Vencendo a cegueira

0

FILIPENSES 3.12-21

Não que eu o tenha já recebido ou que já tenha obtido a perfeição, mas
prossigo para conquistar aquilo para o que também fui conquistado por
Cristo Jesus. (Fp 3.12.)

Henrique Fawcett ainda era estudante de Direito quando sofreu um acidente.
Estava caçando em companhia de seu pai quando um disparo da
espingarda deste atingiu seus olhos. O rapaz ficou cego. O pai de Fawcett
sentia-se culpado pela cegueira do filho, mas este, para acalmá-lo, trazia
palavras de entusiasmo e força. Henrique continuou sua vida normalmente
apesar da deficiência física. Pescava, andava a cavalo, patinava, e confiava em Deus. Completou seus estudos na Universidade de Cambridge e veio a ser
membro do Parlamento Inglês, onde se tornou líder.

Henrique Fawcett foi nomeado diretor dos Correios da Inglaterra e trabalhou
com dedicação. Criou o sistema de Caixa Postal – regulamentado
no mundo inteiro – e outras inovações que o imortalizaram. Sua decisão era
a de prosseguir vivendo. No início da sua deficiência, tivera de se esforçar
para alegrar o pai. Contudo, porfi m, sua postura já seguia sua ministração
positiva de vitória, que estava sempre nos seus lábios.
Existem os obstáculos a serem ultrapassados em nossa vida. Mas o Senhor
nos prometeu que estará sempre conosco. Com ele, saltamos muralhas
e vencemos o inimigo. Não desista, pois o Senhor nos faz andar em triunfo
mesmo nas dificuldades. Con? e nele.

Minha confiança e meu refúgio estão em Deus,
Meus pés vão seguindo o caminho rumo aos céus.
Com meus lábios quero cantar só louvores,
Meus ouvidos não irão temer os rumores
De guerra ou morte, de tristeza ou dor,
Eu estarei prosseguindo, perseverando,
Olhando apenas para o meu Senhor!

Pai, como é bom saber que és o meu pastor e nada me faltará.
Como é bom saber que és a minha luz e a minha salvação e que
não há o que temer. Como é bom pertencer só a ti. Sou teu,
meu Senhor. Amém.


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here