A Oferta da Viúva Pobre

40

 

/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:”Tabela normal”;
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-priority:99;
mso-style-qformat:yes;
mso-style-parent:””;
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin:0cm;
mso-para-margin-bottom:.0001pt;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:11.0pt;
font-family:”Calibri”,”sans-serif”;
mso-ascii-font-family:Calibri;
mso-ascii-theme-font:minor-latin;
mso-fareast-font-family:”Times New Roman”;
mso-fareast-theme-font:minor-fareast;
mso-hansi-font-family:Calibri;
mso-hansi-theme-font:minor-latin;
mso-bidi-font-family:”Times New Roman”;
mso-bidi-theme-font:minor-bidi;}
A Oferta da Viúva Pobre

“41. Assentado diante do gazofilácio, observava Jesus como o povo lançava ali o dinheiro. Ora, muitos ricos depositavam grandes quantias. 42. Vindo, porém, uma viúva pobre, depositou duas pequenas moedas correspondentes a um quadrante. 43. E, chamando os seus discípulos, disse-lhes: Em verdade vos digo que esta viúva pobre depositou no gazofilácio mais do que o fizeram todos os ofertantes. 44. Porque todos eles ofertaram do que lhes sobrava; ela, porém, da sua pobreza deu tudo quanto possuía, todo o seu sustento.”

Marcos 12: 41 a 44.

Ofertar é DAR. E a viúva deu 2 leptons (O Lepton era a menor moeda grega, era feita de cobre, moeda de pouquíssimo valor) , talvez na hora de se usar esta moeda pouca coisa se faria com ela. Mas diante de Deus foi uma grande oferta. “Se o dinheiro não for teu servidor, ele será o teu mestre” (Francis Bacon)

Jesus explica o porquê:

–         Todos deram do que sobrava.

–         Ela deu tudo o que tinha para seu sustento (100%)

Nosso dinheiro tem duas finalidades: Sustento e Semear.

Aqui nos aprendemos 3 princípios para ofertar:

1) Amor

–         Ninguém a mandou, dar tudo. Ela ofertou livremente.

–         Era algo espontâneo, honrando a Deus e sua obra

–         Deu por amor a Deus e seu reino

2) Fé

–         Ela deu tudo, não ficou com nada, nem para o seu sustento

–         Jesus não demonstra nenhuma pena dela. Ele sabia que a mulher estava acionando um princípio poderoso de Deus para o seu suprimento: a Fé.

–         Dar quando se tem muito é fácil. Dar do que sobra é mais fácil ainda.

–         Mas dar quando se tem necessidade exige fé.

Este é o princípio de Deus que abre as janelas do céu Ml 3:10: “Trazei todos os dízimos a casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa; e provai-me nisto, diz o Senhor dos Exércitos, seu eu não vos abrir as janelas do céu e não derramar sobre vós bênção sem medida.”

–         Isto significa confiar mais em Deus do que nas riquezas.

–         É ter fé que Deus proverá o meu sustento.

3) Sacrifício

Na bíblia o conceito de oferta está ligado à idéia de sacrifício. Não devemos ofertar a Deus o que não significa nada ou não vale nada para nós.

–         Se as nossas contribuições não nos expõem ao sacrifício, ainda não atingimos o padrão ensinado por Jesus.

–         A viúva estava disposta a passar privações para que outros não passassem.

Lembre-se: Você é o Alvo do Amor de Deus!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

COMPARTILHAR

40 COMENTÁRIOS

  1. Uma mensagem magnífica, que ensinar quem dispoe de sua fé total em Deus através de seu filho Jesus, nunca será desapontado.

    Com certeza uma das coisas mais difícil no ser humano é tirar todo o seu sustento e deposita tudo num gesto de confiança em Deus.
    Pior é em certas situações, sabendo que tem dividas para pagar e filhos para sustentar. É um sacrifício que mexe totalmente com a razão humana.Começa uma batalha, uma gerra dentro de você que traz um sentimento que vc se sente indefeso, sem proteção mum mundo capitalista que mostra que só quem tem muito dinheiro passa tem tranquilidade e segurança.
    Entregar tudo é dizer que está disposto a aceitar o que Deus se propoe a oferecer e acreditar que o amanhã pertence somente a Ele.

    Quisera eu ter a visão que essa viúva tinha de Deus.Não se importava em passar fome e mesmo assim não se deixou abater pelas circunstâncias.

    Deus abençoe a todos em o nome do Senhor Jesus.

  2. Boa tarde queridos venho por meio desse pedir a vossa colaboraçao se possivel for,que Deus vos abençoe a todos e familiares tambem,eu sou trabalhador mais ganho pouco trabalho na area da costruçao civil.Por favor me ajude e que eu quero fazer uma reforma aqui em casa mais estou sem condiçoes, por isso peço a vossa ajuda estou comunicando com os santos,comunicai com os santos as vossas necessidades uns com os outros.Amados seguir a minha conta se vos for tocado pelo Espirito Santo assim faças,a conta e Banco itau agencia1510 conta corrente53093-2 salvador bahia brasil,desde ja muitissimo obrigado a todos que colaborarem de forma direta e indireta,isso e orando e divulgando para que outros orem e coperem tabem grato e que Deus abençoe infinitamente a todos com todas as sortes de bençaos e familiares

  3. Seus infelizes, estamos na falencia, pq minha mae deu tudo a essa maldita igreja e hoje ela ta internada no hospicio, acreditando que foi arrebatada, seus farçantes idiotas miseráveis!!!

