Preservando a Essência

0

A paz de Cristo,

O tempo é um agente transformador em nossa vidas, com o passar do tempo acumulamos conhecimentos e experiências no reino de Deus, isto nos faz tomar direcionamentos diferente do que talvez anteriormente tomaríamos, este é um processo normal o amadurecimento espiritual, o que vivemos nos dias passados, influenciam as nossas escolhas e atitudes no dia presente que construirão o nosso futuro.

Chego a conclusão que o tempo é uma dádiva de Deus, porém o tempo pode ser também um agente destruidor da nossa essência cristã.

No começo da caminhada no reino, é sempre como estar apaixonado, grato a Deus pelo novo nascimento, por estar liberto da escravidão do Egito, por ver respostas a nossa fé em suas primeiras provações, porém o tempo passa e das guerras que enfrentamos é natural que fique o desgasto, dos espinhos que encontramos fica as decepções e cicatrizes de feridas que nos causaram.

O amadurecimento enfim crava em nosso entendimento, que não é fácil como pensávamos a princípio, apesar de Cristo nunca ter dito que seria, antes nos alertou que no mundo teríamos aflições.

João 16.33 Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.

É devemos ter bom ânimo pois ele venceu e podemos vencer também, o amadurecimento crava em nós que pra ter vitória temos que enfrentar lutas, pra viver temos que morrer, pra reinar, temos que sofrer.

2 Timóteo 2:11,12,13 Palavra fiel é esta: que, se morrermos com ele, também com ele viveremos; Se sofrermos, também com ele reinaremos; se o negarmos, também ele nos negará; Se formos infiéis, ele permanece fiel; não pode negar-se a si mesmo.

E esta certeza de que não é fácil que tem um preço a ser pago, uma cruz também a levar, torna-se um perigo, podendo nos levar a um estado de negligência e acômodo espiritual.

Assim como o povo de Israel que liderado por Josué entrou na terra prometida, após grandes conquistas, e após tomar cada tribo sua terra por herança, algumas tribos como a tribo de Benjamim e Manassés não cumpriram por completo o concerto com Deus de expulsar as nações estranhas da terra, antes os deixaram ali também habitar na terra da sua herança; Referências: Juízes capítulo 1 versículos: 21,27,29,30,31,33, Números 33:50 ao 56 e Josué 23:11 ao 13.

Eles se acomodaram por ter alcançado a herança, e foram negligentes esquecendo de expulsar as outra nações, talvez porque sabiam que era necessário ainda um esforço e ânimo de guerrear para expulsa-los (mas talvez se eles não soubessem que teriam que enfrentar aflições, expulsariam as nações, cumprindo assim o concerto com Deus), preferiram deixar como estava, e foram reprendidos por Deus lá em Juízes capítulo 2, isso foi um laço pra eles, após a morte daquela geração de Josué e dos anciões, e do povo que entrou na terra prometida, a geração que se levantou, os seus descendentes, que ainda não tinha o amadurecimento espiritual da geração passada, foi influenciada a adorar os baalins e pecaram , por conta do ensino e influência que recebeu das nações que habitavam junto a eles, o acômodo e negligência de uma geração impactou negativamente a geração de seus filhos,

Portanto não deixe seu amadurecimento espiritual, torna-se contra você, e fazer com que você perca a essência que tinha no início de sempre querer fazer mais pra Deus, a ousadia ,a unção de conquista, a prontidão de ir pra guerra e o seguir sempre, ao ouvi-lo chamando
vem tu e segue-me.

E não nos cansemos de fazer bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não houvermos desfalecido. Gálatas 6:9


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here