De Escravos do Pecado a Filhos de Deus

0

“Porque não recebestes o espírito de escravidão, para outra vez estardes com temor, mas recebestes o espírito de adoção, pelo qual clamamos: Aba, Pai!” – Romanos 8:15

“Expurgai o fermento velho, para que sejais massa nova, assim como sois sem fermento. Porque Cristo, nossa páscoa, já foi sacrificado.” – I Coríntios 5:7

Todos os seres humanos nascem como escravos e inimigos: escravos do pecado, servos do mundo e inimigos de Deus. Sendo servos de um senhor tão horrível, vivíamos em temor e terror, praticávamos toda sorte de injustiças e éramos dignos de morte. Mesmo, às vezes, refletindo sobre nossas atitudes e percebendo quão cruéis eram, ainda assim, em pouco tempo, esquecíamos de tudo isso e voltávamos a praticar as mesmas coisas. Não podíamos praticar o bem, mesmo se desejássemos fazê-lo, pois como escravos, estávamos continuamente debaixo do jugo dessa servidão.

Foi nessa condição terrível que o Senhor Jesus nos viu e, pelo seu muito amor, fez-se homem para retirar o jugo do pecado de sobre nós! Livrou-nos do espírito de escravidão e nos concedeu o Espírito de Adoção, o Espírito Santo da Promessa, para sermos fortalecidos e ensinados em toda justiça, piedade e verdade. Quebrou as cadeias e correntes que nos prendiam nas trevas, desfazendo todas estas coisas pelo seu sangue, chamando-nos para sermos novas criaturas. Reflitam por um instante no benefício que nos foi concedido por Jesus Cristo:

– De mortos nos reviveu juntamente com Ele (“Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus nosso Senhor” – Romanos 6:23);

– De amigos do mundo nos fez amigos de Deus (“Já não vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor; mas chamei-vos amigos, porque tudo quanto ouvi de meu Pai vos dei a conhecer.” João 15:15);

– De escravos do pecado nos fez filhos de Deus (“Porque não recebestes o espírito de escravidão, para outra vez estardes com temor, mas recebestes o espírito de adoção, pelo qual clamamos: Aba, Pai!” Romanos 8:15).

Diante de tantas maravilhas realizadas em nosso favor por Deus, livrando-nos do nosso cativeiro, tenhamos cada dia novidade de vida! Expurguemos o fermento velho! Lancemos fora todo costume e manias da nossa antiga escravidão, rasguemos de vez nossas vestes antigas e vistamos as novas que resplandecem pelo poder de Deus. Em Cristo somos feitos novas criaturas: “Pelo que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo.” II Coríntios 5:17.

Não nos coloquemos novamente debaixo do jugo da escravidão do pecado, mas façamos cada dia morrer a nossa natureza: “Fazei, pois, morrer a vossa natureza terrena: prostituição, impureza, paixão lasciva, desejo maligno e a avareza, que é idolatria”. – Colossenses 3:5.

Lembremos que a nossa liberdade custou muito caro, mas houve Alguém que avaliou esse preço e o achou satisfatório. Por isso abracemos de todo coração esta graça que é derramada sobre todos nós.

Que Deus os abençoe em Nome de Jesus Cristo!

Ler mais: http://vozdapalavra.webnode.com.br/news/de-escravos-do-pecado-a-filhos-de-deus/


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here