Deus pode consertar

PROPAGANDA
PROPAGANDA

Recentemente meu filho estava brincando e um de seus brinquedos quebrou. Uma peça soltou! No que eu vi, fui tentar consertar, mas ele não quis. Pegou a peça e tentou encaixa-la no lugar correto. Não conseguiu! Virou, apertou, tentou colocar novamente, mas mesmo assim não conseguiu. Começou a ficar bravo (dava pra ver eu seu rostinho). Me apresentei novamente para o conserto e ele, novamente, rejeitou. Tentou novamente! Não conseguiu. Até um certo momento, onde já irritado, largou a peça e parou de brincar.

Olhando para esta cena, comecei a pensar por quantas vezes fezemos isso com Deus? Quantas vezes, ao invés de invocar sua ajuda, de pedir seu auxílio, de clamar à Deus a direção e a solução para determinados problemas, tentamos pegar a peça e tentarmos consertar o problema com nossas mãos, mesmo que não sejamos maduros ou estejamos preparados para tal serviço? Quantas vezes fazemos isso? O nosso Pai estende a mão, quer nos ajudar, mas queremos fazer de nosso jeito e com nossas forças?

Você já deve ter tido alguma oportunidade ou experiência em que você iria fazer algo muito bom, tanto para você, quanto para outros e aí aquilo que parecia certo e fácil de realizar, algo do nada dá errado. Você tenta consertar, tenta pegar aquela peça que escapou, tenta consertar e não consegue. Às vezes temos problemas fáceis de resolver, mas por pequenos detalhes que nos fogem das nossas forças faz com que não consigamos resolver. E a solução estava próxima. Apenas deviamos pedir ajuda à Deus, que estava esperando, mas com nossa força tantamos resolver em vão.

Isso é mais perigoso do que parece. Pois quando tentamos fazer isso e não obtemos exito, vem aquele sentimento de frustração. Ficamos chateados, raivosos. Perdemos a razão. Maldizemos, reclamamos de tudo. Falamos besteiras. Começamos a resmungar: ‘Por que Deus não me ajudou?’, ‘Por que Deus ficou parado enquanto eu fiz todo esse esforço?’.

E aí vem o inevitável. Aquilo que era para ser benção e fácil virá algo difícil e impossível. Não conseguimos realizar. Não temos força. E aí deixamos de lado… Nos cansamos… Entregamos os pontos! Esquecemos que nosso Pai está perto e esperando abrirmos o coração e pedir sua ajuda!

Que sejamos mais sensíveis! Que nosso eu não se sobreponha ao coração aberto e humilde perante nosso Senhor! Temos de entender que podemos muitas coisas, mas não podemos nada sem Ele! Não temos significado nenhum sem Cristo!

Deus sem nós, continua sendo Deus. E nós sem Deus não somos nada…

Quando precisar, peça ajuda a Ele, tenho certeza que Ele estará com a mão estendida à você!

Por: Danilo Zanon
Publicado originalmente no blog Cruz Vazia

PROPAGANDA
PROPAGANDA

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here