Predestinação Absoluta ou Presciente?

5

Essa “doutrina” de Predestinação Absoluta é contrária ao ensino bíblico do livre arbítrio e oculta o Atributo da Presciência de Deus. Na verdade, se Deus escolheu alguns para serem salvos, consequentemente, destinou todo o restante para ser perdido. Isto não faz sentido, especialmente quando tratamos do Único Deus Justo. Neste caso, não necessitaria Jesus Cristo ter vindo, em carne, a este mundo, para derramar o seu sangue em uma cruz e pagar um preço por alguém que já está determinado a ser salvo desde o seu nascimento. Não seria lógico, nem justo! Pela doutrina da Presdestinação Absoluta  não necessitaríamos pregar o evangelho para que se convertessem os que “supostamente” já nasceram salvos. Assim, teríamos que fechar todas as igrejas e deixar tudo acontecer como “predestinado”.
Em nenhum dos textos que Deus fala, através dos seus servos, sobre predestinação, cita que esta é sinônimo ou atrelada à salvação da alma.

Portanto, vejamos:

“Porque os que dantes conheceu também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos. E aos que predestinou a estes também chamou; e aos que chamou a estes também justificou; e aos que justificou a estes também glorificou.”  Romanos 8.29-30

O texto, acima, diz: “o que dantes conheceu”. Aqui está a presciência de Deus. Deus já sabia, desde a eternidade passada, quem iria ou não se converter ao Seu Filho, Jesus Cristo. E, mesmo assim, Ele diz que estes que “conheceu”, os predestinou a serem “conforme à imagem de seu Filho”. Ou seja: os salvos são predestinados a serem “conforme à imagem de Jesus Cristo”.
O versículo trinta diz que esses (os salvos) predestinados a serem conforme à imagem de Jesus Cristo foram chamados (se já nascessem salvos, não necessitariam ser “chamados”)… A esses, também, justificou. Alguém é chamado, ouve a voz do Filho de Deus, atende o chamado, É salvo, após atender ao “chamado”, é justificado. Por quem? Por si mesmos? É claro que não! É lógico que é pelo sangue do Senhor Jesus Cristo; e só isto.
O texto de Efésios 1:5 diz o seguinte:

“E nos predestinou para filhos de adoção por Jesus Cristo, para si mesmo, segundo o beneplácito de sua vontade.”  Efésios 1.5

Este versículo 5 está bem claro, indicando que os salvos são predestinados para serem “Filhos de Adoção”. Poderíamos, apenas, ser salvos! Isto bastaria! Mas Deus concedeu aos salvos (livres da condenação eterna do fogo do inferno) que fossem considerados, por Ele, “Filhos de Adoção”. Deus tem um Único Filho Legítimo: Jesus Cristo (João 1:14, 18; João 3:16, 18; I João 4:9). Todos os salvos foram adotados por Deus, por causa do Sangue do Senhor Jesus Cristo, segundo o próprio versículo afirma pelo “beneplácito de sua vontade”. Portanto, além de salvos… filhos de adoção.

“Veio para o que era seu, e os seus não o receberam. Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem no seu nome; Os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus.” João 1.11-13

Se os crentes já nascessem “salvos”, Deus não diria em Efésios 2:13 que estávamos longe. Se alguém já nasceu salvo, como pode estar “longe” em algum dia de sua vida?

“Mas agora em Cristo Jesus, vós, que antes estáveis longe, já pelo sangue de Cristo chegastes perto.” Efésios 2.13

Leia os outros versículos, abaixo:

“Nele, digo, em quem também fomos feitos herança, havendo sido predestinados, conforme o propósito daquele que faz todas as coisas, segundo o conselho da sua vontade; Com o fim de sermos para louvor da sua glória, nós os que primeiro esperamos em Cristo;”  Efésios 1.11-12

O texto, acima, também é bem claro: Os salvos (livres da condenação eterna do fogo do inferno) foram predestinados… para o fim de serem para o louvor da Sua Glória… E o versículo 12 ainda afirma: “Nós que primeiro esperamos em Cristo”. Ou seja, antes de sermos para  O “o louvor da Sua Glória”, havíamos (antes) já esperado em Cristo.
Efésios 1:4 – Não defende a predestinação absoluta… Não fala em salvação.

Leia o texto:

“Como também nos elegeu nele antes da fundação do mundo, para que fôssemos santos e irrepreensíveis diante dele em amor;”  Efésios 1.4

Interpretação bíblica:
O versículo diz que nos elegeu, antes da fundação do mundo, para sermos: santos e irrepreensíveis diante Dele em Amor. A carta está dirigida aos crentes em Êfeso. Ele está falando com já salvos. Então, esses já salvos receberam de Deus a sua graça de serem santos (separados) e irrepreensíveis em Amor. Salvo é Livre da Condenção Eterna do fogo do inferno. “Santo” significa “separado”. Deus já planejou, desde a fundação do mundo, que os salvos seriam “santos e irrepreensíveis em Amor”.
Deus já tem, desde a fundação do mundo, os nomes de todos os que são  moradores eternos do céu. Isto, porque Deus já sabe, desde a eternidade passada, quem vai e quem não vai se converter, verdadeiramente, ao Seu Filho e Único Salvador, Jesus Cristo.