    • Querido Marcos seu ponto de vista está errado eu sei q é ruim passar por ocasiões como essa mas se vc ler a biblia vc vai entender tudo Que Deus te abençoe e abençoe sua mãe

    • A IGREJA DE DEUS NÃO É MALDITA POR QUE A IGREJA DO SENHOR SOMOS NÓS
      E O QUE ESTA ACONTECENDO COM SUA MAE EU ENTENDO QUE SEJA UM LIVRAMENTO DE ESTAR PERTO DE PESSOAS QUE NÃO BUSQUE COM ELA QUE ACHA QUE DEUS É UM EMPREGADO QUE TUDO QUE VC QUER DEUS TEM QUE TE DAR ,MAS QUANDO DEUS TE PEDE ALGUMA COISA VC SE REVOLTA CONTRA A IGREJA DO SENHOR . DEUS NAO PRECISA DO SEU DINHEIRO PRA SER DEUS NAO PRECISA DE VC PRA SER DEUS MAS TUDO QUE VC FOR FAZER VC SIM PRECISA DE DEUS , ENTÃO PARE DE JULGAR E PASSE A ACREDITAR QUE DEUS TUDO PODE .O DIZIMO É BIBLICO SIM SOU DIZIMISTA SIM E NÃO ME FAZ FALTA ESSE DINHEIRO POIS O MEU DEUS ME SUSTENTA E OLHA QUE SOU ASSALARIADA ,VC TRABALHA PRA RECEBER NÃO É O PASTOR TAMBEM TEM GASTOS NA IGREJA VC ACHA QUE A CONTA DE LUZ ,TELEFONE, OBRAS, AJUDAS A MISSIONARIOS,PROJETOS DE RECUPERAÇÃO DE DEPENDENTES QUIMICOS E ETC. VC ACHA QUE ELE FAZ ISSO COMO? QUE DEUS POSSA TE DAR SABEDORIA E QUE VC POSSA ACEITAR A JESUS COMO UNICO E SUFICIENTE SALVADOR .POIS DEUS ELE QUER EM PRIMEIRO LUGAR TE DAR SALVAÇAO.POIS GUANDO ELE TE DEU ALGO, ELE TE DEU O MELHOR QUE ELE TINHA ELE TE DEU O FILHO O MELHOR O UNICO E NAO TE COBROU NADA SO PEDIU QUE O AMASSE E SEGUISSE AS LEIS DELE .GRANDE ABRAÇO MEU QUERIDO JESUS TE AMA E EU TAMBÉM .

  4. ô Marcos, é um apena você pensar assim. Tenha certeza que a falência de vocês (se é que é verdade), não foi por causa da fé de sua mãe e sim por causa da incredulidade e rebeldia de pessoas como você. Certamente o Senhor está cuidando dela e quer cuidar de você também. Não veja isso como um castigo, mas tenha certeza que através dessa situação você pode conhecer e reconhecer o amor de Deus por você. Imagine se você tivesse que entregar a sua mãe pela humanidade? Você entregaria a sua mãe pra me dar vida? Mas Deus entregou o seu filho por amar você. Quando você reconhcer esse amor e receber o perdão de Deus, tenha certeza que coisas novas acontecerão em sua vida. Creia ou não, a palavra de Deus se cumpre a qualquer pessoa. “Buscai em primeiro lugar o reino de Deus e sua justiça, e as demais coisas vos serão acrescentadas” Mt 6:33. Deus te abençoe!

  5. vocês são ratos de igrejas ,ficão tirando tudo das pessoas ,que conhesem pouco a biblia deixando muitos na miséria igual éssa senhora que está no hospicio..vocês ficão anulando a morte de JESUS taõ sofrida na cruz ,para nos libertar das leis levitas de dizimos que não éra dinheiro e sim cereais quero que vc me mostre aonde manda dar dizim em dinheiro vocês usão malaquias 3,10 para estorquir as pessoas ,vcs nem sabem onde é a casa do tesouro se soubessem não diriaõ que é dinheir ,,hipócritas..vocês se dizem cristãos mas naõ fazem igual os apóstolos que saião nas ruas pregando o evangelho anumciando as boas novas e erão presos chicoteados quando erão soltos saiaõ a pregar de novo iso é verdadeiramente cristão vocês ficão ai pedindo dizimos e ofertas ezorbitantes para comprar carros novos contruir igrejas enormes aonde DEUS nem abita ,JESUS disse ai daquele que mexer com meus pequeninos,,,,e vcs estão mexendo estorquindo eles tirando o dinheiro da agua da luze até dos remedios com falsas doutrinasnnJESUS disse no dia do julgamento muito vão dizer senhor,,senhor,,eu curei em teu nome eu expulsei demonios em teu nome,,,e vcs sabem o que ele vai dizer,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,afasta de mim que eu não te conheço,,pensem bem e pessão perdão e preguem o verdadeiro evangelho sem exploraçaõ sem enganação CRISTO morreu na cruz e nimguem tem que comprar a salvação ele já pagou o preço só precizamos ter fé e acreditar que só através dele somos sálvos,,,amém glorias a DEUS

    • olha Marcos e Wilson vc tem o direito de estar zangados mas não deve ferir as pessoas com essass palavras porque a biblia ensina que tudo que vc lançar ou semear vc vai receber em dobro e ai daquele que tocr no ungido mexer com ungido não é brincadeira, pode ter certeza que vai com a cara na pueira….
      Busque Deus que é o caminho a verdade e a vida… Creia que essa luta vai passar que vc vai atravessar este mar de sofrimento vai embora que vai chegar sua vitoria e tudo vai se ajeitar. Que Deus perdoe as suas palavras que vc não sabe o que diz….
      Amém fica com Deus…

    • Sinto muito cara ,mas se você não é capaz de abrir mão do seu dinheiro por Deus, você também não é digno de estar falando isso, as ofertas que paguei a igreja ja salvaram varios missionários que viviam nas mais pobres condições lugares esquecidos pelos homens mas levando a palavra de Deus, e mesmo que me roubassem, posso lavar minhas mãos por que quem prestaria conta do roubo seriam os ladrões e não eu
      Cara ta na hora de acordar e se limpar desse espírito capitalista, ta na hora de renunciar os desejos monetarios da carne e se ligar no espírito, seus motivos são nobres mas suas ações não

    • Concordo com você Wilson Duarte. Porque os pastores e líderes não vendem seus carros e casas e tudo que tem e vão viver como essa viúva? Quem sabe, talvez fazendo isso, Deus venha salvá-los.

