Não Repreenderá Perpetuamente

0

“Não repreenderá perpetuamente, nem para sempre conservará a sua ira.” (Salmo 103.9)

Quanto tempo dura a ira de uma pai ou de uma mãe depois de ter repreendido a seu filho?
Se este filho é amado por eles a ira durará para sempre por causa do desatino que cometeu?

Todos os que são pais amorosos sabem muito bem qual é a resposta.
Por vezes nossos filhos se mostram renitentes e rebeldes por não pouco tempo em relação a determinado problema a que têm dado causa.
Todavia, por maior que seja a contrariedade que isto possa causar em nós, depois de certo tempo tornamos a ser favoráveis a eles sem que isto leve muito tempo.
Ora, se nós, falhos e limitados pecadores agimos desta forma, quanto mais o nosso Pai celestial que é perfeito em amor, justiça e bondade?
Daí o salmista ter se expressado nos termos do nosso texto, pois conhecia por experiência própria qual é o caráter de Deus.

Ele tinha sido alvo do desagrado do Senhor em determinadas ocasiões, e no pecado com Bate-Seba, sua harpa ficou desafinada por cerca de um ano, e o seu espirito definhava debaixo dos juízos corretivos de Deus, pois não havia até então achado lugar para arrependimento, convencendo-se da grande transgressão que havia cometido.
Deus já havia se tornado favorável a ele, mas como se achava endurecido pelo pecado, não pôde contemplar Seus braços amorosos abertos para recepcioná-lo, depois de ter-se lavado com as lágrimas do arrependimento.

Mas aprendeu a lição e a compartilha conosco neste Salmo, de modo que possamos aprender que conforme afirma a Escritura a ira de Deus de um breve momento não passa, porque de outra forma seríamos todos consumidos.
Lembro-me agora da passagem quando nos foi feita a promessa do perdão de Cristo por causa do evangelho, no texto de Isaías 40, no qual o Senhor convoca consoladores para o seu povo, depois de tê-lo castigado devidamente pelos seus pecados.

Assim, então, você que se achou debaixo da palmatória corretiva do Senhor, que se manifestou sobretudo pela falta de paz e pelas próprias circunstâncias da vida que lhe mostraram o quanto Ele estava aborrecido com os seus maus caminhos, tente observar por esta fresta de luz que se abre para que você possa ver que o tempo da correção já passou, que é hora de derramar lágrimas não mais de amargura e desânimo, mas de arrependimento, de alegria e de esperança, de um novo recomeçar com Deus.

Pr Silvio Dutra


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here