“A besta que viste foi e já não é, e há de subir do abismo, e irá à perdição; e os que habitam na terra (cujos nomes não estão escritos no livro da vida, desde a fundação do mundo) se admirarão, vendo a besta que era e já não é, mas que virá.”  Apocalipse 17.8

O apóstolo Pedro, inspirado pelo Espírito Santo, escreveu o seguinte:

“Sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que por tradição recebestes dos vossos pais, Mas com o precioso sangue de Cristo, como de um cordeiro imaculado e incontaminado, O qual, na verdade, em outro tempo foi conhecido, ainda antes da fundação do mundo, mas manifestado nestes últimos tempos por amor de vós; E por ele credes em Deus, que o ressuscitou dentre os mortos, e lhe deu glória, para que a vossa fé e esperança estivessem em Deus;”  I Pedro 1.18-21

Deus sabe de todas as coisas de eternidade a eternidade. Ele já sabia, antes de criar o mundo, que o homem utilizaria o livre arbítrio em declínio a satanás… Por isto, antes de criar o mundo, já providenciou o meio de salvação para todo aquele que sabia que iria, verdadeiramente, crê (receber) no seu Filho Jesus Cristo. Assim, o derramamento do Sangue do Senhor Jesus cristo por todos os pecados de cada um de nós já havia sido planejado por Deus ainda antes da fundação do mundo; antes mesmo que o homem existisse; Antes mesmo que o Seu Filho Jesus Cristo  descesse do céu e viesse ao mundo, em carne, para morrer em uma cruz. O ponto mais alto da vitória conquistada por Deus para o homem está na ressurreição em carne e osso (Lucas 24:39) do Seu Filho, Jesus Cristo. Sim! O Senhor Jesus Cristo morreu na cruz porque quis… por seu grande amor por você e por mim. Amor Inigualável e Inexplicável mesmo!
Como cada um é dono do seu nariz (tem o livre arbítrio), escolhe o que quer e para onde ir. Muitos, mesmo afirmando terem crido no Senhor Jesus Cristo como seu Único Salvador e Senhor, dentro de si têm outras finalidades.
Deus não necessita de homem algum para nada. Todos os homens necessitam de Deus para tudo!
Deus não está de joelhos, implorando ao homem que o receba no coração. definitivamente: Não! Deus, pelas suas eternas misericórdias dá oportunidade a todos para se arrependerem  e se converterem.
Ele não pode! Ele manda (ordena) que todos, em todo lugar se arrependam! Se alguém não quer, de quem é o problema? De Deus? É Claro que NÃO!

“Mas Deus, não tendo em conta os tempos da ignorância, anuncia agora a todos os homens, e em todo o lugar, que se arrependam;”  Atos 17.30

Se alguém não quiser crer na existência do inferno eterno de fogo porque nunca o viu, um dia crerá, se quiser ou não! Muitos não criam na existência do inferno eterno de fogo, mas, agora já estão crendo porque foram para lá! Creram tarde demais! Pobres coitados enganados pelo diabo!
O Diabo não é dono nem “manda-chuva” do inferno, nem fica com um tridente espetando quem está lá. Ele é um frouxo que vai morar eternamente no inferno de fogo eterno. Sofrerá igualmente à todos que estão e estarão lá porque decidiram rejeitar a  Salvação de Graça do Senhor Jesus Cristo…

“Então dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos;”  Mateus 25.41

“Mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhäo uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo o pecado.”  I João 1.7

Só o sangue do Senhor Jesus Cristo pode purificar o pecador, verdadeiramente arrependido, de todo o pecado (I João 1:7). O mesmo Jesus ressuscitou, em carne e ossos (Lucas 24:39), ao terceiro dia da sua morte e voltará para arrebatar todo aquele que o recebeu como único caminho, única verdade, única vida eterna (João 14:6).
Sou salvo para sempre unicamente pelo Sangue do Cordeiro  e Deus (Jesus Cristo). Tenho a certeza absoluta que sou salvo apenas pela graça de Deus e vou (com certeza) morar no céu!
Se alguém quiser acreditar ou não, não mudará o fato da existência do inferno eterno de fogo. A Bíblia está cheia de textos que falam sobre o inferno eterno de fogo. Muitos que não criam, estão crendo tarde demais. Não seja um dos tais que apostaram nos “eus achos” e em doutrinas diabólicas e se arrependeram tarde demais.
Deus não leva em conta os “conhecimentos” e “habilidades” terrenas, nem trata o homem de acordo com os bens que possui, mas exige que todos, em todo lugar, se arrependam (Atos 17:30).