  6. vejo esta passangen da oferta da viuva ela deu a unica oferta que tinha para o seu sustento. Mas ate hoje eu só vejo os lideres de igreja usando esta passagen na hora de pedir oferta ou dizimo. Mas nunca vi pregando dizendo que Deus quer de nós o mesmo esforço daquela viuva dando não só ofertas, mas nós ofertando a Deus 100% vida na obra de Deus na sinceridade, obediencia,e seguir a Deus dentro da doutrina biblica e não na doutrina de homens que só querem e só penção nos bens terrenos e não celestial.

  7. Gostei do estudo. Sou católico e o dízimo é bíblico, mas a questão do estudo não é o dízimo, não sei se eu entendi errado, mas eu entendi assim: é muito fácil você repartir algo com alguém pode ser dinheiro, pode ser uma palavra carinhosa quando você tem dinheiro sobrando ou quando você está num momento feliz. E quando te falta o dinheiro? Ou quando você tem pouca comida em casa e chegam parentes ou amigos para comer? Ou quando você está numa fase ruim da vida e chega alguém numa situação ruim também, você consegue dar uma palavra amiga?
    Acho que é isso que eu entendi.
    Deus abençoe a todos 🙂

  8. não pense assim não abençoado! busca a presença de Deus, de conhece-lo mais e não foque sua visão em homens pois somos falhos e só o senhor q nos santifica , não viva a religiosidade mais sim a vida de Deus. fica na paz benção Jesus Te ama

  9. Parem de explorar a viúva!!!
    Rodrigo Brandt

    Ofertar é uma atitude própria do cristão. Ofertar louvor a Deus, tempo, talentos, dons. E, é claro, ofertar recursos financeiros. Isso é bíblico. Por exemplo, quando Paulo estava preso os crentes de Filipos, sabendo da situação precária que o apóstolo estava vivendo, enviaram donativos por meio de um crente chamado Epafrodito (Fp 4:17-18).
    Muitos fazem menção da oferta da viúva pobre como comportamento a ser seguido pelos cristãos hoje ao ofertarem nas igrejas, conforme episódio narrado nos Evangelhos de Marcos e Lucas:

    “Assentado diante do gazofilácio, observava Jesus como o povo lançava ali o dinheiro. Ora, muitos ricos depositavam grandes quantias. Vindo, porém, uma viúva pobre, depositou duas pequenas moedas correspondentes a um quadrante. E, chamando os seus discípulos, disse-lhes: Em verdade vos digo que esta viúva pobre depositou no gazofilácio mais do que o fizeram todos os ofertantes. Porque todos eles ofertaram do que lhes sobrava; ela, porém, da sua pobreza deu tudo quanto possuía, todo o seu sustento”. (Mc 12:41-44)

    “Estando Jesus a observar, viu os ricos lançarem suas ofertas no gazofilácio. Viu também certa viúva pobre lançar ali duas pequenas moedas; e disse: Verdadeiramente, vos digo que esta viúva pobre deu mais do que todos. Porque todos estes deram como oferta daquilo que lhes sobrava; esta, porém, da sua pobreza deu tudo o que possuía, todo o seu sustento”. (Lc 21:1-4)

    Faz-se então uma comparação entre o que os ricos ofertavam e o que a viúva pobre ofertou. Como Jesus comentou que a oferta da viúva foi maior que a de todos os demais, supõe-se que Ele a estava elogiando. E, como Jesus constatou que ela ofertou tudo o que ela possuía, “todo o seu sustento”, argumenta-se que esse é um comportamento ideal. Dessa forma, nós, cristãos, deveríamos ser como a viúva pobre, porque ela deu tudo, inclusive o necessário à própria sobrevivência.
    Apesar da popularidade dessa interpretação, nunca é tarde para nos perguntarmos se é realmente isso que o texto nos está ensinando. E a primeira constatação que fazemos ao olharmos novamente para o texto é que Jesus não elogia a atitude da viúva. Jesus simplesmente observa uma realidade, fazendo uma comparação. Ele sequer critica os ricos que ofertavam o que lhes sobrava. Jesus faz uma “fotografia da cena”, sem emitir qualquer juízo de valor.
    Ao olharmos para a história de Israel, percebemos que Deus sempre demonstrou seu cuidado para com os órfãos e viúvas. O templo, em Jerusalém, além de ser local de culto, tinha a função de canalizar a riqueza de Israel. Ou seja, os necessitados da nação deveriam ser socorridos com os recursos arrecadados no templo por meio das ofertas (veja o que já previa a lei em Dt 14:28-29).
    Infelizmente, ao longo dos séculos, muitos sacerdotes preocuparam-se mais com seu próprio conforto do que com o bem-estar do seu povo (o profeta Isaias denuncia isso em 1:17 e em diversos outros textos). Os sacerdotes, portanto, eram responsáveis para que houvesse justiça social, para que houvesse mantimento para aqueles que por alguma circunstância da vida estavam sem condições de garantir seu próprio sustento, o que incluía muitas vezes as viúvas.
    Séculos depois de Isaias, nos tempos de Cristo, a situação continuava pervertida. A cena narrada por Marcos e Lucas mostra Jesus vendo a repetição do que já ocorria desde os tempos de Isaias. Um templo que não está mais a serviço dos necessitados, mas sim a serviço dos próprios sacerdotes. E sacerdotes a serviço deles próprios e, agora, também dos dominadores romanos.
    A relação entre Jesus e o templo era tensa (ver, por exemplo, Jo 2:13-22; Mc 11:15-19; Lc 19:45-48 e Mt 21:12-17). Jesus, o Messias, o Deus encarnado, não era bem-vindo ao templo. Foi no templo, por exemplo, que os sacerdotes, escribas e anciãos contestaram a autoridade de Jesus (Mc 11:27-33). Foi em meio a esse clima tenso que ocorreu o episódio da viúva pobre. Jesus estava junto ao templo, mas denunciando a corrupção ali existente.
    É bom lembrar que o precursor de Jesus, João Batista, era de família sacerdotal: seu pai, Zacarias, era sacerdote, e sua mãe, Izabel, era descendente de Arão (Lc 1:5). Mas João não exerceu seu ministério junto ao templo com os demais sacerdotes! Exerceu-o no deserto. Ou seja, nos anos anteriores ao ministério de Cristo quem quisesse realmente ouvir a voz do Senhor deveria ir não ao templo, mas ao deserto.
    E Jesus, o que estava fazendo no templo? A poucos dias de sua crucificação Jesus estava ali para denunciar o que se passava no templo. E estava prestes a derramar seu sangue para que o ser humano não precisasse mais de um templo para adorar a Deus. Lembra-se do que Jesus disse à mulher samaritana? (leia em Jo 4:21).
    Tentemos agora rever a cena: Jesus está assentado e vendo diversas pessoas depositando suas ofertas no gazofilácio, incluindo muitos ricos que ali jogam grandes quantias, que é o que lhes sobra, e também uma viúva pobre, lançando ali aquilo que ela possuía para sobreviver. Quando Jesus olha para o gazofilácio, o que Ele vê? Ele vê Deus sendo adorado? Estaria o Deus do amor e da justiça pactuado com os sacerdotes corruptos? Ou será que Jesus estava olhando para uma grande máquina de arrecadação de dinheiro que estava a serviço do status quo? O Deus dos profetas, Pai do Senhor Jesus, aceitava para si aquele dinheiro todo em meio a tanta miséria e injustiça social?
    Além disso, devemos olhar mais atentamente para o que os Evangelhos de Marcos e Lucas registram pouco antes do referido episódio:

