Série: Na Contramão – Vou não, posso não, meu pastor não deixa não.

10

“Porque o reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, e paz, e alegria no Espírito Santo.” Rm 14.17

Uma das maiores inquietações do cristão é saber definir o que pode e o que não se pode fazer.

Estive participando recentemente de um programa de debates de uma TV nacional cujo tema era justamente esse: “O que um Cristão pode ou não pode fazer”.

É incrível ver como existem distorções no meio evangélico. Em sua maioria não sabemos diferenciar doutrina de usos e costumes e por não sabermos disso acabamos recebendo um peso tão grande, um jugo tão pesado que não conseguimos carregar.

Qualquer um que queira ser um ser pensante hoje em dia é tido como herege ou rebelde. A voz de alguns líderes se tornou a voz do próprio deus (com letra minúscula mesmo). Líderes que interferem no casamento, alimentação, laser de rebanhos inteiros, aprisionando pessoas pela ameaça emocional fazendo com que o povo obedeça não mais por amor ou por gratidão a Deus, mas sim por medo de um Deus vingativo que a qualquer momento pode te castigar por ter ido à praia e não ter pedido permissão para isso.

Que Deus é esse? Com certeza não é o Deus revelado na minha Bíblia e eu uso a versão Revista e Atualizada da SBB, por vezes com consulta no modelo Genebra outras vezes na versão SHEDD.

A melhor forma de vermos o que o Senhor Deus pensa é ler e ver o que Ele fez quando esteve encarnado nesta terra na Pessoa do Filho Jesus Cristo.
Jesus não fazia questão de debater os costumes de cada sinagoga, pelo contrário Ele achava isso perda de tempo. Seu alvo era o ser humano, o coração e a transformação da vida, tirando da escravidão das trevas para a liberdade da luz.

Quando Paulo nos diz que todas as coisas são licitas, mas nem todas as coisas nos convêm (1Co 10.23) ele estava definindo a grandeza de nossa liberdade e a vantagem de escolher não fazer.

Não deixo de pecar porque é errado, deixo de pecar porque amo a Deus e o Seu amor me constrange me envolve, por isso quero agradá-lo.

Uma pessoa não tem que ir a igreja por medo de perder a benção de Deus, ela precisa ir para aprender a viver em comunhão, para exercitar os dons, para ser útil e adorar a Deus também (lembrando que o Templo é você e não a construção e a adoração pode ser feita a qualquer hora e em qualquer lugar e não necessariamente só na instituição)

Quando você começa a enxergar que o Deus que se entregou por amor a você ainda é um Deus de amor, você toma uma nova direção na vida, não porque “vai não, pode não, seu pastor não deixa não”, mas sim porque o Verdadeiro Amor do Pastor Sublime te envolve e tudo o mais se torna “coisa” de segundo plano.

Somos seres pensantes, questionadores, criativos e sonhadores, não deixe que ninguém lhe roube o direito a ser assim. Paulo uma vez pregou em uma cidade chamada Beréia e ressaltou uma característica louvável daquele povo: “Ora, estes eram mais nobres do que os de Tessalônica, porque receberam a palavra com toda avidez, examinando diariamente as Escrituras para ver se estas coisas eram assim.” At 17.11. Os crentes de Beréia conferiam nas Escrituras se o que Paulo estava dizendo era verdade, eles eram pensadores e o Apóstolo fez questão de frisar essa virtude.

A multiforme graça de Deus nos permite ter hoje em dia, igrejas de todos os tipos e gostos, para agradar a todos os públicos. Esteja em uma que você se encaixe melhor, mas saiba que a Maior e Mais Pura de Todas as Revelações é a BIBLIA. O que ela diz é verdade e nada pode contradizê-la!

Na paz DAquele que nos fez livres e pensantes,

Att,

Pr. Felipe Heiderich – @felipeHeiderich


10 COMENTÁRIOS

  1. UFA!!!

    Já estava achando que só eu pensava desta forma!!

    As vezes chego a me sentir o menor dos menores na minha igreja por não conseguir concordar com um monte de pode e não pode, seja assim ou assado se não perde a benção.

