“Vinde a mim” (Mateus 11.28)

0
487

O clamor da fé cristã é a palavra gentil: “Vinde”. A lei judaica dizia duramente: “Vá, tome cuidado com os teus passos no caminho em que deves andar. Quebra os mandamentos, e tu perecerás; guarda-os, e viverás”. A lei foi uma dispensação de terror, que conduzia os homens perante ela com um chicote; o Evangelho atrai com laços de amor.

Jesus é o bom Pastor que vai adiante de suas ovelhas, concitando-as a segui-lo, e sempre as conduz com doces palavras, “Vinde”. A lei repele, o Evangelho atrai. A lei mostra a distância que existe entre Deus e o homem; as pontes do evangelho atravessam o abismo terrível, e trazem o pecador através dele.

Desde o primeiro momento da sua vida espiritual até que sejam levados para a glória, a linguagem de Cristo para vocês será: ” Vinde, vinde a mim.” Assim como uma mãe aponta o dedo para o seu filhinho e o concita a andar, dizendo ” Venha”, o mesmo faz Jesus. Ele sempre estará à sua frente, lhe convidando a segui-lo como o soldado que segue o seu capitão. Ele sempre irá adiante de você para pavimentar e limpar o seu caminho, e você deve ouvir a sua voz animadora chamando-o a segui-lo por toda a sua vida; e quando chegar a hora solene da morte, suas palavras doces com as quais ele lhes conduzirá para o mundo celestial serão: “Vinde, benditos de meu Pai”.
Não, ainda mais, este não é apenas o clamor de Cristo para você, mas, se você for um crente, este é o seu clamor para Cristo: “Venha! Venha!” Você desejará a Sua segunda vinda, você dirá: ” Venha depressa, venha Senhor Jesus.” Você ficará suspirando para estar mais e mais perto da comunhão com ele. Como sua voz para você é “Venha”, sua resposta a ele será, “Vem, Senhor, e fica comigo. Venha, e ocupe sozinho o trono do meu coração; reina nele sem um rival, e consagra-me inteiramente ao teu serviço.”

Texto de autoria de Charles Haddon Spurgeon, traduzido e adaptado pelo Pr Silvio Dutra.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA