Home » Capa, Estudos por VC, Opinião

Porque os crentes não devem assistir novelas

Estudos Bíblicos em seu email

Receba Estudos Bíblicos em seu email gratuitamente! Insira seu email:

Gospel+ no Twitter!

ou no facebook

Porque os crentes não devem assistir novelas

Autor: Moisés Sena

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

Gostaria de apresentar nesse texto alguns argumentos pelos quais tenho dificuldades de entender como um crente ou uma crente sincera ainda assiste a novelas ou minisséries. Há, obviamente, muitas outras coisas sujas e igualmente porcas na programação da TV, mas, nesse momento, me atenho a falar dessas duas programações. Gostaria de me focar principalmente em novelas e, em particular, as da Globo, por dois motivos básicos: primeiro, porque são as que tem mais audiência, portanto as que mais entretem, distraem e porque não dizer, alienam. Segundo, porque são as que mais satirizam, debocham, esculacham e hostilizam os crentes. As novelas da Record, SBT e Band não ficam muito atrás dos mesmos níveis de prostituição, adultério, fornicação, roubo, assassinato e tantos outros pecados exibidos pela Globo. Ressaltamos, por exemplo, o primeiro beijo gay da teledramaturgia brasileira apresentado na novela Amor e Revolução do SBT. Portanto, trocar as novelas da Globo pelas da Record, SBT e Band seria apenas trocar um pecado por outro.

Gostaria de apresentar agora alguns fatos pelos quais fazemos a pergunta: “Como uma crente ou um crente sincero e verdadeiro ainda continua assentindo a novelas e minisséries?”. Segundo as minhas pesquisas, a primeira vez que a Globo debochou dos crentes foi em 1995 através da minissérie Decadência em que apresentava o pastor evangélico Mariel (Edson Celulari), um ministro superficial, espalhafatoso, ganancioso e prostituído. Após esse fato muitos outros se seguiram. Em 1998 na novela Meu Bem Querer mostrava o triângulo amoroso entre Antônio (Murilo Benício) e as duas filhas do pastor Bilac (Mauro Mendonça). Em 2005 a novela América apresentava Creusa (Juliana Paes), uma mulher apresentada como crente, casada e que gostava de usar roupas longas, mas que, na verdade, era uma adúltera e devassa. Em 2007 a novela Duas Caras mostrava Edivânia (Susana Ribeiro), uma crente fanática e descontrolada e Ezequiel (Flávio Bauraqui), um crente que vivia sendo orientado por visões que mais pareciam premunições. Em 2008 a minissérie ‘Ó Pai, Ó’ apresentou Dona Joana (Luciana Souza), crente fanática, desequilibrada e intrometida. Este ano (2012), a sátira vem em dobro: primeiro temos, na novela Cheias de Charme, a diarista Ivone (Kika Kalache), aparentemente recatada, de roupas longas e cabelo comprido, mas que vive dando em cima do marido da amiga. Em segundo, temos na novela Avenida Brasil, Soninha (Paula Burlamaqui), uma suposta crente e ex-atriz pornô, a última personificação do deboche aos crentes.
Talvez alguém possa dizer que novela é cultura ou que apresenta apenas a sociedade como ela é. Com relação ao primeiro argumento podemos dizer que os princípios da palavra de Deus não estão sujeitos a qualquer cultura e o fato de uma determinada cultura pregar algo como normal não faz dessa coisa algo normal. Para a cultura nazista alemã matar judeus inocentes era algo normal. Quem diz que a cultura é quem dita o certo e o errado são os ateus relativistas. Com relação ao segundo argumento, o de que a novela apresenta apenas a realidade social, gostaria de dizer que em relação aos crentes, as novelas tem distorcido a verdadeira realidade dos fatos. Por exemplo, quando uma novela retrata a classe rica, seus personagens vivem em mansões, andam em carros de luxo, isso é a classe rica. Para retratar os pobres, teremos personagens vivendo em favela, em casas humildes e, geralmente, com dificuldades financeira, essa é a classe pobre. Esses personagens são representativos de uma classe, de um estrato da sociedade. Se a globo representa os crentes sempre como dissimulados, fanáticos, enganadores, alienados, e hipócritas, é isso mesmo que ela quer dizer que somos e isso é, em última análise, uma imagem preconceituosa.

É evidente que existem supostos crentes, pastores corruptos, hipócritas, enganadores e com muitas outras más qualidades morais, o próprio Jesus nos advertiu sobre o joio, os lobos com pele de ovelha. No entanto, esses não representam os crentes, os salvos, os lavados e remidos pelo sangue do cordeiro. O que você acha que a Ordem dos Advogados do Brasil faria se todas as vezes que a Globo fosse representar um advogado em suas novelas fosse através de um personagem corrupto, enganador, fraudulento e desonesto? Se já apresentaram algum personagem como um advogado de mau caráter, com certeza não foram todas as vezes.

