Vida Cristã

4
1804

O que significa ser cristão? Temos sido cristãos autênticos?

“E sucedeu que todo um ano se reuniram naquela igreja, e ensinaram muita gente; e em Antioquia foram os discípulos, pela primeira vez, chamados cristãos”. Atos 11:26.

As atitudes dos discípulos eram tão idênticas às do Senhor, que na cidade de Antioquia, pela primeira vez, foram chamados “cristãos” (Cristãos: Grego, “Christianós” seguidores de Cristo). Precisamos nos identificar de tal forma com aqueles ensinos e conceitos, para que façamos jus, ao mesmo título. Há igrejas, comunidades, nações e pessoas que se intitulam de “cristãos” e vivem mergulhadas em densas trevas espirituais. Vida Cristã é muito mais que fazer parte de uma igreja, ter uma credencial, unir-se a uma igreja, ou ter uma religião.

1. Vida Cristã é renuncia.
A palavra renuncia no grego é Apeipon, que significa: rejeita, e Apotassã que significa: despedir, abandonar, deixar.“Assim, pois, qualquer de vós, que não renuncia a tudo quanto tem, não pode ser meu discípulo”. Lc 14:33. Renúncia é repudiar completamente a sua natureza pecaminosa. O escritor aos hebreus diz: “… deixemos todo embaraço, e o pecado que tão de perto nos rodeia, e corramos com paciência a carreira que nos esta proposta, olhando para Jesus, autor e consumador da fé…”. Hb 12:1, 2.

2. Vida Cristã é quando deixamos transparecer em nós o imensurável amor de Jesus, o nosso supremo exemplo; quando em nossas palavras, pratica, em coerência com a palavra de Deus. “Assim brilhe a vossa luz diante dos homens, para que vendo vossas obras glorifiquem ao pai que está no céu”. MT 5:16.

3. Vida Cristã é submissão.
A palavra submissão no grego é “hupotasso” que significa sujeição, obediência. Jesus é o nosso supremo exemplo de obediência.
“… embora sendo filho, aprendeu a obediência por meio daquilo que sofreu e, tendo ele sido aperfeiçoado, veio a ser o autor da eterna salvação para todos os que lhe obedecem, tendo sido por Deus chamado sumo sacerdote, segundo a ordem de Melquisedeque”. Hb 5:7.

“De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve em Cristo Jesus, que sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus, mas a si mesmo se esvaziou, e tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens. E achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até a morte, e morte de cruz”. Fl 2:8.

Jesus Cristo era humilde e estava disposto renunciar os seus direitos para obedecer a Deus. Não existe vida Cristão sem obediência, pois a partir do momento que aceitamos o senhorio de Cristo, nos tornamos servos.
“Mas graça a Deus que, tendo sido servos do pecado, obedecestes de coração a forma de doutrina a que fostes entregues. E, libertos do pecado, fostes feitos servos da justiça. Rm 6:17, 28.

Fomos eleitos e santificados para obedecer. “Eleitos segundo a presciência de Deus Pai, em santificação do Espírito, para a obediência e aspersão do sangue de Jesus Cristo: graça, e paz vos sejam multiplicadas”. IPe 1:2.

Os cristãos são filhos da obediência. “Como filhos obediêntes, não vos conformeis com as concupiscências que antes tínheis na vossa ignorância”. I Pe 1:14. Obedecer é renuncia a própria vontade, é esvazia-se.

4. Vida Cristão é compromisso.
Quantos estão vivendo um Cristianismo superficial, egocêntrico, muito longe da realidade. Em meio a um mundo cheio de invenções, comodismo, conformismo, materialismo, egoísmo, entre outras coisas mais, para muitos fica difícil viver um compromisso verdadeiro com Deus e a sua palavra.

 

Que tipo de cristão temos sido? Temos renunciado o pecado, mundo e a nossa natureza terrena? A nossa vida esta em perfeita coerência com a palavra de Deus? Temos sido submissos? Temos vivido um cristianismo superficial, ou de compromisso com Deus? Faça um exame introspectivo neste momento da sua vida com Deus.

Em Cristo,

Pr. Marcos

4 COMENTÁRIOS

  1. Atenção Edilson Furtado! O seu sonho é o seguinte: A noiva é a Nova Jerusalém que do alto vem (que estava assentada no alto da escada), a escada é o caminho dentro da grande sala que é o grande local do povo de Deus, Jesus Cristo é o Leão da Tribo de Judá que está à base da escada e da noiva (Apocalípse 5:5). De acordo com o meu coração e o meu entendimento, essa é a sua interpretação, amém.