“E disse-lhes: Acautelai-vos e guardai-vos da avareza; porque a vida de qualquer não consiste na abundância do que possui.”  Lucas 12.15

Cada um deve reconhecer que é um pecador perdido (Romanos 3:23) e, por isto, arrepender-se dos seus pecados; crê que o Senhor Jesus Cristo pagou todos os pecados de cada um de nós com o sangue dEle (I João 1:7) porque não podemos, de forma alguma, pagar um só pecado; crê que o Senhor Jesus Cristo ressuscitou, em carne e ossos (Lucas 24:39), ao terceiro dia da sua morte e converter-se a Ele; não a uma religião, mas ao Senhor Jesus Cristo, recebendo-o como Único e Todo-Suficiente Salvador (João 14:6).
Fique, agora, a sós com Deus… Não exija nada dEle; pois, quem somos para exigirmos algo de Deus? Com toda humildade no seu coração esvazie-se de tudo o que aprendeu… Sinta que você é (o que todo homem é): PÓ! Diga a Deus que você não merece nem falar com Ele, quanto mais ouvir a sua voz. Agora, arrependido por ser mais um pecador (como todos o são), peça misericórdia a Deus e creia que o Sangue do Senhor Jesus Cristo É o Único pagamento por todos os teus pecados (I JOÃO 1:7). Não precisas ouvir som algum, mas necessitas sentir, em teu coração, que Deus está pronto a te ouvir! Creia, sem dúvida alguma, que o Senhor Jesus Cristo ressuscitou em carne e ossos (Lucas 24:39)… Romanos 10:9 e 10.
Esvazie-se deste mundo e de tudo o que te prende (amarra) a ele e sinta a sua inutilidade para salvar a sua alma… Creia, no seu coração, que Jesus Cristo é o Único (João 14:6) que pode, pela sua infinita graça, amor e misericórdias, salvar a tua pobre e perdida alma,agora!
Ore assim, não como uma reza, com coração sincero e arrependido, a Deus: Senhor Deus, eu sou um pecador perdido e por isso não posso fazer nada para pagar os meus pecados. Foi por isto que o teu Filho, Jesus Cristo, morreu na cruz: Para pagar todos os meus pecados com o sangue que derramou. Mesmo sem ter visto, pela fé, creio que o Senhor Jesus Cristo ressuscitou, ao terceiro dia da sua morte, em carne e ossos; está vivo no céu. Agora, eu abro o meu coração e te peço: Entre, agora, Senhor Jesus, no meu coração, perdoa todos os meus pecados, como perdoaste o ladrão que morreu na cruz ao teu lado; purifica-me com o teu sangue; livre-me da condenação eterna do fogo do inferno e dê-me, agora mesmo, o teu Espírito Santo para morar no meu coração para eu ter a certeza, agora, de morar no teu céu. Eu te recebo, agora, Senhor Jesus Cristo, como meu Único e TODO-SUFICIENTE Salvador e Senhor. Ó Deus! Eu te imploro, em nome do Senhor Jesus Cristo. Amém!

Autores Diversos 


5 COMENTÁRIOS

  1. Muito bem, o problema disso tudo é que vcs msm se contradizem em quando afirmam que a salvaçao é para todos(como se só dependesse de nós). Veja bem, vamos simplificar, o irmão defende que o sangue foi derramado para todos, mas o próprio diz que Deus ja sabe o nome de todos, afinal o livro ja esta selado nao é mesmo?

    Se os nomes ja estao la, e Deus sabe quem se salvará, entao como o sangue foi derramado até pelos que nao se salvarao?

    Eu acredito da seguinte forma: O Senhor Jesus derramou o seu sangue, para todos os que Nele cre e outa coisa, quando lançamos a rede, é pra apanhar os peixes, mas se lembre que com eles tambem caem na rede peixes imundos e podres, sujeiras, que sao lançadas de volta ao mar.

    Quanto o que o irmão falou sobre, para que pregar se ja estao salvos, eu vejo assim, eu nao sei quem esta salvo, eu nao sei se ate o fim da minha carreira eu estarei salvo, entao por isso eu guerdo a fé e prego a palavra, mas veja bem, eu nao sei, mas Ele sabe

  2. Eleição é a escolha feita por Deus, em Cristo, desde a eternidade, de pessoas para a vida eterna, não por qualquer mérito, mas segundo a riqueza da sua graça”. Antes da criação do mundo, Deus, no exercício de sua soberania divina e à luz de sua presciência de todas as coisas, elegeu, chamou, predestinou, justificou e glorificou aqueles que, no correr dos tempos, aceitariam livremente o dom da salvação. Ainda que baseada na soberania de Deus, essa eleição está em perfeita consonância com o livre-arbítrio de cada um e de todos os seres humanos. A salvação do crente é eterna. Os salvos perseveram em Cristo e estão guardados pelo poder de Deus. Nenhuma força ou circunstância tem poder para separar o crente do amor de Deus em Cristo Jesus. O novo nascimento, o perdão, a justificação, a adoção como filhos de Deus, a eleição e o dom do Espírito Santo asseguram aos salvos a permanência na graça da salvação”.