    “E, ensinando-os, dizia-lhes: Guardai-vos dos escribas, que gostam de andar com vestes compridas, e das saudações nas praças, E das primeiras cadeiras nas sinagogas, e dos primeiros assentos nas ceias; Que devoram as casas das viúvas, e isso com pretexto de largas orações. Estes receberão mais grave condenação”. (Mc 12:38-40).

    “E, ouvindo-o todo o povo, disse Jesus aos seus discípulos: Guardai-vos dos escribas, que querem andar com vestes compridas; e amam as saudações nas praças, e as principais cadeiras nas sinagogas, e os primeiros lugares nos banquetes; Que devoram as casas das viúvas, fazendo, por pretexto, longas orações. Estes receberão maior condenação”. (Lc 20:45-47).

    Vamos rever a cena. Jesus constata que a viúva deu tudo o que tinha. O que é que Jesus havia dito momentos antes? Que as viúvas eram exploradas, suas casas eram devoradas! Uma viúva, pobre, por não possuir recursos, e explorada, por ter sua casa “devorada” pelas autoridades — essa viúva agora está dando tudo o que tem para o gazofilácio do templo. É Deus quem está recebendo essa oferta? Ou são as elites religiosas e políticas?
    Jesus observa que ela dá tudo o que tem. Lembra-se de Deuteronõmio 14:28-29? Lá diz que a mecânica da oferta é diferente. Lá diz que a oferta de quem tem o que ofertar deve ser canalizada para socorrer aquele que não tem o suficiente para sobreviver, muito menos para ofertar! Ou seja, os Evangelhos estão denunciando uma dupla injustiça: primeiro, quem não tem (a viúva) não está recebendo ajuda do templo; segundo, além de não receber, ela dá aquilo que era para sua sobrevivência! A lei em Deuteronômio previa que as viúvas deveriam receber do templo não apenas o suficiente para sobreviver, mas deveriam, inclusive, se fartar. Será que o Autor da vida aceitaria que a pobre viúva deixasse de adquirir alimento para efetuar aquela oferta?
    Outro aspecto que não podemos negligenciar é a narrativa de Lucas logo após esse episódio:

    “E, dizendo alguns a respeito do templo, que estava ornado de formosas pedras e dádivas, disse: Quanto a estas coisas que vedes, dias virão em que não se deixará pedra sobre pedra, que não seja derrubada”. (Lc 21:5-6)

    Vamos rever a cena. Jesus acaba de ver uma viúva pobre negando seu direito à subsistência para dar seu dinheiro à manutenção do templo. E o que é que Jesus diz logo em seguida? Que o templo está com os dias contados! (o templo viria a ser destruído cerca de 40 anos depois pelos romanos). A instituição templo já não contava mais com a presença de Deus. O imóvel templo deixaria de existir em alguns anos. E nada no texto bíblico sugere que Deus tenha recompensado a viúva pela oferta. O Deus de Israel, que não habita em templos feitos por mãos humanas, desejaria que uma pobre viúva morresse de fome para manter o funcionamento de um templo que o próprio Deus já havia abandonado?
    No passado os sacerdotes exploraram a pobre viúva. E você, caro leitor, o que me diz? Devemos utilizar a narrativa bíblica sobre a viúva pobre “explorada” como paradigma de atitude de um ofertante? Ou a atitude de Jesus é um estímulo para denunciarmos as estruturas políticas e religiosas malignas que atuam em nossa sociedade?

    • belo comentário amigo.! O melhor que li ate hoje. Acredito que se a legislaçao em nosso Pais fosse modificada, obrigando as iGREJAS a destinarem uma porcentagem alta da arrecadaçao das ofertas em ajudar os necessitados, muitas igrejas perderiam o estímulo a continuar pregando.

    • Adorei seu comentário. Meus parabéns!!!!!!!
      Só o li depois que já havia feito o meu comentário.
      As palavras e ensinamentos de Jesus continuam sendo deturpados. Mas Aquele lá de cima não dorme.

