Amparo

1

Como lemos no Salmo 46.1 Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia.
Temos de fato nele um forte amparo e suporte para nos sustentar na nossa inerente fraqueza.
De nós mesmos somos fracos para vencer o pecado, os ataques do diabo, e suportar oposições sobretudo de caráter espiritual.

Mas precisamos aprender como desfrutar o amparo do Senhor, de modo que possamos falar juntamente com o salmista:

“Surpreenderam-me eles no dia da minha calamidade, mas o Senhor foi o meu amparo.” (Salmo 18.18)
Davi sempre dizia que podia contar com o amparo do Senhor porque ele guardava os seus mandamentos.

Vemos assim, que o melhor aconselhamento que se pode dar a alguém que se acha enfraquecido e caído em sua vida espiritual, para achar o apoio e fortaleza de Deus, é instruir tal pessoa com mansidão a guardar a Palavra do Senhor, conforme a indicação do apóstolo:

“corrigindo com mansidão os que resistem, na esperança de que Deus lhes conceda o arrependimento para conhecerem plenamente a verdade,” (II Timóteo 2.25).

Esta é a forma de amparar os fracos, conforme ordenado em I Tessalonicenses 5.14: “Exortamo-vos também, irmãos, a que admoesteis os insubordinados, c consoleis os desanimados, ampareis os fracos e sejais longânimos para com todos.”

Uma parte do dever dos que são espiritualmente fortes é este de amparar os fracos, como se vê em Romanos 15.1 “Ora nós, que somos fortes, devemos suportar as fraquezas dos fracos, e não agradar a nós mesmos.”

Isto nos é ordenado por Cristo, conforme vemos nas palavras do apóstolo:

“Levai as cargas uns dos outros, e assim cumprireis a lei de Cristo.” (Gálatas 6.2)

Porque uma das maiores expressões do amor de Deus é a instrução e correção mútuas, conforme vemos nos seguintes textos:

Hebreus 12.6-7 :pois o Senhor corrige ao que ama, e açoita a todo o que recebe por filho. É para disciplina que sofreis; Deus vos trata como a filhos; pois qual é o filho a quem o pai não corrija?

Hebreus 12.10: Pois aqueles por pouco tempo nos corrigiam como bem lhes parecia, mas este, para nosso proveito, para sermos participantes da sua santidade.

Apocalipse 3.19: Eu repreendo e castigo a todos quantos amo: sê pois zeloso, e arrepende-te.

Pr Silvio Dutra


1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here