Definindo Discernimento

0

I Tessalonicenses 5:21-22; 1 João 4:1; 2 Pedro 1:3; 2 Pedro 1:4

O discernimento bíblico em sua definição mais simples, nada mais é do que a capacidade de decidir entre a verdade e o erro, o certo e o errado. O discernimento é o processo de fazer distinções cuidadosas em nosso pensamento sobre a verdade. Em outras palavras, a capacidade de pensar com discernimento, é sinônimo de uma capacidade de pensar biblicamente.

Primeiro Tessalonicenses 5:21-22 ensina que é responsabilidade de cada cristão ter maior discernimento: “Mas examine tudo cuidadosamente, retende o que é bom, abstendo-se de toda forma de mal.” O apóstolo João emite um aviso semelhante quando diz: “Não creiais a todo espírito, mas provai os espíritos para ver se eles procedem de Deus, porque muitos falsos profetas têm saído pelo mundo” (1 João 4:1). De acordo com o Novo Testamento, o discernimento não é opcional para o crente, ele é necessário.

A chave para viver uma vida não comprometida encontra-se em sua capacidade de exercitar o discernimento em todas as áreas de sua vida. Por exemplo, a incapacidade de distinguir entre a verdade e o erro deixa o cristão sujeito a todos os tipos de falsos ensinamentos. O ensino falso, em seguida, leva a uma mentalidade anti-bíblica, da qual resulta em um viver infrutífero e desobediente – uma receita certa para concessões.

Infelizmente, o discernimento é uma área onde a maioria dos cristãos tropeça. Eles apresentam pouca capacidade de medir as coisas que são ensinadas em relação ao padrão infalível da Palavra de Deus, e eles se envolvem sem querer em todos os tipos de ações e comportamentos antibíblicos. Em resumo, eles não estão equipados para tomar uma posição decididamente bíblica contra o ataque de pensamentos e atitudes antibíblicos que eles enfrentam diariamente.

O discernimento permeia a vida cristã em cada ponto. E a Palavra de Deus nos dá o discernimento necessário sobre todas as questões da vida. De acordo com Pedro, Deus “nos tem dado todas as coisas que conduzem à vida e à piedade, pelo verdadeiro conhecimento daquele que nos chamou para a sua própria glória e virtude” (2 Pedro 1:3). Você vê que isto é através do “verdadeiro conhecimento de Deus,” que nos foi dado tudo o que precisamos para viver uma vida cristã neste mundo caído. E como mais teremos o verdadeiro conhecimento de Deus, senão através das páginas de Sua Palavra, a Bíblia? De fato, Pedro continua a dizer que tal conhecimento vem através da concessão de Deus “das Suas preciosas e magníficas promessas para nós” (2 Pedro 1:4).

O Discernimento – a capacidade de pensar biblicamente sobre todas as áreas da vida – é indispensável para uma vida sem comprometimento. Cabe o cristão se apoderar do discernimento que Deus tem provido na sua precioso verdade! Sem ele, os cristãos correm o risco de serem “agitados de um lado para outro e levados ao redor por todo vento de doutrina,” (Efésios 4:14).

Texto de John MacArthur, traduzido pelo Pr Silvio Dutra.


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here