    Os lideres criam uma imagem caricata do crente e obrigam o rebanho a ser desta forma, fazendo, como já lí em diversos artigos, com que sejam vistos como seres de outro planeta, com outra linguagem, outro cara! O que não somos!

  2. Sábias e simples porém diretas palavras,
    Que a graça de Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo através de seu Espírito continue lhe abençoando e lhe agraciando com tais mensagens reveladoras para nossas vidas,
    eu sempre pensei desta maneira mas com certeza não conseguiria expressar estes pensamentos com tanta clareza.
    DEUS continue abençoando

  3. Em alguns aspectos eu concordo, mas em outros não; Não acho correto uma crente da Assembléia de Deus usar biquini o dia todo e à noite ir para cima de um púlpito louvar e ainda dizer que ninguém tem nada a ver com isso, porque ela louva e o único dom que vai subir é o louvor,temos que ser a diferença não ir pelo pastor e sim pela Bíblia que é viva e eficaz e ela que nos ensina, e sei que pela Bíblia a nudez é abominável aos olhos de Deus e agora?
    Se Jesus é o mesmo ontem, hoje e eternamente, e eu devo ser sua seguidora, porque eu tenho que mudar( se ele ainda é o mesmo?). Fiquem na paz, e espero que minhas palavras não afrontem ninguém, é apenas a minha visão.

    • Ola Cris, graça e paz,

      Louvo a Deus por sua postura. Discordar faz parte de se ser um SER pensante e isso é bom! Sou contra qq forma de postura ditadora e que se diz acima da verdade. Apenas um foi acima da verdade – JESUS e mesmo assim ele resolveu nao julgar, nao condenar,…. mas amar…

      No amor dEle,

      Pr. Felipe

  4. Finalmente encontrei um site sério e inteligente que se refere a palavra de Deus de uma forma clara e objetiva. Com alguém preparado para instruir e deixar no ar espaços para expressões de pensamentos e opiniões. Estou agora entrando em contato com este mundo virtual e acho maravilhosa ferramenta de aprendizado e crescimento se usada com sabedoria e responsabilidade.Estou até criando um blog. Pretendo formar espaços de comunhão, testemunhos e crescimento espiritual ,compartilhando experiências e aprendizados. Achei muito bom o artigo acima e concordo com o irmão em gênero, número e grau. Inclusive quero dizer que se estudarmos mais a bíblia deixaremos de ser marionetes e assim teremos mais condições de servirmos na obra de Deus com amor e responsabilidade, deixando cumprir em nossas vidas as palavras de Jesus de sermos o sal da terra e a luz do mundo. Não tenho teologia, mas amo a palavra de Deus e acho que não existe fonte melhor que ela. Isso não exclui obviamente aprendizados paralelos. Pelo contrário, são necessários para nos fazer entender melhor várias questões que podem ser esclarecidas desta forma, mas tudo direcionado pelo espírito santo de Deus. Chega de ouvir e pregar evangelho egocêntrico, a igreja têm sofrido com tanta falta de temor a Deus e a sua palavra e o pior, levando o erro a várias pessoas que não fazendo como o povo de Bereia, come qualquer comida,e infelizmente se sentem saciados com ela.

  5. Pr. Felipe Heiderich,parabéns por sua visão, creio não ser a única mas rara em nossos arraiais!.
    onde verifica-se uma massa esmagadora ministerial,empedindo que as ovelhas sejam pensantes!.
    que Deus ti abençoe,e faça frutificar seu ministério!.

  6. È importante conhecer, é importante de fato saber o que Deus requer dos seus dispenseiros, “Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará” o problema sintomático do cristão contemporâneo é a falta de conhecimento, temos muitos cristãos raquítico de Bíblia, o povo perece por falta de conhecimento, e em muitos casos a culpa é daqueles que conduzem o povo, que não apresenta ao povo o que Deus quer. Entretanto é importante saber que todas as coisas são lícitas mas nem todas convém nem edificam. É importante oportunizar as pessoas ao conhecimento sim, e aqui eu quero parabenizar ao caro colega pela postagem da matéria, e que os cristãos de nossa geração possam despertar para de fato conhecer a vontade de Deus e preparar o melhor para geração futura.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here