Sempre Alegres

1

Numa incorreta interpretação de Tiago 1.2: “Tende por motivo de toda a alegria o passardes por várias provações”, sem se levar em conta o contexto da epístola e até mesmo de toda a Bíblia, alguém poderia ser levado a julgar que está sendo ordenado que tenhamos amor pelas tentações, aflições, tribulações.
No que se refere especialmente às tentações produzidas pelo diabo e pela carne, como poderíamos aprovar e ter prazer em algo que é mau, e cuja natureza nada tem a ver com o fruto da graça?
Como amaríamos aquilo que é doloroso e que produz tormentos e temores na alma?
Então a conclusão lógica, é que aquilo que o apóstolo está afirmando não é nada disto.
Nosso Senhor Jesus Cristo turbou-se em espírito com a tentação de Judas, e angustiou-se no Getsêmani com toda a aflição que sobreveio à sua alma a ponto de ter suado sangue, pois seria moído por causa do nosso pecado.
O mal em si mesmo é sempre ruim e grave.
Agora, a consagração de nossas vidas ao Senhor e no serviço que devotamos a Ele no testemunho do evangelho, sempre precipitará a perseguição dos poderes das trevas contra o avanço do reino de Deus, e isto repercutirá em nós em forma de aflições.
Estes sofrimentos trazem muita glória a Deus quando suportados com paciência, por meio da graça e do poder que o Espírito Santo supre, para fortalecer os nossos corações.
Esta presença do Senhor e sua ajuda nas nossas tribulações, isto sim é digno de toda a nossa alegria nEle, e sabendo nós que estas aflições estão contribuindo para o nosso aperfeiçoamento, especialmente no que diz respeito à quebra do nosso ego, da nossa natureza terrena decaída no pecado, que ainda remanesce em nossos corpos mortais.
Assim, por causa deste bom resultado que produzirão, não devemos ter nas provações um motivo de desânimo, mas de ações de graças e de alegria.

Por isso se diz o seguinte nos textos que destacamos a seguir, dentre muitos outros:

Mat 5:12 – Regozijai-vos e exultai, porque é grande o vosso galardão nos céus; pois assim perseguiram aos profetas que viveram antes de vós.

Ats 5:41 – E eles se retiraram do Sinédrio regozijando-se por terem sido considerados dignos de sofrer afrontas por esse Nome.

Flp 1:29 – Porque vos foi concedida a graça de padecerdes por Cristo e não somente de crerdes nele,

1Pe 4:13 – pelo contrário, alegrai-vos na medida em que sois coparticipantes dos sofrimentos de Cristo, para que também, na revelação de sua glória, vos alegreis exultando.

1Pe 4:16 – mas, se sofrer como cristão, não se envergonhe disso; antes, glorifique a Deus com esse nome.


1 COMENTÁRIO

  1. Grande é minha alegria de ser filho do Deus Altíssimo. Pois o choro pode durar uma noite, mas a alegria vem ao amanhecer. Abraço aos meus irmão em Cristo Jesus.!!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here