A Parábola dos Talentos

2
8

TEXTO: Mt 25.14-30

Das 52 parábolas de Nosso Salvador essa é especial. Enquanto a das Virgens destaca a preparação interna, a dos talentos destaca o aspecto externo – fidelidade, diligência no serviço.

I – A Quantidade dos Talentos (Mt 25.15-18)

a) A questão da Inveja – quem tem 1 não inveje quem tem 2 ou 5.
b) A questão da Humildade – quem tem 5 não humilhe quem tem 1, e não se exalte (Gl 6.3; Rm 12.3; 2Co 3.5)

II- Os 3 servos / Empregados (Mt 25.15-18)

a) Poucos tem 5 talentos, alguns tem 2 talentos, a maioria de nós tem apenas 1 talento.

III – “Saiu Imediatamente” (Mt 25.16)

a) Demonstra : Obediência ao Senhor.
b) Diligência (Pv 22.29; Rm 12.8; Hb 6.11; 2Pe 1.10)
c) Urgência – Fazer antes que Ele retorne (Jo 9.4)

IV – A Prestação de Contas (Mt 25.19)

a) Mostrar : Que os talentos (6000 denários / 1000 dólares) não são nossos.
b) As características dos servos aparecerão no julgamento: Servo Bom e Fiel ou Mau e Negligente? (Mt 25.21,26)