Protegido: Perseguição faz bem

0

Atos 8
1 Naquele dia levantou-se grande perseguição contra a igreja que estava em Jerusalém; e todos exceto os apóstolos, foram dispersos pelas regiões da Judéia e da Samária.
2 E uns homens piedosos sepultaram a Estêvão, e fizeram grande pranto sobre ele.
3 Saulo porém, assolava a igreja, entrando pelas casas e, arrastando homens e mulheres, os entregava à prisão.
4 No entanto os que foram dispersos iam por toda parte, anunciando a palavra.
5 E descendo Filipe à cidade de Samária, pregava-lhes a Cristo.
6 As multidões escutavam, unânimes, as coisas que Filipe dizia, ouvindo-o e vendo os sinais que operava;
7 pois saíam de muitos possessos os espíritos imundos, clamando em alta voz; e muitos paralíticos e coxos foram curados;
8 pelo que houve grande alegria naquela cidade.

O Deus maravilhoso usa a perseguição que para nós é muito difícil suportar como adubo para o crescimento do Evangelho, quanto mais perseguição mais o evangelho avança.

Posso citar como exemplo na minha própria vida nos dias de hoje.
Após perseguições e desconforto com alguns do meio evangélico fui impulsionado sem perceber a ampliar os trabalhos do Reino em uma congregação que não existia e hoje já alugamos uma loja e estamos felizes da vida.

Glorias a Deus pelas perseguições, almas estão sendo alcançadas e o evangelho genuíno está sendo pregado com o preço de sangue, suor e lagrimas confesso para você que está lendo que tem valido a pena.

Ver os sorrisos de pessoas libertas da opressão, do pecado, de vícios e do poderio de homens manipuladores tem-me edificado a alma e me introduzido em um cenário que antes era utópico e agora e a Canaã.

O Espírito Santo tem transformado as perseguições em exercício de fé nos auxiliando na caminhada.
Quando o perseguidor é eficiente e dedicado muitas das vezes o próprio Jesus Cristo intervêm ao nosso favor, cito como exemplo Saulo de Tarso que matava e perseguia os cristãos e foi arrebanhado para auxiliar a causa. (Atos 9)

Ninguém entendia mais de perseguição do que o Apostolo Paulo, por isso sua importância dentro e fora do evangelho.
Nenhum pastor, bispo, ou seja, que cargo ocupe da esfera evangélica ousaria pensar em pregar para Paulo ou se quer imaginá-lo sendo um auxiliar no evangelho, mas o Espírito Santo de Deus usou o perseguidor para difundir o evangelho.

Eu não conheço alguém mais apto a falar sobre o evangelho que Paulo afinal ele o conhece amplamente fazendo referencia as pessoas que ele olhou nos olhos e prendeu e mesmo assim elas continuavam a ser verdadeiramente Cristãs.

Aleluia.

Paulo conheceu primeiro os perseguidos para depois ser um,após o encontro com Jeus ele aprendeu na prática e sabia o que sofreria, mas quis, almejou, desejou, decidiu ser uma nova criatura.

Talvez falte isso em você, determinação e conhecimento de causa.
Se livre da mesmice de fazer coisas que te ensinaram sem você conhecer a essência delas, não seja um imitador, seja genuíno, impar.

Existe uma diferença enorme em ser evangélico e estar evangélico.
Quando você estar evangélico você o é por estilo, opção, achou legalzinho, agradou sua mãe, seu pai que é pastor.

Saiba que você precisa Ser evangélico, mergulhar de cabeça e saber o que te faz estar no evangelho.
Se você está no evangelho por qualquer motivo que não seja Jesus Cristo você não foi ainda resgatado por Cristo e certamente ficara frustrado com qualquer problema que aconteça na igreja onde você congrega.
Se você tiver essência somente Cristo te importará não se importe com os que caem ou sobem.

Nosso maior exemplo veio da cruz e se chama Jesus.

ATOS 13
48 Os gentios, ouvindo isto, alegravam-se e glorificavam a palavra do Senhor; e creram todos quantos haviam sido destinados para a vida eterna.

A paz e até a próxima.
Por Daniel Alves Pena


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here