Destaque

Arrebatamento, após a ressurreição dos mortos, ao final da tribulação

Previous Article
Sobre o Orgulho – Parte 2
Comments (2)
  1. MANOEL BASTOS RIBEIRO disse:

    Vai dizer aos nossos irmãos que sofrem perseguições pelo mundo afora porque servem ao nosso Deus. Morrem queimados, afogados, decapitado, apedrejados, espancado, filhos e país mortos um na frente do outro por não negar Jesus. Agora me diz que isso não é TRIBULAÇÃO. O tempo para Deus não é igual ao nosso os APOSTOLOS e até mesmo JESUS foram perseguidos , veja como eles morreram, A vinda de Jesus pode ser hoje para mim ou você, A vinda de Jesus é o arrebatamento é um evento só, quem ficar já está condenado não tem terceira vinda nem chance nenhuma. É num piscar de olhos não substime as coisas espirituais nós não conhecemos nada sobre o poder de Deus.

  2. Graça e paz!
    Vou citar aqui, alguns erros do estudo escatológico dispensacionalista:
    Os Pré ensinam que: A grande tribulação será uma série de eventos que acontecerá na Terra após o arrebatamento da igreja. (???).

    JAIME E JÚLIO: Um grande perigo esta colocação, principalmente porque ela se baseia numa simples “teoria, a Pré-tribulacionista”. Aliás, este pensamento foi (será) a causa da ruína das cinco virgens néscias, que com isso, não levaram a reserva do azeite, acreditando que seriam arrebatadas antes da meia noite (Gr. Tribulação); quando na verdade, o Senhor somente veio (virá) depois da meia noite, ou seja: Da aflição daqueles dias – Mat. 24:29-30; depois de três dos quatro períodos tribulacionais (Princípio de dores. Mat. 24:7-8 – manifestação da 1ª besta. Mat. 24:9 a 14 e da manifestação do Anticristo. Mat. 24:15 a 26.

    Os Pré ensinam: A grande tribulação será um período de 7 anos dividida em 2 etapas de 3.5 anos: (???).

    JAIME E JÚLIO: Onde nas Escrituras que a Grande Tribulação será somente um tempo de sete anos (última semana de Daniel)? Pelo contrário, ela irá muito além disso!!! Aliás, os Pré, apenas perpetuou os mesmos erros dispensacionalistas, pois, ainda não aprenderam a somar as datas reveladas em Daniel e no Apocalipse.

    DATAS ESCATOLÓGICAS:
    Primeiro período tribulacional: Princípio de dores – tempo ainda oculto.

    Segundo período tribulacional: Tempo revelado: 42 meses – 1.260 dias do período da 1ª besta (primeira metade da última semana). Apoc. 13:5. Tratado de paz com Israel (Isa. 28:15) – perseguição mundial à Igreja (Mat. 24:9 a 13 – Apoc. 13:7)

    Terceiro período tribulacional : Tempo revelado: 1.290 dias do período do anticristo (a segunda metade da última semana) Dan. 12:11. Rompimento da aliança (Dan. 9:27) – Angústia de Jacó p/ Israel (Jer. 30:7) – Igreja levada e protegida no deserto (Apoc. 12:6 e 14).

    Quarto período tribulacional : A vinda de Jesus – o Grande Dia do Senhor.
    Tempo revelado: 2.300 tardes e manhãs (seis anos três mês e vinte e dias), de Ira do Cordeiro, entre a Vinda de Jesus à Batalha do Armagedom em Megido.
    Detalhe: A quinta trombeta: A única trombeta de praga com tempo literalmente revelado: Cinco meses (Apoc. 9:5). Período este já contido no tempo das 2.300 tardes e manhãs.

    Conforme vimos, até aqui temos um tempo tribulacional revelado aproximado de 13 anos e sete meses, chegando à soma total de 21 anos, considerando os demais tempos da G.T. ainda não revelados:
    -O tempo oculto do Princípio de Dores (?). Mat. 24:7-8.
    – O tempo oculto das seis trombetas das pragas (?). Apoc. 8.
    – O tempo oculto das vozes dos sete trovões (?). Apoc. 10:3-4.
    – O tempo oculto das sete taças da Ira de Deus (?). Apoc. 15.
    -E O tempo oculto da duração da Batalha do Armagedom (?) Apoc. 19:11 a 21.

    Portanto amigos Pré, deu pra ver facilmente que a tua teologia está bastante desinformada a respeito do tempo total da Grande tribulação. Aliás, tanto Daniel, quanto o Senhor Jesus em Mateus 24, ambos colocaram a última semana de Daniel, apenas como dois, dentre quatro períodos de toda a G.T. sendo que Daniel, mencionou o quarto período, o da vinda da Pedra – Jesus, esmiçando a estátua (o grande Dia do Senhor). Já Jesus, não mencionou no capitulo 24, este mesmo período, o da sua pós-vinda, o Grande dia do Senhor, a Ira do Cordeiro.

    Solicite gratuitamente nossos estudo escatológico, a Grande tribulação parte 1 e 2 + os 10 gráficos do Apocalipse, que anuncia a sequência e a cronologia perfeita da Grande tribulação, vinda de Jesus e o arrebatamento da Igreja (exceto o dia, a hora e o momento da vinda do Senhor) através do nosso E-mail: Jaime.ap@hotmail.com

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

O Estudos Gospel+ é um espaço onde se coloca estudos bíblicos, voltado ao público cristão.

Aproveite o conteúdo e compartilhe o conhecimento através das redes sociais.