Talvez algum crente ainda tenha a desfaçatez de dizer que o perdão, o não levar em conta as ofensas é uma característica dos crentes, por isso, perdoa a Globo e continua assistindo às novelas. A esses e a todos digo que há ainda algumas implicações envolvidas ao assistirmos a uma novela que vão além de uma simples ofensa moral. Primeira, as novelas como também filmes, desenhos e outros entretenimentos televisivos tem o poder de suscitar sentimentos, obviamente bons ou maus. Por exemplo, diante de uma cena de sexo ou sensualidade você terá sentimentos eróticos; diante de uma cena de traição você sentirá ódio e por aí vai. As novelas cultivam todos os dias sentimentos e desejos de vingança, assassinado, desprezo, traição, trapaça e muitos outros nos corações das pessoas.

A segunda implicação é que quem assiste a novelas está, querendo ou não, consciente ou inconsciente, concordando com todo o mal que está sendo exibido. Se não somos obrigados a assistir, se não somos coagidos a assistir, se há desejo em assistir, há de se falar também em aceitação e concordância. Seria contraditório alguém dizer que não concorda com o que se passa nas novelas e mesmo assim assisti-las. Sei que muitos crentes nunca trairiam seus cônjuges, nunca assassinariam, nunca se entregariam à farra, mas é estranho dizer que esses mesmos crentes ao se tornarem telespectadores assíduos de novelas sentem prazer ao assistirem os mesmos pecados que reprovam e que talvez não cometeriam. Não podem dizer que não sentem prazer nas cenas de prostituição, assassinato, fornicação e farras, pois é isso mesmo que sentem. Para provar isso, faço a seguinte comparação: há muita gente no Brasil que não gosta de música clássica. Por isso, posso afirmar que não há como alguém assistir duas horas em média a programas de música clássica de segunda a sábado se não for por prazer.

Em Gálatas 5.19-21 Paulo assim nos diz: “Ora, as obras da carne são manifestas: imoralidade sexual, impureza, libertinagem, idolatria, feitiçaria, ódio, discórdia, ciúmes, ira, egoísmo, dissenções, facções, inveja, embriaguez, orgias e coisas semelhantes…” Seria o conteúdo das novelas algo muito diferente das obras destacadas aqui por Paulo? Obviamente que não! Pois é com esse conteúdo que, infelizmente, muitos cristãos tem se deleitado de segunda a sexta e, de tabela, ainda estão ajudando as emissoras a ganharem milhões de reais com as propagandas de cerveja, vodca, carros e tantos outros produtos que são anunciados entre um intervalo e outro das novelas. No final do versículo 21, do texto citado, Paulo nos adverte: “…Aqueles que praticam tais coisas não herdarão o Reino de Deus.” O que seria então daqueles que não praticam mas sentem prazer com os que praticam?

Há ainda outra implicação que não poderia deixar de fora, a influência das novelas. Não posso mensurar o grau de influência das novelas na vida das pessoas, mas posso dizer, sem medo de errar, que há influência. As novelas influenciam no jeito de se vestir, de ser, de pensar e até mesmo no jeito de falar das pessoas. Quantas expressões já foram lançadas por personagens das novelas e que hoje fazem parte do linguajar do povo do norte ao sul do país. As novelas estão pregando uma moral, um jeito de se viver a vida que não é bíblico e que leva à decadência não só do cristão, mas de toda a sociedade. Dizem que o errado é certo e que o certo é errado. O namoro se transformou em casamento e o casamento se transformou em namoro, a qualquer sinal de problema é só dizer que não dá mais. Pagar o mal com o bem é coisa muito bonitinha na teoria, mas que na prática não funciona. Se alguém lhe bater em uma das faces ofereça-lhe a outra. Face? Não! A mão direita e bem fechada.

Já dizia o diabólico Hitler: “Uma mentira dita cem vezes, torna-se verdade um dia”. As novelas repetem de segunda a sexta suas mentiras sobre pensamento e conduta. Dizem que o homossexualismo é uma escolha de cada um; que ser virgem é um mico; que namoro sem sexo não tem graça; que se você quiser fazer as coisas sempre do jeito certo vai quebrar a cara; que a moral depende do ponto de vista de cada pessoa. As novelas distorcem o padrão bíblico de conduta tornando-o ultrapassado, impróprio para nossos dias. Mas a Bíblia e a história nos dão conta de que a destruição de uma pessoa, de uma sociedade, de uma nação sempre começa pela desobediência aos princípios morais estabelecidos por Deus. Não foi essa a causa da destruição de Sodoma e Gomorra, da decadência de Israel, do Império Romano, da Grécia e de tantas outras sociedades? O mal sempre vai gerar o mal. Nunca algo bom poderá vir de algo mal. Essa lógica nunca falha. A trapaça, o engano, a prostituição, a vingança e tantos outros males pregados sutilmente como aceitáveis, em determinadas situações, pelas novelas podem até nos trazer prazeres momentâneos, mas as consequências serão desastrosas nesse mundo e no vindouro. Para sabermos disso não precisamos ler grandes livros de história, basta lermos a Bíblia e olharmos o noticiário da TV.