  10. Isso é uma mentira!!!!!!!! BANDO DE VAGABUNDOS!!!! O dizimo era herança por parte de Levi com o Eterno, pois os levitas pela linhagem sacerdotal não tinha herança na terra, msa tinha o dizimo que era a oferta das 11 tribos p/dar aos da tribo de levi, que depois passavam p/querm precisasse, a viuva, o orfão, o necessitado, o estrangeiro… Acontece que em determinado momento alguns sacerdotes não levitas, tomaram dessa herança para eles, e ao invés de dar alimento p/estas pessoas (dizimo NUNCA FOI DINHEIRO) estava retendo p/eles, esta passagem do Salvador, eles está mostrando o absurdo que estes sacerdotes estavam fazendo de não seguir o que segundo estava instituido na lei!!!! Não tem nada haver com ela ter dado oferta por que queria dar, ela era OBRIGADA A DAR!!! Leiam Numeros 18, mostra a instituição do dizimo com os levitas; leiam malaquias capitulo 2; mostra a bronca que o Eterno dá nos sacerdotes que estavam tomando p/si a herança dEle com os levitas!!!! Esse estudo de vocês é uma mentira seus vagabundos!!!!

  11. Com todo o respeito meu irmão o Primogênito do Criador não expressou a situação como algo benéfico, a mulher estava pagando o seu imposto, o imposto mínimo de um cidadão comum na época, evidenciando que os impostos são opressores e que os Ricos apesar de dar muito imposto está dando apenas o que sobram, já os pobres, inclusive uma viúva que devia receber dos servos de Deus e não pagar tributos davam tudo o que tinha impossibilitando-a de sobreviver tendo que viver das migalhas dos ricos. Nisso eu afirmo que já li muito a respeito de semear, semear fazemos com sementes, e sementes não são dinheiro, sementes são verdade e não ilusão.
    Quando Micke Murdock expressa a sabedoria que Deus lhe deu, ele coloca em cheque a credibilidade da mesma quando a utiliza para mentir enganando o povo dizendo que semear com Deus em dinheiro trará o favor do mestre. Meu caro irmão, o favor do mestre pode ser conquistado com a humildade, misericórdia e verdade, não se iluda com isso aí não meu irmão porque testemunhos do dízimo e sucesso financeiro eu tenho dentro de casa, minha mãe da muitos testemunhos a respeito da fidelidade do dízimo, mas não fala a quantidade de doenças que a acomete por trabalhar tanto em busca do sucesso financeiro que carece de muita força braçal. O Criador não deixará nada nos faltar, mas não deixe ninguém te enganar acrescentando o que não tem respaldo nas escrituras quando escreve uma explicação tão sem fundamente e tão repetitiva como esta que leio em vosso site.
    Estou aqui por amor, amor ao vós amor a verdade, amor ao Criador que somente esse amor pode me levar a ter o favor do mestre em meu dia a dia, ainda que o mundo inteiro me torture por lutar pela verdade por amor.
    Um grande abraço a todos.

    João Paulo Botelho da Silva, email: joaopaulobo.s.a.f.e@live.com

  12. A OFERTA DA VIÚVA POBRE

    Foi realizada no átrio ou pátio do templo,à porta do templo,onde localiza-se o altar de cobre onde se assava pães,cozinhava-se alimentos,e assavava-ss carnes de animais dizimados.
    Obs: Jesus é lindo e maravilhoso,Ele como um bom sacerdote e pastor,estava perante os ofertantes,acompanhando as doações para alimentar os próprios ofertantes,do mesmo modo como os sacerdotes ficavam em frente aos ofertantes.
    Jesus crescia ainda mais popularmente pelas obras sociais que realizava para os pobres necessitados”.
    Isso me deixa muito triste,porque Jesus não era sacerdote desse templo,Ele não podia entrar nas câmaras do templo,
    Jesus nunca sacrificou animais pelos pecados,porque Ele nunca cometeu pecado,mas Jesus fez questão de estar perante os ofertantes e ficou encantado com a oferta da pobre viúva faminta e necessitada,que deu tudo o que tinha porque sabia que não iria sair do templo sem se alimentar dos mantimentos da Casa de Deus,onde o próprio Jesus se encontrava pessoalmente.Jesus crescia ainda mais popularmente pelas obras sociais que realizava para os pobres necessitados.Essa obra social de Jesus,foi realizada fora da igreja,sem a participação dos sacerdotes do templo.Jesus liderava uma grande multidão que se aproximava para repartir dízimos e ofertas,com exceção da pobre viúva,que deu tudo o que tinha pois ela sabia que não iria ficar desamparada sem os mantimentos da Casa do Senhor.
    “Atualmente,os dízimos e ofertas ainda existem,mas acabaram os mantimentos,com compras de jatinhos,mansões,carros importados e fazendas enormes.
    Ah! Muitos colocam a culpa no gafanhoto comedor de toneladas de dízimos.
    Existem milhares de evangélicos e cristãos agrônomos,mas o gafanhoto parecer ter vida eterna”.
    JESUS PREGAVA O QUE VIVIA E DAVA BONS EXEMPLOS: O JOVEM RICO
    Certo homem importante lhe perguntou:”Bom Mestre, que farei para herdar a vida eterna? ”
    “Por que você me chama bom? “, respondeu Jesus. “Não há ninguém que seja bom, a não ser somente Deus.
    Você conhece os mandamentos: ‘Não adulterarás, não matarás, não furtarás, não darás falso testemunho, honra teu pai e tua mãe’”.
    “A tudo isso tenho obedecido desde a adolescência”, disse ele.
    Ao ouvir isso, disse-lhe Jesus: “Falta-lhe ainda uma coisa. Venda tudo o que você possui e dê o dinheiro aos pobres, e você terá um tesouro nos céus. Depois venha e siga-me”.
    Ouvindo isso, ele ficou triste, porque era muito rico.Lucas 18:18-23
    Obs:O jovem rico,já era um Senhor sacerdote,que havia ficado muito rico,pois o direito dos pobres aos dízimos já eram negados pelos sacerdotes daquela época que ficavam com todos os dízimos sem reparti-los aos próprios ofertantes passaram.Os sacerdotes passaram a exigir que os ofertantes comessem as gorduras dos animais dizimados,ou seja os dizimistas passaram a odiar ter que comer as gorduras ensebadas,vomitavam e por isso deixavam todo o melhor das carnes para os sacerdotes mercenários e hostís,isso tornou-se um costume dos sacerdotes malignos,desde a época do Sacerdote Eli.

