Qual é maior dos dons ministeriais?

0

É normal para o homem estabelecer níveis e hierarquias para manter uma melhor administração e organização, e não é diferente quando não temos o entendimento bíblico sobre os dons ministeriais querermos instituir isto também dentro do Reino de Deus.

Existem pessoas e igrejas que entendem os dons ministeriais como uma pirâmide hierárquica instituída por Deus para a igreja, como se ao perceber um membro dentro da igreja que tivesse um chamado para atuar dentro desses cinco dons ministeriais citados em Efésios 4, esta pessoa teria que começar primeiro como evangelista, para somente depois de algum tempo e sendo aprovado em sua função instituída pela igreja, ela pudesse um dia vir a ser pastor, e após isso só um milagre e muito suor para o levar a ser um dia um apóstolo. E aqueles que entendem dessa forma, para não pararem de crescer e deixarem de receber suas promoções acabam criando outros títulos que nem vemos na bíblia. Quem sabe, estão tentando chegar um dia a serem chamados de semideuses.

Efésios 4
11 E ele designou alguns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas, e outros para pastores e mestres,

Percebemos no texto que Jesus designou dons para alguns e outros dons para outros. Está falando de cargos e pessoas diferentes. Não se trata de algo piramidal. Não quer dizer em nenhum momento que um dom é mais importante do que outro.

No texto de I Coríntios 12:28, que também estamos acompanhando nessa sequência de estudos, está enquadrado em um contexto onde Paulo está falando sobre a diversidade na unidade do corpo de Cristo, onde ele deixa claro que não existe qualquer parte do membro de um corpo que possa ser considerado menos importante que outro, mas que todos contribuem com seu propósito específico. (dica: leia o capítulo inteiro)

Diferente do que alguns pensam, os dons não são citados por ordem de importância ou hierárquica, pois se assim fosse, o próprio apóstolo Paulo que escreveu tanto o texto de Efésios 4 e também o de I Coríntios 12 estaria se contradizendo ao colocar, por exemplo, o dom de mestre em escalas diferentes nos dois textos.

Existem ministros da palavra que parecem se orgulhar mais do título que possuem, do que do privilégio que há em estar servindo ao corpo de Cristo naquela função. Há alguns que ao colocar o nome em um cartaz para a divulgação do evento o título aparece de todo tamanho na frente do nome. Há também aqueles que já até colocaram o título a frente do nome e não permitem serem chamados sem que se o mencione. Ex.: Oh, fulano! Ele responde: Fulano não, Pastor Fulano. Imagina, uma pessoa ficar chateada simplesmente porque o chamaram com o seu próprio nome?!

Preste atenção que quando a bíblia fala sobre os dons ministeriais em Efésios 4:11 e I Coríntios 12:28, não está se referindo a um título ou uma patente, ela está falando sobre a função que para alguns poderá ser de apóstolos, outros profetas, outros evangelistas, outros pastores e mestres. Note que os dons não são citados em letras maiúsculas, estão todos em letras minúsculas.

Bom, isto tudo para dizer que se você está encaixado dentro dos cinco dons ministeriais citados em Efésios 4:11, significa que você está pronto para servir mais que os outros, atender toda a igreja usando o teu dom para o aperfeiçoamento da mesma.

Blog: Ramiro Chagas


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here