Seguindo o chamado de Deus até o FIM

0

Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito. (Rm 8:28).

Muitos são chamados, mas poucos os escolhidos (Mt 22:14).

Muitas vezes queremos seguir Jesus, mas queremos seguir do nosso jeito. Uma vez um jovem rico se achegou a Jesus e o adorou, mas quando confrontado com a palavra do Senhor, retrocedeu. (Mc 10:17). Também diz que muitos que andavam com Ele retrocederam quando disse que era o pão que havia descido do céu (Jo 6 :35-66).

“Ninguém que tendo posto a mão no arado e olha para trás é apto para o Reino de Deus”. (Lc 9:62)

O Senhor não faz acepção de pessoas, mas sabe que existem algumas condições para aqueles que querem seguir com Ele. Entre essas condições estão:

Abnegação: Abnegar significa renunciar, deixar algo. O Senhor diz que aquele que não deixar pai e mãe e tomar “sua cruz” não é digno. Jesus não disse que devemos esquecer nossa família ou abandoná-los, mas que devemos ouvir e seguir a Deus, independente de familiares, amigos e etc. Quando Jesus carregou a cruz do pecado da humanidade, onde estavam aqueles que lhe eram mais próximos, onde estavam seus discípulos e seguidores.
É muito fácil crer em Deus e seguir Jesus quando não existe perseguição, dores e sofrimentos. É fácil seguir também quando não somos confrontados com nossos pecados de “estimação”, quando não somos disciplinados pelos nossos atos, nem quando abdicamos daquilo que temos como “segurança” em nossa vida. O jovem rico não quis abdicar de sua riqueza. E muitos não querem abdicar de hábitos e dos cuidados do mundo que tem. Jesus estava dizendo: “Se alguém vem a mim e não ama menos aos que lhe cercam, não pode ser seu discípulo (Lc 14:26).
Jesus disse que ninguém poderá vir ate ele, se o pelo Pai não lhe for concedido e que não fomos nós que escolhemos a Ele, mas que Ele nos escolheu. (Jo 6:65, 15:16).

Porquanto aos que de antemão conheceu, também os escolheu para serem conforme a imagem de seu Filho, a fim de seja o primeiro entre muitos irmãos. E aos que escolheu, a esse também chamou, a esses também justificou, e aos que justificou, a esses também glorificou. (Rm 8:28-30).

Isso não quer dizer que o Senhor seleciona alguns e exclui outros, pois o Senhor não faz acepção de pessoas, mas que busca alguém que possa dar fruto nesta Terra. Diz o Senhor: Eu vos escolhi a vós outros para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça, a fim de que tudo quando pedirdes ao Pai em meu nome, Ele vo-lo conceda (Jo 15:16). Portanto, vos digo que o Reino de Deus vos será tirado e será entregue a um povo que lhe produza os respectivos frutos. Para dar fruto a pessoa necessita ser podada pelo Senhor, ou seja, querem ser transformada por Deus.

Querer ser transformado pelo Senhor: Todos que foram chamados por Deus, reconheceram suas limitações. Moisés reconheceu sua falta de dicção e liderança, Isaias reconheceu que era um homem de lábios impuros no meio de uma geração impura, Jeremias se achou uma criança, Gideão achava-se pobre e etc.. Enfim, cada homem chamado pelo Senhor não se achou digno ao chamado, mas quiseram ser transformados. A questão de ser digno, não está relacionado a “estar pronto”, mas estar “disposto” a ser transformado por Deus. Muitos se sentiram incapazes de seguir, ma entenderam que aquele que chama é o mesmo que transforma, e o mesmo que transforma, é o mesmo que santifica. Ele nos conheceu e nos escolheu antes da fundação do mundo (Ef 1:4).

O que fomos chamados?

Chamados para nos arrepender: O primeiro passo para seguir o chamado de Deus ,começa pelo arrependimento. Entendermos nossa real condição é preciso para que possamos seguir Jesus. (Mt 3:2, AT 2:37-38). Somos chamados ao arrependimento e através do arrependimento genuíno é que somos transformados. João Batista dizia: Produzi pois frutos digno de arrependimento.(Mt 3:8).

Chamados para adorar a Deus: Jesus disse que somos chamados para temer e a adorar a Deus: Temei a Deus e dai-lhe glória, pois é chegada a hora do seu juízo, e adorai aquele que fez o céu, a terra, o ar e as fontes das águas. (Ap 14:7 )
Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem.
Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade. (Jo 4:23-24).

Chamado para ser íntimos: “Já vos não chamarei servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor; mas tenho-vos chamado amigos, porque tudo quanto ouvi de meu Pai vos tenho feito conhecer”. (Jo 15:15) Através de uma vida de oração e leitura da palavra nos aproximamos mais de Jesus e nos distanciamos do mundo. Só assim conseguiremos frutificar em Deus

Chamados para frutificar: “Não me escolhestes vós a mim, mas eu vos escolhi a vós, e vos nomeei, para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo quanto em meu nome pedirdes ao Pai ele vo-lo conceda.” (Jo 15:16) Jesus disse: Pelo fruto conhecereis … (Mt 7:16,20,Mt 12:33). Mas diz toda árvore boa, produz bons frutos.
Não basta produzir frutos, mas bons frutos…

Chamados para ser santos: Paulo em sua carta aos coríntios declara a Igreja que está em Corinto, aos santificados em Cristo Jesus, chamados para ser santos. Sem santificação ninguém verá a Deus. (Hb 12:14). Muitos querem ver a Deus, mas continuam com suas vidas profanas. Vão a cultos, mas não são transformados. Somente aqueles que têm lavado suas vestes no sangue do Cordeiro é que serão santificados.

Então meu amigo, não perca tempo… siga em frente naquilo que o Senhor vos chamou.

Prepara-se !! Lavem suas vestes !!!

Deus ainda está chamando e o amor pelos seus escolhidos é tão grande que no Dia do Juízo Deus enviará os seus anjos para reunir os seus escolhidos dos quatro cantos da terra, de uma a outra extremidade dos céus (Mateus 24. 31). Mas sé estará com Ele aquele que tiver veste limpa.

Certa vez o Senhor falou sobre a parábola das bodas e disse: O Rei celebrou as bodas de seu filho. Enviou seus servos a chamar os convidados, mas estes não quiseram vir. Chamou outros para convidar, dizendo:”está pronto, está consumado”,vinde para as bodas, mas não quiseram ir, indo segundo os seus negócios, sendo que alguns de seus servos foram maltratados e mortos.
O Rei se indignou e enviou suas tropas, exterminou aqueles assassinos.
Então disse: Está pronta a festa, mas os convidados não eram dignos…e indo por caminhos e encruzilhadas, reuniram todos os que encontraram maus e bons e a sala do banquete ficou cheia.
Entrando, porém a mesa notou ali um homem que não trazia veste nupcial e este foi lançado para fora, nas trevas. (Mt 22:1-14).

Amados, assim como a parábola, Deus tem chamados a muito para a festa de seu Filho, mas muitos não ouvem e retrocedem e voltam para sua vida medíocre, mesmo sabendo que tudo foi consumado há 2008 anos. O diferencial de aquele a quem DEUS chamar estará nas vestes.

Apocalipse 7:14 diz que os glorificados são os que lavaram suas vestes no sangue do cordeiro
Só entrarão na cidade pelas portas, aqueles que lavaram as suas vestes no sangue do Cordeiro: “Bem-aventurados aqueles que lavam as suas vestes no sangue do Cordeiro para que tenham direito à árvore da vida, e possa entrar na cidade pelas portas” Apocalipse 22.14


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here