    COMPARTILHE ESSE RARÍSSIMO QUESTINÁRIO SOBRE DÍZIMOS
    Em toda a bíblia os Dízimos são separados e repartidos pelo próprio ofertante,tanto para os próprios ofertantes e seus familiares famintos e inválidos,quanto também para o ministério dos(santos)sacerdotes.
    1-DEUS JÁ FECHOU ALGUMA PORTA DO CÉU PARA ALGUÉM OU PARA VOCÊ ?
    R= Não ,nunca.Deus é fiel.Ele é Aba,pai.
    2-POR QUÊ NÃO ?
    R=porque Jesus disse:”Vinde a mim,TODOS os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei”.Mateus 11:28
    3-POR QUÊ OS PASTORES DIZEM QUE SE VOCÊ DER UMA OFERTA,DEUS VAI ABRIR AS JANELAS DOS CÉUS PRA VOCÊ ?
    R= porque está escrito em Malaquias 3:10 “Trazei todos os dízimos à casa do tesouro,para que haja mantimento na minha casa,e depois fazei prova de mim nisto,diz o Senhor dos Exércitos,se eu não vos ABRIR AS JANELAS DO CÉU,e não derramar sobre vós uma bênção tal até que não haja lugar suficiente para a recolherdes”
    4- OQUE É ESSA CASA DO TESOURO ?
    R= A tesouraria da igreja – Números 18:26,28
    5- QUEM DEVE RECEBER A PARTE SEPARADA OU A PARTE SANTA DOS DÍZIMOS ?
    R= Os sacerdotes levitas.
    6-VOCÊ PODE PROVAR ISSO NA BÍBLIA ?
    R=Sim:“E o sacerdote,filho de Arão,deve estar com os levitas quando estes receberem os dízimos;e os levitas devem trazer o dízimo dos dízimos à casa do nosso Deus,para as câmaras,dentro da tesouraria”. Neemias 10:38
    7- DEUS DETERMINOU QUE A”CASA DO TESOURO OU TESOURARIA” APENAS UM DÉCIMO DE TODOS OS DÍZIMOS NA CÂMARA,DEPÓSITOS OU CELEIROS DE DÍZIMOS DA CASA DE DEUS,PARA QUE HAJA MANTIMENTO DE QUE ?
    R=Sim, Malaquias 3:10”que haja mantimento na minha casa”
    mantimentos de dízimos de grãos(cereais=mantimentos ou alimentos).
    8- OS SACERDOTES TEM DIREITO A,UM DÉCIMO DE TODOS OS DÍZIMOS,OU APENAS AOS DÍZIMOS DOS LEVITAS ?
    R= De todos os dízimos,a igreja tem direito a um décimo de “todos os dízimos” para os servos e serviços do altar.
    9- ISSO É MUITO OU POUCO ?
    R = Se é um décimo de”todos os dízimos”,é lógico que esse”dízimo dos dízimos”é mais que o bastante para eles..
    Obs:Se fosse pouco,Deus teria determinado mais que um décimo de todos os dízimos.Ele vive e não muda.
    10 – ONDE A IGREJA GUARDAVA ESSE UM DÉCIMO DE TODOS OS DÍZIMOS ?
    R= Nos celeiros,depósitos ou câmaras.
    11-HAVIAM CELEIROS,DEPÓSITOS E CÂMARAS PARA GUARDAR DÍZIMOS ?
    R= Sim
    12 – VOCÊ PODE PROVAR ISSO NA BÍBLIA ?
    R= Neemias 13:9 ”E,ordenando-o eu,purificaram as câmaras;e tornei a trazer para ali os utensílios da casa de Deus,com as ofertas de alimentos e o incenso”.
    Neemias 13:12 “Então todo o Judá trouxe os dízimos do grão, do mosto e do azeite aos celeiros”.
    2 Crônicas 31:11Então ordenou Ezequias que se preparassem câmaras na casa do SENHOR, e as prepararam.
    13-APÓS SEPARAR UM DÉCIMO DE TODOS OS DÍZIMOS PARA O MINISTÉRIO DA IGREJA,A QUEM,PERTENCE A OUTRA PARTE=90% DOS DÍZIMOS ?
    R= Aos próprios dizimistas repartirem entre si,com os seus parentes pobres famintos,viúvas desamparadas,órfãos,etc
    14 – VOCÊ PODE PROVAR ISSO NA BÍBLIA ?
    R= Sim claro.Todos os ofertante comiam as suas ofertas com os seus próprios familiares,até mesmo os sacerdotes também faziam isso.Todos os votos e ofertas no altar eram comidos,degustados e compartilhados pelos próprios ofertantes.
    “Subiu,pois aquele homem,Elcana,com toda a sua casa,para oferecer ao Senhor o sacrifício anual e cumprir o seu VOTO”. “No dia em que Elcana sacrificava,costumava dar quinhões a Penina,sua mulher,e a todos os seus filhos e filhas”1ª Samuel 1:4,5,21
    15- Os sacerdotes,também deviam comer as ofertas com os seus próprios familiares ?
    R= Sim
    16- VOCÊ PODE PROVAR ISSO NA BÍBLIA ?
    R = Sim. Números 13:28-31
    “Assim fareis ao Senhor uma oferta alçada de todos os vossos dízimos,que receberdes dos filhos de Israel; e desses dízimos dareis a oferta alçada do Senhor a Arão,o sacerdote.
    De todas as dádivas que vos forem feitas,oferecereis, do melhor delas toda a oferta alçada do Senhor,A SUA SANTA PARTE.
    Portanto lhes dirás:Quando fizerdes oferta alçada do melhor dos dízimos,será ela computada aos levitas,como a novidade da eira e como a novidade do lagar. E o comereis em qualquer lugar,vós e as vossas famílias; porque é a vossa recompensa pelo vosso serviço na tenda da revelação”.
    32- POR QUE,ESSE COSTUME DE REPARTIR OS DÍZIMOS COM OS NECESSITADOS FOI SENDO DESTRUÍDO NA CASA DE DEUS ?
    R= Porque os sacerdotes se uniram,tiveram simpatizantes,e por isso os planos de Deus,para os pobres necessitados nos dízimos foi completamente destruído.O inimigo rouba,mata e destrói.
    33-A BÍBLIA MOSTRA ISSO ?
    R=Sim. 1ª Samuel 2:13-16 leia abaixo:
    “Porquanto o costume desses sacerdotes para com o povo era que, oferecendo alguém um sacrifício,e estando-se a cozer a carne,vinha o servo do sacerdote, tendo na mão um garfo de três dentes,
    e o metia na panela,ou no tacho, ou no caldeirão, ou na marmita;e tudo quanto a garfo tirava,o sacerdote tomava para si.Assim faziam a todos os de Israel que chegavam ali em Siló.
    Também,antes de queimarem a gordura, vinha o servo do sacerdote e dizia ao homem que sacrificava: Dá carne de assar para o sacerdote; porque não receberá de ti carne cozida,mas crua.
    se lhe respondia o homem:Sem dúvida, logo há de ser queimada a gordura e depois toma quanto desejar a tua alma; então ele lhe dizia:Não hás de dá-la agora;se não,à força a tomarei.”
    34 -DEUS EXPRESSA ALGUM DESEJO DE QUE O DÍZIMO SEJA REPARTIDO COM FOI ANTIGAMENTE ?
    R = Sim.Todos devem ler mais e melhor o livro de Malaquias
    “E a oferta de Judá e de Jerusalém será agradável ao SENHOR, como nos dias antigos, e como nos primeiros anos.”
    Malaquias 3:4
    35 – DE QUEM É A CULPA ?
    R= De todos os que leem a bíblia,mas que não admitem e não são sinceros com a verdade dos fatos inquestionáveis.
    Por favor,vamos deixar,para reiterar mais provas sobre isso,na minha próxima entrevista.
    OBS:EXISTEM CRISTÃO E EVANGÉLICOS SINCEROS E HONESTOS.TODOS SÃO FILHOS DE DEUS.

