Um Refrigério Em Pleno Sol Escaldante

0

Torre forte é o nome do Senhor; para ela correrá o justo, e estará em alto retiro. Provérbios 18:10.

Você já saiu para fazer determinada coisa debaixo de sol bem quente?
Como é difícil caminhar sentindo o calor do sol a arder sobre a pele; incomoda e angustia.
É difícil após o almoço, andar, absorvendo os raios solar, e muito mais difícil é, estar sentindo fome, e ter que correr sob sol escaldante. Quem já passou por isso entende o que é viver debaixo de uma temperatura que causa desconforto.
Tem dias que o Sol fica tão quente que se olhamos para uma estrada, ela parece até esta molhada de tão intenso que é o calor, ou então, causa-nos a impressão que a atmosfera fica tremula de tão quente que fica o asfalto, será capaz de queimar a planta dos nossos pés se pisarmos descalços e provocar fortes dores de cabeça.

Lembro-me quando comecei a seguir no evangelho, aos domingos, saíamos em uma equipe para evangelizar, isto era as 14h00min. Pelo horário da manhã, nos encontrávamos na aula dominical, após, íamos rápido para almoçar e voltávamos; Confesso, era preciso determinação e esforço da nossa parte, pois, havia lugares em que íamos, com bastantes ladeiras, lugares de difícil acesso, e no verão era uma maravilha, o sol ardia sobre nossa cabeça, porém, tudo era festa para nós, tínhamos contentamento no que fazíamos, a alegria contagiava-nos, pois, existia uma necessidade em nosso coração em falar para outras pessoas das mudança que Jesus havia provocado em nossa vida.

Havia anseio em nós para demonstrar aos que estava distante, que era preciso achegar-se para Deus, mostrar para aqueles que estavam sofrendo que ainda havia esperança para eles. Era uma felicidade tamanha para nós, quando alguém levantava sua mão e confessava o nome de Jesus como Senhor em sua vida, então, a recompensa pela nossa disponibilidade era a presença de Deus que sentíamos, isto, superava todo o nosso esforço, valia apenas o nosso empenho.
Mesmo assim, havia dia em que ficamos disputando uma sombra por menor que ela fosse, qualquer arvore durante nosso trajeto, era querida. Lembro-me quando saíamos por estrada de cascalho, a poeira cobriam nosso calçados; quando avistávamos uma arvore, corríamos, sorrindo, como desesperados para ficar debaixo da sombra; ficávamos ali, até a chegada dos mais velhos que estava conosco; qualquer folhagem que pudesse amenizar os raios do sol sobre nossa cabeça, era bem vinda.

Porque estou falando sobre isto? Porque, para sairmos em pleno meio dia, debaixo de sol ardente, andando, para fazer alguma coisa, tem que ser por motivação forte tanto quanto a temperatura solar.
Pois, o calor excessivo, afugenta a alma, incomoda a caminhada, deixando-nos, enfadonhos, indispostos, preguiçosos, sedentos, sem motivação para continuar.

Não é diferente na trajetória individual da vida, em nosso dia a dia, tem época que, o nosso viver fica igual o ardor do Sol ao meio dia, angustiante; são tantos problemas, tanta fadiga, que causa desanimo para continuar, tem momento que a vida parece vira de cabeça para baixo, cansa-nos só em olhamos para a situação, nossos neurônios são capazes de solicitar que venhamos parar quando percebermos que teremos que enfrentar tantos impedimentos. O percurso parece ficar mais difícil ainda, sentimos fadiga na alma, a vontade é desistir, surge um desgaste intenso com desanimo.
Surgirão momentos que será requerido de nós, determinação, coragem, força de vontade se quisermos continuar, se almejarmos vencer tantos fatores desfavoráveis, pois, motivos demais, estarão em nossa frente para tentar nos impedir de prosseguir, surgirão muitos obstáculos, tudo irá parecer mais difícil do que realmente é. Todos os dias do aflito são maus, mas o de coração alegre tem um banquete contínuo. Provérbios 15:15.

O que irá nós dá forças para prosseguir é a motivação dos nossos sonhos, o desejo que carregamos dentro de nós, a razão pela qual nos colocamos sobre os nossos pés, aquilo que nos faz refletir e sentir que vale apenas viver.

Ainda que tudo seja muito complicado, e a caminhada se torne árdua, a essência da vida, Deus, precisa está dentro de nós, Ele nos dará a certeza que vale apenas atravessar este chão quente do mundo; mesmo que, sentindo na pele queimadura solar. É preciso ser mais forte do que se é, buscar forças no profundo do nosso existir, acreditar que toda a situação pode mudar, que dias melhores surgirão, que a alegria que vem de Deus rasgara nossa entranhas e brotará dentro de nós; não desistir de viver é fundamental, porque a vida é um dom de Deus, um presente oriundo dos céus; Isto, certamente será o suficiente para nos levar a ultrapassar as mais densas barreiras improvisadas pelas circunstâncias no percurso, viver.

A presença de Deus em nossa vida é imprescindível para todas as ocasiões, ela será como uma brisa suave em meio ao calor, um oásis em pleno deserto, será como gotas de sereno na terra ressequida, o ancoradouro seguro contra toda a tempestade, um refrigério em pleno sol escaldante. De tudo o que se tem ouvido, o fim é: Temer a Deus, e guarda os seus mandamentos; porque este é o dever de todo o homem. Eclesiastes 12:13.
A fadiga esta demais em tua alma? A tristeza tem se tornado tua companheira, as lágrimas é a única coisa que ainda te resta, tua força acabou, parece que tudo não tem mais jeito? Não temas, não olhe para trás, prossiga, Deus vai mudar a tua historia, a tua vitoria virá. Acredite Nisto!

Deus abençoe a todos!

Pra. Elza Carvalho


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here