VIDA APÓS A MORTE, AINDA EM VIDA

0

“…Estou crucificado com Cristo; já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim; e esse viver que, agora, tenho na carne, vivo pela fé no Filho de Deus, que me amou e a si mesmo se entregou por mim.” Gl.2:19-21

Poderia se acreditar na vida após a morte, ainda em vida? A Palavra de Deus nos ensina que sim. É claro que esta morte se atem à realidade espiritual na vida cristã. Assim como Cristo morreu e tornou a viver para que tivéssemos vida, assim também devemos “morrer” se quisermos viver. Em Jo.12:24 está escrito “Em verdade, em verdade vos digo: se o grão de trigo, caindo na terra, não morrer, fica ele só; mas, se morrer, produz muito fruto.”

Quando o texto diz “Estou crucificado com Cristo” faz menção a velha vida do homem sem Deus, pois na cruz deixou morto a velha natureza carnal, sendo agora uma nova criatura (2Co.5:17), que por sua vez se trata de um novo nascimento (Jo.3:3). A partir de então, tudo é diferente; valores, desejos, entre muitas outras mudanças ocasionadas pela Pessoa do Espírito Santo que agora reside no novo cristão, sendo ele conduzido pelo próprio Cristo.

Dessa forma, passa a ser compreensivo quando o texto diz: “já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim”. O verdadeiro Cristão, em sua genuína conversão, tem agora Jesus como seu Senhor. Keith Phillips diz: “Cristo não pode ser o Senhor da minha vida se eu for o senhor dela”.
Não pertencendo mais a si mesmo, tudo o que importa é fazer a vontade de Deus. Tudo o que Ele quiser deve ser feito, pois agora que estamos em Cristo precisamos entender que “Deus é quem efetua em nós tanto o querer como o realizar, segundo a sua boa vontade.” (Fp.2:13)

Portanto, o que tem prevalecido como desejo em sua vida? Como tem sido o seu testemunho e a sua conduta? O que dizer daquele que professa ter Jesus, mas seus atos provam o contrário? Se Cristo está em nós, os nossos comportamentos devem refletir a presença Dele. Isso é a consequência de quem é um cristão verdadeiro. “Assim também vós considerai-vos mortos para o pecado, mas vivos para Deus, em Cristo Jesus.” (Rm.6:11)

É preciso entender que se você realmente se entregou a Cristo então você já não é mais o dono de si mesmo. “Acaso, não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo, que está em vós, o qual tendes da parte de Deus, e que não sois de vós mesmos? Porque fostes comprados por preço. Agora, pois, glorificai a Deus no vosso corpo.” (1Co.6:19-20)

Quanto ao verdadeiro cristão o Pr. John Piper diz: “Um cristão não é uma pessoa que em sua cabeça acredita nos ensinamentos da Bíblia. Satanás em sua cabeça acredita nos ensinamentos da Bíblia! Um cristão é uma pessoa que morreu com Cristo, cuja rigidez do pescoço foi quebrado, cuja testa de bronze foi destruída, cujo coração de pedra foi esmagado, cujo orgulho foi morto, e cuja vida hoje é dominada por Jesus Cristo.” “Não é mais eu que vivo, mas é Cristo que vive em mim!”
Por isso, que cada Cristão deve viver pela Fé em Cristo Jesus. Deus abençoe a todos.

Se preferir pode acessar:

http://pastorronaldomaia.blogspot.com.br/2014/01/vida-apos-morte-ainda-em-vida.html


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here