  13. Gostei muito do estudo!!! A lição que está pobre viúva dar, e eu aprendi assim é que nós não devemos ter reserva para Deus.
    E que Deus sonda os nossos corações, ela não agiu de má fé, e sim foi sincera não se preocupou no que lhe iria acontecer sem o seu sustento para comprar mantimentos e alimentar sua casa. Porque ela confiou no Deus da provisão.
    Deus abençoe a todos, e que o Espirito da verdade venha está ministrando aos vossos corações.

  14. Por favor, me ajudem nessa questão. Se uma pessoa sincera, por exemplo, fizer uma doação em dinheiro ao Senhor e entregar na igreja, cujo pastor ou tesoureiro for injusto (isto porque, neste caso, já foi comprovado). É justo esse doador fazê-lo novamente, uma vez sabendo que acontecem descaminhos das ofertas em espécies? Ou, será que o doador pode entregar sua oferta à outras igrejas ou usar esse dinheiro pra ajudar dos pobres que lhe cercam? Será que é correto pensar “Ah, vou doar assim mesmo e, se estiver havendo descaminho, o problema não é comigo!” Será que pensando e agindo assim, essa pessoa não está errada, uma vez que está alimentando um erro grave?

  15. Kkkk brincadeira, tudo por causa de uma mensagem!
    Enquanto um concorda outro discorda , uns dizem que a lei foi abolida e o ultimo só menciona a lei de Moisés em Dt .
    Vão criar vergonha na cara seus bando de atoa ” ateu” doutores de si mesmos que pegam a palavra para o seu próprio entendimento, orquestra diferem vcs dos pastores q tem usam a palavra p tirar dinheiro dos outros, se vcs críticos de plantão não sabem apreciar a palavra do colunista com simplicidade .
    Sabe para mim quem se comporta assim é farinha do mesmo saco!
    Para quem acredita … Que Deus o único juiz vos abençoe !

  16. Kkkk brincadeira, tudo por causa de uma mensagem!
    Enquanto um concorda outro discorda , uns dizem que a lei foi abolida e o ultimo só menciona a lei de Moisés em Dt .
    Vão criar vergonha na cara seus bando de atoa ” ateu” doutores de si mesmos que pegam a palavra para o seu próprio entendimento, o que difere vcs dos pastores que usam a palavra p tirar dinheiro dos outros, se vcs críticos de plantão não sabem apreciar a palavra do colunista com simplicidade .
    Sabe para mim quem se comporta assim é farinha do mesmo saco!
    Para quem acredita … Que Deus o único juiz vos abençoe !

  17. Bom amados o que eu entendo teste texto da viuva,e que nao devemos dar a Deus as sobras.Como foi a oferta de Caim, ele deu do que lhe sobrava e do que nao prestava para consumo,esta oferta da viuva foi aceita por Deus como a oferta de Abel Deus a recebeu no ceu ,e se tornou como insenso suave na precensa de Deus. E isso que devemos observar se as nossas atitudes estao sendo bem vista e aceitas por Deus. Que Deus abençoe a todos.

