Testemunho

0

A arca da aliança era chamada de arca do testemunho (Êx 39.35), porque continha as duas tábuas de pedra nas quais Deus havia escrito os 10 mandamentos.
O testemunho não era a arca, mas as tábuas, porque continham a escrita do próprio Deus relativa à Sua vontade. Disto aprendemos que o testemunho é a própria Palavra revelada de Deus a nós, nas Escrituras, tanto do Velho quanto do Novo Testamento.

No Novo Testamento temos o testemunho de Jesus e do Espírito Santo, escrito pelos apóstolos. Os apóstolos e os discípulos de Jesus eram suas testemunhas, porque foram incumbidos de dar o seu testemunho ao mundo. Cabe à testemunha testificar a verdade.
Assim, o próprio Jesus foi testemunha da verdade do Pai testificando dela em Seu ministério terreno; o Espírito Santo continua sendo testemunha da verdade, e com ele são testemunhas todos os crentes porque têm sido feitos participantes da verdade por meio da regeneração e santificação do Espírito.

A garantia que temos de que a Palavra de Deus é a verdade, nos vem do testemunho interno do Espírito Santo em nossos corações, especialmente pela aplicação da Palavra em nossas próprias vidas.
É-nos dado pelo Espírito, como crentes, não somente crermos que a Palavra é a verdade, como também participarmos das coisas em que cremos, pois são traduzidas como realidades na nossa fé em Cristo.

Por exemplo, a Palavra afirma que se nos arrependermos e crermos em Cristo somos transformados em novas criaturas, e isto de fato ocorre quando nos convertemos. Assim, a verdade vivida dá testemunho da verdade prometida.
E todas as demais promessas da Palavra passam pelo mesmo teste de veracidade, comprovando a completa fidelidade de Deus em cumprir tudo o que tem prometido.
De tal forma o testemunho está ajustado à nossa própria vida, que é comum se dizer que devemos dar testemunho de Cristo com nossas vidas exemplares.
Vidas santificadas é o melhor testemunho de que servimos de fato a um Deus que é santo, e nos santifica.


Por que o crente deve ser testemunha de Jesus e da Sua Palavra?
Não somente porque este dever lhe é imposto por Deus, mas porque o testemunho de Jesus é o espírito da profecia (Apo 19.10), ou seja, o Espírito Santo que habita no crente move-o a falar do evangelho, pois este é também o ministério do próprio Espirito Santo nesta dispensação da graça.
Você pode ler os versículos bíblicos contendo destacadas as palavras:
1 – marturia (grego) – testemunho, testemunha;
2 – martureo (grego) – testemunhar, tetificar;
3 – martus (grego) – mártir, testemunha; relativas ao assunto, acessando o seguinte link:

 

Pr Silvio Dutra


SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA