A Lei da Semeadura

0

Porque o Senhor dos Exércitos o determinou; quem pois o invalidará? E a sua mão estendida está, quem pois a fará voltar atrás? Isaias 14:27.

Creio que todo ser humano já disse essa frase, “quem planta, colhe” ou algo semelhante, porém, será que de fato conhecemos o verdadeiro teor desta frase?
Se o conhecemos, porque será então que ainda insistimos em semear tantas sementes ruins? Ou será que enganamos a nós mesmo achando que, conosco será diferente, que seremos isentos de nos alimentar dos frutos cujas sementes foram nós quem as semeamos?

O mais contraditório ainda é que, isto tem uma veemência gigantesca no meio da igreja de Cristo, o povo parece que perdeu a real noção do conteúdo sagrado, não atenta que a bíblia é um manual de instruções direcionada diretamente para nós, são fatos e exemplos existentes nela para que venhamos seguir, ela é como um enredo de um filme, no qual todos nós somos obrigados a participar, o filme da nossa vida. Todos sem exceção, sabem que, no reino de Deus, isto é imprescindível, não existe nada que venhamos plantar, que não venhamos a colher. Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará. Gálatas 06:07

Entretanto, algo também chama-me atenção; o descaso que fazemos da palavra do Senhor. Temos pleno conhecimento disto, mas, não atentamos para as consequências que nos virá, se não a obedecermos, pois estaremos desprezando as alertas fornecidas pelo próprio Deus.
Triste é afirmar, mas, fato é que; o que existem de invejosos entre o povo que se diz de Deus, é avassalador, o espirito da inveja não passa pela vida de muitos, já tem morada fixada.
São tantos os avarentos, ajuntando para si tesouros na terra, pessoas amantes de si mesma, visionarias não das coisas do reino de Deus, mas das coisas dos homens, só pensa em dar-se bem, usurpar bens alheios, enquanto na palavra escrito está que devemos ajuntar tesouros nos céus, onde de forma alguma pode ser destruído, ou roubado. Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam. Mateus 06:19.


A bíblia diz; que os murmuradores não entraram na terra prometida, qual é a nossa terra prometida hoje se não for o céu? Então, isto quer dizer; se continuarmos a murmurar não entraremos nos Céus. Fato é!
Há em nosso meio tantos maldizentes que só o sangue de Jesus para repreendê-los, esquece-se, que a palavra é como espadas de dois gumes, corta dos dois lados, isto é, serve para quem ouve, quanto para quem fala, tão logo, as maldições que lanço sobre alguém, sem causa, virá para minha vida também.

Entre tudo, o mais impressionante são aqueles que dobram seus joelhos, jejuam, fazem orações contrarias para prejudicar alguém. Apesar de a bíblia falar que todo ferramenta preparada contra nós não prevalecera, estás pessoas estão tão cegas espiritualmente que estão dispostas em colocar em jogo sua própria salvação, pois, quando elas oram para destruir ou tirar algo que é de outro servo do Senhor, elas estão afirmando no reino espiritual que o deus delas é o opositor de Deus, já que, Deus não recebe orações contrarias, mas, quem se alimenta delas é o inimigo das nossas almas.

É por isso que devemos estar diante de Deus com nosso coração limpo, com nossa mente voltada para obedecer a Deus, assim, não iremos deixar arestas para as orações contraria nos atingir. Não é que Deus ouça as orações contrarias, mas, Deus é justo, então, quando pessoas que se dizem de Deus e agem contra a vontade de Deus, se alinham ao inimigo, ou seja, quando elas oram a Deus para destruir um irmão, elas estão dando legalidade e alimentando as forças do mal, isto fortalece a satanás, e, lhe dá autonomia para chegar perto de Deus e cobrar justiça, de certa forma, se houver brechas em nós, Deus tem que permitir, porque é a lei da semeadura, a balança de Deus é justa e imutável em todos os aspetos. Chegai-vos a Deus, e ele se chegará a vós. Alimpai as mãos, pecadores; e, vós de duplo ânimo, purificai os corações. Tiago 04:08.

