Home » Estudos por VC, , Vida Cristã

Máscaras

Estudos Bíblicos em seu email

Receba Estudos Bíblicos em seu email gratuitamente! Insira seu email:

Gospel+ no Twitter!

ou no facebook

Máscaras

O Carnaval é conhecido por ser a festa das máscaras; muitas pessoas aproveitam a festa usando máscaras.
É fato que a máscara serve para escondermos a face, e assim podemos sentir que estamos mais protegidos.
O que acontece, é que tem gente que usa máscaras, não só nas festas de carnaval, mas diariamente.
E podemos acreditar, a máscara tem sido um aliado para muitas pessoas que alcançam altos patamares de sucesso na vida, que conquistam o que com sua verdadeira identidade não conseguiria de forma alguma.

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

As máscaras escondem as imperfeições, escondem o nosso verdadeiro “eu”.
Usar mascaras é como maquiar um defeito, uma mancha, ou uma cicatriz na pele, quando tomarmos banho e estivermos sozinhos será inevitável ter que encarar aquela realidade.

Usar mascara causa confusão de personalidade. A grande questão é que as pessoas passam a amar não o que somos, mas o que aparentamos ser, e por mais bem pregadas que as mascaras estejam elas podem cair nas horas mais impróprias e nos deixar em situações constrangedoras (inevitavelmente esse momento vai chegar.)

Ninguém consegue fingir uma coisa que não é por muito tempo, as atitudes um dia acaba revelando o que procede no coração e mente da pessoa.

Há os que dizem que a vida é um “baile de máscaras” .Mas, me pergunto : _e quando chega a 4ªfeira de cinzas e você tira a máscara? Chega a ser insuportável se olhar no espelho muitas vezes não é mesmo? Existem certas pessoas que se acostumaram tanto com esse “baile de máscaras” que não conseguem mais encarar a realidade do seu verdadeiro “eu”, não se conhecem, camuflam seus pecados, vícios, tristezas, caratér e defeitos. Não se aceitam mais, não se amam, não conseguem contentamento em sua própria companhia (NÃO SE SUPORTAM), vivem se espelhando em alguém, desejam sempre ser a outra pessoa. Deve ser difícil se passar por alguém que não é, e tem muita gente que faz coleção de mascaras.

O Brasil é um país de festas, de folia, e o prato principal dessas “BALADAS” são máscaras, onde por alguns instantes as pessoas tem a oportunidade de fugir de alguma realidade que lhe pertuba: máscaras do prazer, do álcool, da droga, da alegria, da diversão, do sucesso. E quando chegam em casa? Quando precisam tirar a máscara? O que sobra?

Pense em um palhaço quando chega em casa depois de uma bela apresentação no circo, ele também precisa desfazer de sua fantasia, precisa tirar a máscara, aprendemos assim um belo principio: é em casa que a máscara cai . Qual passa a ser a verdadeira identidade do palhaço?

Precisa falar das igrejas? Precisa falar de religião?
A Igreja devia ser o lugar que menos deveria se ter. Todos deviam viver com sinceridade mostrando sua “face” na certeza que assim Deus teria liberdade de “Transformar vidas” .Atrás de religiosidade é bem fácil esconder nossas próprias fraquezas, medos, culpas e erros.

Na igreja, você pode SIM enganar todo mundo com uma vasta diversidade de máscaras: máscara da alegria, da misericórdia, do amor, da amizade, da pureza, da sinceridade, da espiritualidade; de outro lado, de DEUS ninguém se esconde.

Nas igrejas há lobos mascarados de ovelhas. BIBLICAMENTE falando: _Nas igrejas encontramos o Joio, e o Trigo porém cabe a Deus apenas julgar quem é um e quem é outro; pois ELE consegue ver além das máscaras ELE sonda o coração, a mente, as intenções ocultas e as motivações erradas.

Nenhum baile dura a vida toda
O SINO DA MEIA NOITE BATE , é a hora que as máscaras caem
E agora? Ou você não sabe que vem a hora chamada “Meia Noite” na qual todos terão de lançar fora as máscaras? Ou você pensa que escapará antes do sino tocar? Essa fantasia pode durar algum tempo, meses e até anos, mas nunca será para sempre.

UM DIA TUDO SERÁ REVELADO. Não haverá mais engano.

Há dois lugares onde NÃO se pode usar máscaras:
_Dentro de casa : IMPOSSÍVEL! Lá a mostramos nossa verdadeira identidade. Mostramos quem realmente somos, nos “pitis”, nos escândalos, nas grosserias, no não respeitar pai e mãe, na maneira que se trata um irmão, na murmuração, no dia-a-dia.

_De joelhos em oração : Com DEUS as máscaras vão ao chão; é IMPOSSÍVEL se achegar a ELE usando qualquer tipo de máscara, pois ELE conhece o mais profundo de nossa alma, e é em sinceridade que ELE pede que nos acheguemos. Diante da Cruz, as mascaras caem.

“NADA há encoberto que não venha ser revelado; e oculto que não venha ser conhecido (lc12:2)´´

A única forma de se despir de toda a máscara é pela LUZ da verdade de Cristo.
Quando a LUZ de DEUS brilha sobre nós não há espaço para escuridão em nenhuma área de nossas vidas.
Não há o que temer, pois não há nada escondido, e DEUS nos aceita como somos, mas recusa deixar-nos como estamos. Um coração sincero e transparente facilita o trabalho de aperfeiçoamento de DEUS em nossas vidas.
“Escolhi o caminho da VERDADE , propus-me seguir os Teus juízos . Sl119:30 ´´

Fiquem com Deus, amo vocês! Beijos no coração!

Lembrem-se, o carnaval dura só alguns dias, a ressaca moral começa na quarta-feira de cinzas.
Escrevo naquElE que sonda e conhece a sinceridade do meu coração.

Raíssa Bomtempo
(www.raissabomtempo.blogspot.com)

"As opiniões ditas pelos colunistas são de inteira e única responsabilidade dos mesmos, as mesmas não representam a opinião do Gospel+ e demais colaboradores."


PS.: Comentários via Google+ estão logo abaixo desabilitados no momento.


Comentários via Facebook

1 já comentou, comente você também

  1. Parabéns Raíssa Bomtempo, excelente artigo, amei! Veio diretamente do trono de Deus na hora exata em minhas mãos. Abraços e continue sendo um instrumento nas mãos de Deus.
    Ereci

    

Sua resposta

Adicione seu comentário abaixo, ou faça trackback de seu site ou blog. Você pode também assinar esses comentários via RSS.
Seja legal. Não escreva em CAIXA ALTA. Mantenha no tópico. Limite de 3000 caracteres no comentário.

Há 4,982 comentários no Estudos Bíblicos.