  2. A pior situação de um ser humano não é ele ser pobre e humilde, trabalhador sincero e honesto, sofredor na necessidade de leite e pão, sofredor na necessidade de roupas e agasalhos, sofredor na necessidade de dinheiro para comprar a casa própria; e sofredor na necessidade de dinheiro para cobrir despesas, taxas e impostos governamentais. Isso tudo é óbvio que aconteça. Mas não somente digo como afirmo que a pior situação mesmo é: Ser tudo isso que citei acima, mais ainda debaixo da injustiça dos homens; porque eu os vejo e exergo, escuto e os ouço, “cheiro o mal” deles e os percebo. Porque fazem leis pesadas com fardos pesados, que nem mesmo eles com os seus dedos as consigam tocar, quem dirá carregá-las. Fazem-se doutores na lei dos homens, não as cumprindo e devorando os que as cumprem; ignorando as leis de Deus, pisando naqueles que seguem, não somente as leis como também os caminhos desses; procurando ser moralistas, sem um só pingo de moral, sem darem glórias a Deus em tudo. Porque vivem devassos nas próprias leis, usufruindo do salário do pobre assalariado o parasitando, certamente que Deus abriu a porta do inferno a todos esses. Enquanto o trabalhador pobre e humilde trabalha oito horas ao dia em todos os dias, vezes também trabalhando nos sábados, vezes também trabalhando nos domingos, vezes também procurando “fazer bicos” a noite para dar vida melhor aos seus filhos; os injustos trabalham somente em meio expediente, nem aparecem para trabalhar e já saem na sexta feira em direção às praias, ganham salários altíssimos de campanhas eleitorais e cumprimento de eleição, salários de nomeações injustas de “cabide de emprego”, “salário de confiança”; enfim: as vezes somente “batem pontos”; e não sabem que estão sendo filmados e carimbados por Deus e já condenados ao inferno. Tais injustos vivem debaixo de privilégios, mordomias, folgas, e férias, além do que é necessário; além do que é a lei, mesmo a lei sendo lei de homens.Quando um trabalhador que é mais humilde, ou um simples coitado assalariado solicita um favor, tipo assim: – Eu preciso de quatro dias para ir ver meus pais; (ou) eu preciso de quatro dias para ir a um congresso de oração a Deus; pois estou precisando que Ele me socorra nas minhas aflições, por causa das injustiças que estou sofrendo, também para que eu não caia em tentação e fique depressivo (a) e desfaleça. Conclusão: o favor é descontado das férias, e se não paga nas férias leva falta sem piedade. Injustos vivem nos deleites desse mundo pecador, são amantes de si mesmos; com carros, casas, casas na praia, tudo com avareza e luxo; esquecendo o amor de Deus e nem se importando em lhe dar glória, pois sabem que são desonestos perante Ele, sabem que pelas suas consciências não tem parte com Deus, e vão para o inferno se não se arrependerem dos seus pecados. Falo a verdade do que “vê meu nariz”. Está escrito: – Ai daquele que tocar num só fio de cabelo de um ungido do Senhor, porque foi profetizado que sou o Atalaia (profeta), portanto sou obrigado a avisá-los, tanto ao ímpio e pecador como também ao justo que tropeça e cai (Ezequiel 3: 17-21). Assim diz o Senhor: Não admitirás falso boato, e não porás a tua mão com o ímpio, para seres testemunha falsa; não seguirás a multidão para fazeres o mal; nem numa demanda falarás, tomando parte com a maioria para torcer o direito (Êxodo 23: 1-2). Não perverterás o direito do teu pobre na sua demanda; de palavras de falsidade te afastarás, e não matarás o inocente e o justo; porque não justificarei o ímpio. Também suborno não tomarás; porque o suborno cega os que têm vista, e perverte as palavras dos justos (Êxodo23:6-8). Pois não deixarás a minha alma no inferno, nem permitirás que o teu Santo veja corrupção (Salmos 16:10). Eia, pois, agora vós, ricos, chorai e pranteai, por vossas misérias, que sobre vós hão de vir. As vossas riquezas estão apodrecidas, e as vossas vestes estão comidas de traça. O vosso ouro e a vossa prata se enferrujaram; e a sua ferrugem dará testemunho contra vós, e comerá como fogo a vossa carne. Entesourastes para os últimos dias. Eis que o jornal dos trabalhadores que ceifaram as vossas terras, e que por vós foi diminuído, clama; e os clamores dos que ceifaram entraram nos ouvidos do Senhor dos exércitos. Deliciosamente vivestes sobre a terra, e vos deleitastes; cevastes os vossos corações, como num dia de matança. Condenastes e matastes o justo; ele não vos resistiu. Assim diz o Senhor: Ai daquele que edifica a sua casa com injustiça, e os seus aposentos sem direito, que se serve do serviço do seu próximo sem remunerá-lo, e não lhe dá o salário do seu trabalho (Jeremias 22:13). Mas os teus olhos e o teu coração não atentam senão para a tua avareza, e para derramar sangue inocente, e para praticar