Pescadores de Homens

0

 Lucas 5.1-11

No texto bíblico, vemos uma história que já é conhecida por muitos de nós: Jesus chamando os primeiros discípulos e chamando-os de “pescadores de homens”. Este texto sempre me chamou a atenção por causa da segunda parte do versículo 11: “… deixaram tudo e o seguiram.”. Que frase maravilhosa. Deixaram tudo. Abdicaram de família, emprego, toda uma vida construída para um único fim: pescar homens. Que coragem!

Naquela noite, a pesca não estava muito boa. O mar não estava para peixe. Quem pesca, sabe que em alguns lugares, o melhor horário para se pescar, é à noite, por ser mais tranquilo. Como não gosto de pescar, descobri isso lendo algo sobre pescaria na internet, porque fiquei intrigado com o fato de eles estarem à noite (isso se vê no versículo 5). Enfim, foram de um lado, e nada. Foram do outro, e nada. Quando Jesus disse a eles “Jogue do outro lado”. Duvidaram, mas obedeceram ao mestre. Qual não foi a surpresa ao sentir as fisgadas na rede, a ponto de rompê-la. Qualquer pescador que se preze, saberia que a pesca é melhor feita à noite, e em águas rasas. Mas Jesus fez totalmente o contrário. Pediu para jogar nas águas fundas do outro lado do barco. Simão Pedro confiou. Mas, nesse sentido, a palavra confiar, nos leva a ver um confiança total. E não uma confiança dando apenas parte de si. Ele depositou toda a sua confiança no Mestre.

Quantas vezes, nos falta ser como Simão Pedro. Não confiamos Nele acabamos dando apenas parte de nós em algo para a obra Dele. Não é isso que Ele quer. Ele nos quer por inteiro! Quer que dediquemos nossa vida, nossas obras, tudo a Ele e à sua obra. Existem sim pessoas que estão engajadas na obra do Reino, entretanto, não estão fazendo para Deus. Estão fazendo para se mostra ao líder, seja ele líder do ministério, ou o pastor da igreja. Lembre-se, meu amado, a melhor pessoa que você pode confiar a sua vida, é Cristo. A Bíblia diz para confiarmos, termos fé em Deus de todo o nosso coração e não de “metadinha” do nosso coração. Como eu já disse, confiar em Deus é entregar-se completamente a Ele e crer na sua Palavra. Quer maior prova de confiança do que esta que Simão Pedro deu? Apesar de seus costumes de pescador, e saber o que deveria ou não fazer, ele confiou em Jesus e jogou a rede do outro lado. Parece uma coisa boba, mas isso é confiança, querido.

Após realizar o que Jesus mandou, as redes começaram a se romper de tantos peixes. Outros pescadores foram necessários para poder puxá-la. Diante disso, o que Simão Pedro fez? Diz o versículo 8: “Quando Simão Pedro viu isso, prostrou-se aos pés de Jesus…”. Que coisa linda de se ler. Imagino como devia ser algo maravilhoso, alguém se prostrar aos pés do Mestre. Mais adiante no texto, Jesus disse para que ele e seus companheiros não temessem, pois daquele momento em diante, seriam pescadores de homens. E, o que fizeram? Eles poderiam ter dito “não” ou terem falado que não iriam abandonar a vida que tinham para seguir alguém que multidões se exprimiam para poder ouvir melhor Suas palavras (versículo 1). Mas não, eles não fizeram isso. Eles largaram tudo. Deixaram todo o seu passado para trás para começar uma nova vida. Está aí, mais uma prova de confiança.

Amado, quantas vezes temos falhado nessa parte. Por muitas vezes dizemos ao Senhor “Eis-me aqui, envia-me a mim”, mas lá no fundo dizemos “Mas, se possível não me mande pra tal lugar não. Me deixe aqui onde estou!”. Confesso que, eu mesmo tenho “sofrido” desse mal. Muitas vezes surge no meu coração a vontade de fazer discipulado na Jocum. E mais tarde fazer seminário. Mas, quando penso em largar tudo e todos, algo me prende e me faz pensar que não estou preparado para tal desafio. A entrega de nossa vida a Deus, muitas vezes significa fazer algo que pareça pouco razoável à nossa realidade. Deixar amigos, família, emprego, tudo para seguir ao Mestre.

Mas, mesmo que não entendamos o que Deus quer da nossa vida, podemos ter certeza que se dedicamos nossa vida a Ele, pela fé, Ele Se agrada, e irá trabalhar para nosso bem, irá nos abençoar e algumas dessas bênçãos serão concedidas aqui na terra. Outras, lá no céu. No texto base, Deus abençoou os pescadores pela fé e dedicação que tiveram, dando-os mais peixes do que precisavam. E com isso, creram, entregaram sua vida a Deus e largaram tudo para seguir a Jesus.

Para encerrar, eu gostaria de te fazer uma pergunta. Aqueles pescadores, do texto bíblico, entregaram completamente a vida a Jesus. Mas, e você? A quem, ou a que você tem se entregado hoje? À tristeza? Ao pecado nas suas mais variadas formas? Ao inimigo? Será que você teria coragem de se entregar totalmente a Jesus pela fé? Abandonar tudo para O seguir? Às vezes, nesse momento, você sentiu no seu coração o desejo de se entregar a Ele. Se o fizer, não se entregue pela metade ao nosso Senhor. Mas, sim, por inteiro, que é o que ele espera de você, meu amado.

Tenha consciência de que “quando você dá alguma coisa a Deus, ele lhe devolverá de uma maneira bem melhor – além disso, ele estará presente nela com toda sua graça e poder!”.

 

(Bíblia de Estudo Plenitude, Dinâmica do Reino, pág. 1031).
Não faça apenas por um prazer momentâneo. Se entregue a Ele por toda a vida. Você será abençoado.

Mais estudos no www.woliverio.blog.br


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here