mulher não tem autoridade sobre o seu próprio corpo, mas sim o marido. Da mesma forma, o marido não tem autoridade sobre o seu próprio corpo, mas sim a mulher”. 1
Coríntios 7:4

III. EXERCENDO O RESPEITO NO MATRIMÔNIO:

A. ATRAVÉS DAS PALAVRAS:
• AS PALAVRAS TÊM PODER:
“A morte e a vida estão no poder da língua; e aquele que a bem utiliza comerá do seu fruto”. (Provérbios 18.21).
• AS PALAVRAS FEREM PROFUNDAMENTE:
“Há palavras que ferem como espada, mas a língua dos sábios traz a cura”.
(Provérbios 12.18).
• DEVEMOS REFREIAR A LINGUA DO MAL:
“Pois quem quer amar a vida e ver dias felizes refreie a língua do mal e evite que os seus lábios falem dolosamente.” (I Pedro 3.10).
• NUNCA PODEMOS PRONUNCIAR PORNOFONIAS, ANTES DEVEMOS ELOGIAR PARA A EDIFICAÇÃO:
“Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que for boa para promover a edificação, para que dê graça aos que a ouvem” (Efésios 4.29).

B. ATRAVÉS DAS ATITUDES:
• O MARIDO DEVE TRATAR A ESPOSA DIGNAMENTE:
“Maridos, vós, igualmente, vivei a vida comum do lar, com discernimento; e, tendo consideração para com a vossa mulher como parte mais frágil, tratai-a com dignidade…” (I Pe 3.7 ARA).
• A ESPOSA DEVE TRATAR O MARIDO RESPEITOSAMENTE:
“Portanto, cada um de vocês também ame a sua mulher como a si mesmo, e a mulher trate o marido com todo o respeito. (Efésios 5:33 – NVI)
• AMBOS DEVEM SE SUJEITAR UM AO OUTRO NO TEMOR SENHOR:
“Sujeitando-vos uns aos outros no temor de Cristo”. (Efésios 5.21 – ARA)
• AMBOS DEVEM CORRESPONDER AS EXPECTATIVAS DO OUTRO:
“O marido conceda à esposa o que lhe é devido, e também, semelhantemente, a esposa, ao seu marido”. (I Co 7.3).

C. ATRAVÉS DOS SENTIMENTOS:
• OS MARIDOS DEVEM AMAR SUAS ESPOSAS INCONDICIONALMENTE:
“Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela, Efésios 5:25 – ACR).
• AS ESPOSAS DEVEM AMAR SEUS MARIDOS EXEMPLARMENTE:
“Para que ensinem as mulheres novas a serem prudentes, a amarem seus maridos, a amarem seus filhos”. Tito 2:4 – ACR).

IV. CONSEQUENCIAS CONCERNENTES A FALTA DO RESPEITO CONJUGAL:

• INTERRUPÇÕES DAS ORAÇÕES: I PE 3.7;
• REPROVAÇÃO MINISTERIAL: I TM 3.5;
• ROMPIMENTO DA COMUNHÃO DIVINA: MT 5.23,24;
• VULNERABILIDADE A TENTAÇÕES: I CO 7.5;
• DUREZA DE CORAÇÃO: MT 19.8;
• POSSÍVEL DIVORCIO: MT 19.8.
“O amor… não se porta inconvenientemente”. I Coríntios 13:5.

Nos dias atuais percebemos nitidamente que a humanidade tem perdido a capacidade de olhar com atenção e sensibilidade para o mundo ao seu redor, infelizmente as pessoas tende a enxergar somente o seu universo e pouco se importam com os demais. Precisamos começar a resgatar os valores do respeito, partindo dos nossos lares e convívios familiares. Conforme disse Rui Barboza: “A família é a célula mater da sociedade”, se assim for, eu complemento dizendo que o casamento é o núcleo dessa célula. Através de casamentos abençoados, teremos famílias e comunidades saradas.
Pr. Sidney O. Ferreira
sidney.osvaldo@hotmail .com

2 COMENTÁRIOS

  1. Esse post tem muito conteúdo.Sou recém casada,e estava com muitas dificuldades em entender o que é o respeito a luz da palavra.E lendo esse post tive um grande esclarecimento.Obrigado.

DEIXE UMA RESPOSTA