Lembrem-se, satanás usa mais a bíblia do que nós que nos dizemos ser filhos de Deus, o inimigo conhece e reconhece que a palavra de Deus tem tanto poder que foi capaz de criar o universo, e que ela jamais pode ser anulada. Passará o Céu e a terra, mas as minhas palavras não hão de passar. Lucas 21: 33.
Recorde que, quando satanás foi tentar Jesus, o que ele usou foi à palavra. […]Porque está escrito: Mandará aos seus anjos, acerca de ti, que te guarde Lucas 04: 09,10.
Logo, quando alguém ora para Deus fazer algo de errado com a vida de outro irmão, Deus jamais irá atender oração de feiticeiro, mas, o inimigo ouve e, é nisto que ele faz a festa, porque, ele, algum êxito vai ter com isto, de imediato ele vai requerer de Deus a permissão para tocar na pessoa alvo das orações e jejuns contrários, se a pessoa não estiver coberta pelo sangue de Jesus, sofrerá danos.

Por isso, quando Deus usa um servo Dele para liberar alguma promessa, devemos guardar em silêncio crendo, e, testemunhar só depois da conquista, pois, na verdade não conhecemos o coração das pessoas, quando contamos, seja lá para quem for, e esta pessoa, esboçar algum sentimento de inveja, satanás vai investir em cima disto, porque se a pessoa falar algo contra, no mundo espiritual causara um peso, o qual pode influenciar para projeção das trevas tentarem impedir a benção que já foi liberada por Deus. É por isso que existem tantas promessas retidas. Então me disse: Não temas, Daniel, porque desde o primeiro dia, em que aplicaste o teu coração a compreender e a humilhar-te perante o teu Deus são ouvidas as tuas palavras, e eu vim por causa das tuas palavras, Mas o príncipe do reino da Pérsia se pôs defronte de mim vinte e um dias […] Daniel 10:12,13.

Algo é infalível, se plantamos ventos iremos colher tempestades, ou seja, o que eu planto de mal, irei colher em abundância, assim também para o bem, então, se eu oro contra a vida de alguém, se eu caso prejuízo a alguém, se eu destruo algo de alguém, pode demorar o tempo que for, a recompensa daquilo, eu irei colher, isto é decisivo.
Talvez alguns não concorde porque pense; eu fiz aquilo, fiz isso e continuo na minha, nada me aconteceu; vai pensando, não se prepare não, o vendaval já soprou. Conselho, aguente as consequências, toma vergonha na cara, reconhece que errou, e peça misericórdias a Deus. Mas você terá que colher seus frutos podres.
Não se esqueça do que já foi dito; Deus é justo, e satanás se alimenta dos nossos erros. Não Se Esqueça! Se você orou contra alguém e esta pessoa sofreu algum dano por sua causa, foi prejudicada em alguma coisa, se algo lhe foi destruído porque você promoveu, se satanás tocou naquilo que é dos filhos de Deus, porque você deu forças para ele fazer isto. Vai ter volta, não tem jeito. E vindo um dia em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante o Senhor, veio também Satanás entre eles. Jó 01:06

A pessoa vitimada vai sofrer, vai chorar, porém, chegará um dia que aquela pessoa sairá daquela situação ruim, dará a volta por cima, pois, a palavra diz que; tudo passa; essa dor não é eterna, ela tem um fim, no momento que Deus diz; chega!
Não pense que o inimigo não vai cobrar de Deus a justiça contra você, a função dele é acusar, ele vai requerer a tua cabeça também, aquele que com ferro fere, com ferro será ferido, e ai? Quero ver agora o que você vai fazer, o teu castigo será bem pior, o dano será maior do que o que a pessoa inocente teve, porque você estará sofrendo por justiça, estará colhendo o fruto da semente que plantou. Então Satanás respondeu ao Senhor e disse: Pele por pele, e tudo quanto o homem tem dará pela sua vida. Jó 02:04.
Entendeu o recado de Deus, vigia, o que você tem semeado, e se prepare para colher os frutos. Produza frutos dignos de arrependimento.

Deus abençoe a todos!

Pra. Elza Carvalho

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA