Porque Devemos nos Gloriar Somente em Cristo

2

Qual é o grau de excelência em santificação que nos habilita a viver de modo agradável a Deus?
Se existe este grau, certamente ele é todo relacionado com a nossa completa sujeição a Jesus Cristo, e à negação do nosso ego.

Nada jamais existirá de nós mesmos que não esteja sujeito à condenação. Na nossa própria carne não habita bem algum.

Tudo o que temos de aprovado temos dEle recebido, e podemos perder em um só instante caso Ele deixe de nos suprir com a Sua graça.

Um novo convertido pode suportar ofensas com amor e paciência, caso esteja sendo assistido com a graça do Senhor.

Um crente amadurecido e santificado pode vir a falhar no amor de modo contundente, caso deixe de confiar em algum momento na sua dependência total da graça de Jesus, e confie em si mesmo.
Sem o Senhor nada podemos fazer, como Ele próprio afirma nas Escrituras.

Deus ama a todos os Seus filhos, independentemente do grau de santificação que tenham atingido.
O que é experiente em santificação nada tem para se gloriar em si mesmo, porque além de tê-la recebido do Senhor, depende dEle para mantê-la, e este grau por maior que seja é mínimo, comparado com aquela santidade perfeita e gloriosa que teremos no céu.

Assim, o Senhor estará satisfeito não por termos atingido um determinado grau de santidade, mas por buscarmos sinceramente aumentá-lo mais e mais, independentemente do grau em nos encontremos.

“o justo continue na prática da justiça, e o santo continue a santificar-se.” (Apo 22.11b)


2 COMENTÁRIOS

    • Isaías 55.7 – Deixe o ímpio o seu caminho, e o homem maligno os seus pensamentos, e se converta ao SENHOR, que se compadecerá dele; torne para o nosso Deus, porque grandioso é em perdoar.
      Caro internauta, onde está sua dúvida nessa passagem? No meu entender está muito clara e para ser filho de Deus é preciso haver uma CONVERSÃO como o texto que vc sitou afirma (Deixe o ímpio o seu caminho que nesse caso está distante, separado, seguindo outra forma de viver diferente daquela que o Senhor oferece para ele. Quanto aqueles que tem pensamentos pervertidos, que maquina algo contra alguém, que em pensamento também pecamos e não agradamos ao Senhor, ou seja, pecamos não só na prática mas também em pensamento).
      Contudo não ha duvida quanto ao assunto acima e este texto reforça a aplicação no estudo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here