Ai de Nós se Não Pregarmos o Evangelho

0

“E ele morreu por todos, para que os que vivem não vivam mais para si mesmos, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou.” (II Cor 5.15)

Se um morreu por todos, e para que tenham vida aqueles que forem pela verdade, entre estes que estão mortos, e como este milagre de vivificação deve ser feito através da pregação do evangelho, então é dever de todos os que foram assim vivificados, não viverem mais para si mesmos, senão para o Senhor Jesus que deu sua vida por eles em Sua morte de cruz.

E este modo de viver para Ele implica em que se apliquem a resgatarem pelo Evangelho, outros que se encontram ainda mortos em delitos e pecados, tanto quanto eles haviam estado no passado.
É principalmente para este propósito de resgatar almas das garras da morte espiritual que ainda permanecem neste mundo dando testemunho da vida que há em Cristo.
Por isso o apóstolo disse: “Ai de mim se não pregar o Evangelho.”
E juntamente com ele dizemos: “Ai de nós se não o pregarmos.”

Este é o maior dever que pesa sobre nós enquanto estivermos neste mundo, porque Deus o amou de tal maneira que deu o Seu Filho Unigênito para que aqueles que nele creem não pereçam, mas tenham a vida eterna.
Se não proclamamos o Evangelho, se nada fazemos neste sentido, somos infiéis diante do Senhor, pelo descumprimento do grande dever que Ele incumbiu a todos os que nele têm crido.

Pr Silvio Dutra


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here