    Reconhecemos que existe uma tensão entre infinito e finito, entre o que está em cima e o que está embaixo. Mas, para nós batistas, a doutrina da eleição é uma síntese, que equilibra a tensão. Dessa maneira, segundo Sua graça imerecida, Deus opera a salvação em e através de Cristo, de pessoas eleitas desde a eternidade, chamadas, predestinadas, justificadas e glorificadas à luz de Sua presciência e de acordo com o livre arbítrio de cada um e de todos. [Veja os seguintes textos: I Pe 1.2; Rm. 9.22-24; I Ts 1.4; Rm. 8.28-30; Ef. 1.3-14].

    E assim a doutrina batista apresenta seus quatro pontos:
    1. Todos são eleitos.
    2. Deus opera a salvação em e através de Cristo pelo favor imerecido de sua graça.
    3. Deus é pré-ciente.
    4. De acordo com o livre-arbítrio, desde a eternidade, Deus elege, chama, predestina, justifica e glorifica.

    Nós batistas entendemos que salvação implica em regeneração, que é ato inicial em que Deus faz nascer de novo o pecador perdido. É obra do Espírito Santo, quando o pecador recebe o perdão, a justificação, a adoção de filho de Deus, a vida eterna e o dom do Espírito Santo. Neste ato de regeneração, o novo crente é batizado com o Espírito Santo e é por ele selado para o dia da redenção final, liberto do castigo eterno de seus pecados.

  3. “Essa ‘doutrina’ de Predestinação Absoluta é contrária ao ensino bíblico do livre arbítrio e oculta o Atributo da Presciência de Deus.”… Queria saber onde foi que ele encontrou livre arbítrio na Bíblia… Nem a Bíblia, nem a filosofia, nem a metafísica defendem o livre arbítrio. O livre arbítrio é uma ilusão, como já ensinava Martinho Lutero. Se ele não enxergou o livre arbítrio como ensino bíblico, como foi que você conseguiu? Qual o versículo? Não confunda responsabilidade com livre arbítrio. Não sou livre para escolher nada, mas sou responsável pelo que escolho! Se o homem é escravo do pecado, deixou de ser livre. Suas escolhas estão subordinadas à sua natureza e se Deus não intervir ninguém dirá sim à oferta da graça. Esse é o conceito do monergismo.

    No filme “De volta para o futuro” o velho Biff Tannen pega um almanaque de esportes e volta para o passado. O almanaque contém os resultados de todos os jogos de seu futuro real e ao entregar o almanaque a ele mesmo diz que tudo o que precisaria fazer para mudar o seu futuro era apostar somente nos ganhadores. Todos que assistiram ao filme sabem que ele segue a recomendação e fica muito rico.
    De acordo com os arminianos, Deus tem presciência de quem o aceitaria e resolveu predestinar somente aqueles que responderiam sim à oferta de salvação. Esse raciocínio assemelha-se à história de Biff Tannen que tinha a presciência de quem ganharia ou perderia os jogos futuros e escolheu somente apostar nos vencedores.
    Para entender o propósito da ilustração do filme e a própria pergunta, leia primeiro sem o conteúdo dos parenteses e depois com as palavras em parenteses.
    Ao escolher (eleição) apostar no time vencedor (presciência), Biff Tannen (Deus) estaria destinando antecipadamente (predestinação) o time vencedor (pecadores que diriam sim à salvação) para a condição de vitorioso (salvos)?

    Não trata-se de ocultar o ensino da presciência, mas aplicá-la num contexto que ela possa explicar o todo da coisa. Se você acompanhou bem a ilustração acima, a presciência não alterar os resultados futuros. Se Deus simplesmente olhasse para o futuro para ver quem o receberia, simplesmente, ninguém veria uma mão levantada! O homem caído não procura a Deus, sempre correrá da luz para as trevas. Não é esse o ensino de Romanos, como todo o evangelho e nos profetas? Se você entender o que significa a total depravação do homem, logo perceberá que a presciência não explica nada.

    E para terminar, “o que antes conheceu” é similar a “josé não conheceu maria”… conhecer é ter um relacionamento, amar, escolher. Todos as outras referências de presciência não tratam de eleição, mas todos os textos que tratam de eleição apresenta a vontade soberana como base.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here