a opressão, e a violência (Jeremias 22:17). Ai daqueles que nas suas camas intentam a iniqüidade, e maquinam o mal; à luz da alva o praticam, porque está no poder da sua mão! E cobiçam campos, e cobiçam casas, e arrebatam-nas; assim fazem violência a um homem e à sua casa, a uma pessoa e à sua herança (Miquéias 2:1-2). Eu os vejo e os percebo tudo perante os meus olhos. Portanto, assim diz o SENHOR: Eis que projeto um mal contra esta família, do qual não tirareis os vossos pescoços, e não andareis tão altivos, porque o tempo será mau. Naquele dia se levantará sobre vós um provérbio, e se lamentará pranto lastimoso, dizendo: Nós estamos inteiramente desolados; a porção do meu povo ele a troca; como me despoja! Tira os nossos campos e os reparte (Miquéias 2:3-4)! Jesus Cristo disse aos seus discípulos: É impossível que não venham escândalos, mas ai daquele por quem vierem (Lucas 17:1)! Jesus Cristo continua aconselhando, dizendo e afirmando: Todas as coisas, pois, que vos disserem que observeis, observai-as e fazei-as; mas não procedais em conformidade com as suas obras, porque dizem e não fazem (Mateus 23:3); Pois atam fardos pesados e difíceis de suportar, e os põem aos ombros dos homens; eles, porém, nem com o dedo querem movê-los (Mateus 23:4); Mas ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que fechais aos homens o reino dos céus; e nem vós entrais nem deixais entrar aos que estão entrando (Mateus 23:13); por isso sofrereis mais rigoroso juízo. Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que percorreis o mar e a terra para fazer um prosélito; e, depois de o terdes feito, o fazeis filho do inferno duas vezes mais do que vós (Mateus 23:15);Condutores cegos! que coais um mosquito e engolis um camelo (Mateus 23:24); Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que limpais o exterior do copo e do prato, mas o interior está cheio de rapina e de iniqüidade(Mateus 23:25). Fariseu cego! limpa primeiro o interior do copo e do prato, para que também o exterior fique limpo(Mateus 23:26). Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que sois semelhantes aos sepulcros caiados, que por fora realmente parecem formosos, mas interiormente estão cheios de ossos de mortos e de toda a imundícia(Mateus 23:27). Assim também vós exteriormente pareceis justos aos homens, mas interiormente estais cheios de hipocrisia e de iniqüidade (Mateus 23:28). Serpentes, raça de víboras! como escapareis da condenação do inferno (Mateus 23:33)? Portanto, eis que eu vos envio profetas, sábios e escribas; a uns deles matareis e crucificareis; e a outros deles açoitareis nas vossas sinagogas e os perseguireis de cidade em cidade (Mateus 23:34). Fiquei sabendo que um empresário que conseguiu casa de luxo na capital, casa de luxo no litoral, carros de luxo; enfim se deleitava no dinheiro. Um dia esse resolveu freqüentar uma grande igreja em São Paulo, conhecida internacionalmente (não vou citar o nome dela), “dando o dízimo do que possuía”, e também ofertas, conclusão: perdeu tudo e ficou na miséria. Então inconformado foi falar pessoalmente com o pastor e disse: Eis que freqüento essa igreja, mas ao invés de progredir mais, eu perdi e perdi tudo, o que está acontecendo? O pastor respondeu que iria orar e entrar em contato com Deus para obter uma resposta verdadeira a respeito do “suposto fiel servo” de Deus. Quando então o indivíduo foi novamente ter com o pastor, o mesmo o chamou para uma conversa em particular e disse: O teu dinheiro e tudo o que possuías era fruto de corrupção! – Quero que me confirmes sim ou não? Porque Deus tudo vê e tudo sabe. O ex empresário confirmou que era mesmo fruto de corrupção e roubo; visto que não podia mais esconder; o pastor por vez então o aconselhou a se arrepender, porque Deus não é brincadeira e não se deixa escarnecer, e muito menos com dinheiro indevido que é fruto de roubo e corrupção. Para conseguires novamente ser empresário, terá que devolver quadruplicado tudo o que de teu próximo tiraste. Eu senti em meu coração a pergunta e resposta de Jesus Cristo para aquele que sofre muito debaixo de falsos, injustos e corruptos. – És tu falso? – Não?! Então não entres na questão e conselho dos falsos, evites o caminho dos falsos, e tomes cuidado para não te assentar na roda deles! És tu injusto? – Não?! – Então não entres na questão e conselho dos injustos, evites o caminho dos injustos, e tomes cuidado para não te assentar na roda deles! – És tu corrupto? Não?! – Então não entres na questão e conselho dos corruptos, evites o caminho dos corruptos, e tomes cuidado para não te assentar na roda deles! – Porque todos esses se espalharão e não subsistirão, e não herdarão a vida eterna! Porque também o caminho desses perecerá! O LIVRO CONTINUARÁ…….

DEIXE UMA RESPOSTA