O Verdadeiro Propósito da Vida – Sexto Dia

0

VIDA ESPONTÂNEA

“Na mente, lhes imprimirei as minhas leis, também no coração lhas inscreverei; eu serei o seu Deus, e eles serão o meu povo.” (Jeremias 31.33)

A vida cristã mais elevada é vital, não é mecânica. A casa foi construída sob princípios mecânicos, adicionando-se seção a seção
A árvore é construída sob princípios vitais, acrescentando camada sobre camada em seu interior. A vida espiritual é vital, surgindo de uma fonte e vestindo-se com uma expressão adequada, manifestando-se e fruindo. Sob a lei dos homens se tenta construir uma justiça baseada em esforço e trabalho externo.
O fruto espiritual cresce espontaneamente de uma raiz vital e de uma árvore viva.
O cristão não precisa tentar produzir o fruto, bem como ter a vida mais abundantemente. Porquanto o Mestre tem dito: “Quem permanece em Mim e Eu nele esse dá muito fruto.” Deus não está tanto em busca de que façamos mais para Ele, senão que tiremos mais dEle, de Sua própria vida, e assim, daremos de volta a Ele novamente aquilo que é propriamente Seu.

O profeta Jeremias antecipou este novo método de justiça pela sua gloriosa visão da nova aliança que Deus faria com o Seu povo na dispensação do Novo Testamento. Ele declara: ‘Porei a minha lei na sua mente, e a escreverei no seu coração.”
Ele cria em nós um novo e espontâneo princípio da justiça, que é a sua própria justiça, que é Jesus Cristo, e manifesta a sua própria natureza em justiça, santidade e amor.
O princípio da obediência cristã não é que fazemos porque devemos fazer, mas porque nós amamos. Esta é a força automática que Deus usa até mesmo no mundo natural para realizar as mais extraordinária transformações. Qual é a explicação para o trabalho paciente do homem dia após dia, ano após ano, gastando sua vida em sua tarefa monótona e desgastante na fábrica ou no seu próprio negócio? É o pensamento na esposa e nos filhos, cujos amorosos bem-vindo à noite e cujo bem-estar e felicidade são a sua recompensa. Deus mantém o mundo unido, com todos esses corações incontáveis e lares, por essas forças espontâneas de amor humano.

Quão frequentemente temos visto alguma moça egoísta sendo transformada de repente numa paciente, e laboriosa esposa e mãe feliz, disposta a passar a noite em cansativo e extremo trabalho e sacrifício por sua pequena família, e não pedindo nenhuma outra recompensa senão a da sua felicidade e afeição.
Então Deus, no maior reino da graça põe nos corações humanos o segredo de um grande amor, e isso transforma o egoísmo em sacrifício e a sordidez em serviço.

Então, há o alívio infinito do desfrute positivo deste elevado princípio superior de vida. Não temos que estar pensando continuamente nas coisas que não deveríamos fazer, mas nos manter ocupados com Cristo e a luz irá nos guardar da escuridão e a boa vontade vencerá o mal.

É contada a história de um capitão de um rio que se dedicava ao ofício de transporte em Nova Orleans.
Foi-lhe perguntado se ele poderia conduzir um barco no Mississipi e Ohio. Ele disse que poderia. Foi-lhe então, perguntado se ele sabia onde estavam todos os perigos destes rios, de modo que seria capaz de evitá-los. Com um brilho em seu olhar ele respondeu: “Eu sei onde estão os perigos e é entre eles que eu espero demonstrar a minha habilidade para navegar.” É suficiente para nós conhecer o canal e manter o nosso curso lá .
É suficiente caminhar na estrada do Rei e ignorar os perigos que se encontram de cada lado da estrada.
A verdadeira vida espiritual é um assunto muito simples e há infinito conforto e ajuda suficiente para o viajante, ainda que seja um tolo caminhando nela.
Já temos aprendido o segredo, e passo a passo, e dia a dia estamos vivendo isto de acordo com esta Sua própria palavra simples: “Como recebestes a Cristo Jesus, o Senhor, assim andai nele”?

É tão doce caminhar com Jesus,
Passo a passo e dia após dia;
Pisando em suas próprias pegadas,
Caminhando com Ele por todo o caminho.

Texto de A. B. Simpson, traduzido e adaptado por Silvio Dutra.


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here