"As opiniões ditas pelos colunistas são de inteira e única responsabilidade dos mesmos, as mesmas não representam a opinião do Gospel+ e demais colaboradores."
Avatar de shedd1

Por



PS.: Comentários via Google+ estão logo abaixo desabilitados no momento.


Comentários via Facebook

11 comentaram, comente você também!

  1. Parabéns, belo texto! Venho aprendendo muito nos últimos tempos aqui no site, agradeço a todos os colunistas e organizadores. Sou Católico, e acredito que todos que cremos no Senhor Jesus temos muito a aprender com os textos do site!

  2. Rafael Lima, dá onde você tirou o significado de novela? Somente é uma curiosidade. Me esclarece, por favor! Obrigada.

  3. A PAZ DE CRISTO A TODOS!ESTE ESTUDO ‘E MTO IMPORTANTE,TODOS Q LEREM ESTE ARTIGO DEVERIAM SE ALIMENTAR E RECOMENDAR,ASSIM COMO UMA RECEITA Q FAZEMOS,GOSTAMOS E SAIMOS PASSANDO PARA TODOS.DEVE TER 1 ANO Q NÃO ASSISTO MAIS NOVELAS E NEM ASSISTO PRAGRAMAS DO MUNDO.S’O JORNAL E CANAIS EVANGELICOS.A MINHA CASA ‘E DO SENHOR JESUS.HOJE NÃO VIVO EU MAS CRISTO VIVE EM MIM.O MEU DEUS TEM CUIDADO DE MIM,E NÃO FICO DOENTE,SOU PECADORA MAS CORRO DO PECADO ASSIM COMO SE ESTIVESSE PARTICIPANDO DE UMA CORRIDA.POIS QUERO ALCANÇAR O MEU JESUS.ELE DISSE QUE SEM A SANTIFICAÇAO NINGUEM CHEGARA A ELE.jESUS TE AMA IRMÃO ABANDONE O MUNDO E CORRA ATRAS DELE.ELE ‘E O UNICO DIGNO DE TODA HONRA E TODA GLORIA!MUITOS SE ENGANAM ACHANDO Q A FE SALVA.A PALAVRA FE QUER DIZER OBEDIENCIA.POIS AQUELE Q OBEDECE AMA A DEUS VERDADEIRAMENTE.

  4. o Autor: Moisés Sena
    disse tudo e mais um pouco do que estavamos precisando de ouvir…estamos muito cegos e deixando que essas novelas e minisséries entrem em nossas vidas… vamos abrir os olhos, vigiar , orar e ler a biblia em vez de ficar dando audiencia para esses tipos de programações da TV e somente perdendo o nosso tempo…
    obrigada por esse texto creio que jesus estava falando comigo e vai falar com muitas pessoas tambem atraves de voces ….e tenha uma boa tarde …

  5. Infelizmente as novelas retratam os crentes como eles são em sua maioria! Bobos e alienados, a maioria não tem discernimento bíblico!

    • Querido irmão Leonardo, gostaria de recomendar a você a leitura dos seguintes textos:Mateus 7:1-5; Tiago 4:11-12 e Romanos 14:4. Creio que se você for um servo de Deus, seu Espírito Santo falará a seu coração.

      Que Deus lhe abençoe.

  6. É censurou meu comentário né? Fazer o que ditadura cristã é o que mais tem hj em dia!

  7. Quando Josué disse: Eu e a minha casa serviremos ao Senhor, é uma decisão que muitos crentes deveriam tomar. E quando tomarem esta decisão deixarão de lado esses programas e não darão mais audiência para o diabo.
    Que Deus possa abneçoar grandemente o seu povo e que Ele no ajude a darmos um bom testemunho, afim de ganharmos almas para Cristo através do estilo de vida que o Evangelho nos proporciona através de Jesus Cristo.
    “QUE SEJAMOS CRISTÃOS CONSCIENTES”!

  8. Concordo com o texto,porém vale lembrar que dentro das igrejas infelizmente tem pessoas exatamente como os que as novelas apresentam,e até piores.

  9. MUITO BOM O TEOR!É inerente que os cristãos vejam este artigo e deixem de ver (e enriquecer) a Globo, Sbt, Record e Band. SE os cristãos quiserem que o Brasil melhore, tem que começar com eles mesmos! :-)

  10. Infelizmente encontramos pessoas com escamas nos olhos, mais Deus é poderoso para tirar, que Deus venha ter misericordia de todos nós para pararmos de assistir o que hoje eu chamo de berração.

    

Sua resposta

Adicione seu comentário abaixo, ou faça trackback de seu site ou blog. Você pode também assinar esses comentários via RSS.
Seja legal. Não escreva em CAIXA ALTA. Mantenha no tópico. Limite de 3000 caracteres no comentário.

Há 5,002 comentários no Estudos Bíblicos.