  18. Olá! Achei esta passagem da Oferta da Viúva Pobre magnífica..
    Mais também tirei uma outra conclusão do que o Senhor Jesus queria passar para cada um de nós através desta palavra, ali naquele lugar Jesus observando a pobre viúva lançar na Arca do Tesouro tudo quanto tinha enquanto os outros (ricos) lançavam do que lhes sobrava, aprendi que Jesus estava querendo dizer que como aquele viúva fez naquele tempo atrás devemos fazer hoje em dia também. Devemos dar tudo quanto temos ou seja (devemos dar o nosso melhor para Deus) pois ele é merecedor de toda Honra e toda Glória!

    Fiquem com essas palavras, meditem e dêem o seu melhor para Deus, assim como fez aquele pobre viúva! (Amém).

  19. Eu aprendo na palavra do senhor que aqui Jesus não analisa somente aquela oferta em dinheiro mas sim o tempo que aquela mulher dedicou para estar ali ofertando o seu tempo a palavra não diz se ela tinha um ou mais filhos mas ela fez um sacrificio para estar ali louvando a Deus então devemos analisar as escrituras de todas as formas porque a palavra a cada dia ela se renova em nossas vidas fiquem na paz

  20. DÍZIMO, A GRAXA (NÃO GRAÇA) QUE FAZ A ENGRENAGEM DA “RELIGIÃO” FUNCIONAR.

    Eu só gostaria de entender, o por que nenhum “grande teólogo”ou “líder religioso”se levanta contra esta grande farsa.
    Propagada pela “igreja” chamado dízimo,porque será???

    Vamos então responder algumas perguntas que insistem em não se calar:

    1-O Dízimo é Bíblico???

    R:Sim é lógico que ele é Bíblico,pois ele esta na Bíblia.

    2-O Dízimo é para a igreja?

    R: Não,pois a igreja pertence a dispensação da GRAÇA, não a dispensação da lei.

    3-Mas o dízimo não foi instituído antes da lei? Por isto ele permanece após a lei?

    R: Não!, pois existem mais de 300 preceitos que já existiam antes da lei,que foram sancionados pela lei dada a Moisés, e que perduraram até Cristo,mas o único preceito da lei que permaneceu foi o dízimo; por que será?
    Exemplos: sacrifícios de animais, circuncisão, guarda do sábado, primogenitura (só para citar alguns mais conhecidos) que foram abolidos pelo Cristianismo.

    Vamos então analisar este assunto aos olhos da graça,vamos deixar o velho testamento para traz e seguir adiante para quem que a lei e os profetas apontavam Cristo.

    E a revelação de Deus ao homem na pessoa de Jesus só nos é apresentada no novo testamento.

    E baseando-se nesta parte das Escrituras e que vamos examinar o dízimo dentro da dispensação da Graça.

    Em todo o novo testamento o dízimo só aparecem 4(quatro) vezes,isto mesmo,não se assuste,imaginar um assunto que é pregado com tanta ênfase dentro das instituições religiosas

    Ser tão pouco destacado por aqueles que escreveram as Sagradas Escrituras (pois sabemos que o autor é o Espírito Santo).

    A primeira passagem que se encontra no novo testamento esta em Mateus 23:23.

    “Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que dizimais a hortelã, o endro e o cominho, e tendes negligenciado os preceitos mais o mais importante da lei, a justiça, a misericórdia e a fé; deveis, porém, fazer estas coisas, e não omitir aquelas”.

    Este texto se repete em Lucas 11:42, só que ali Lucas enfatiza que eles (os fariseus) desprezavam a justiça e o amor de Deus..

    O texto é bem claro em Mateus, Jesus diz que o dízimo é um preceito da lei.

    Em Lucas, ele diz que os fariseus desprezavam a justiça é o amor de Deus.

    Pois o dízimo não faz que uma pessoa seja mais justa ou mais merecedora do amor de Deus.

    Lembrando que Jesus estava dirigindo estas palavras aos Judeus legalistas que viviam debaixo da dispensação da lei.

    Como o próprio Jesus (como Judeu) estava ainda debaixo da dispensação da lei: “Não cuideis que vim destruir a lei ou os profetas: não vim ab-rogar, mas cumprir.” (Mateus 5 : 17)

    O fim da lei só se consumou com a morte de Cristo na cruz,quando o véu do santíssimo lugar foi rasgado de cima a baixo,dando livre acesso a todo aquele que crê.

    Como nos explica o autor do livro de Hebreus: Cheguemos, pois, com confiança ao trono da graça, para que possamos alcançar misericórdia e achar graça, a fim de sermos ajudados em tempo oportuno.(Hebreus 4:16).
    “Porque o fim da lei é Cristo para justiça de todo aquele que crê.” (Romanos 10 : 4).

    A terceira vez que o dízimo é citado no novo testamento se encontra em uma parábola de Jesus em Lucas 18:12, a parábola do fariseu e o publicano, preste muita atenção neste texto:

    E disse também esta parábola a uns que confiavam em si mesmos, crendo que eram justos, e desprezavam os outros:
    Dois homens subiram ao templo, para orar; um, fariseu, e o outro, publicano.
    O fariseu, estando em pé, orava consigo desta maneira: Ó Deus, graças te dou porque não sou como os demais homens, roubadores, injustos e adúlteros; nem ainda como este publicano.
    Jejuo duas vezes na semana, e dou os dízimos de tudo quanto possuo.
    O publicano, porém, estando em pé, de longe, nem ainda queria levantar os olhos ao céu, mas batia no peito, dizendo: Ó Deus, tem misericórdia de mim, pecador!
    Digo-vos que este desceu justificado para sua casa, e não aquele; porque qualquer que a si mesmo se exalta será humilhado, e qualquer que a si mesmo se humilha será exaltado.

    Aqui a ênfase era na hipocrisia da auto-justificação, pessoas que se acham merecedoras das bênçãos de Deus, simplesmente por que cumpriram algum tipo de ritual religioso, devemos sempre lembrar que não somos merecedores de nada, somente do fogo do inferno, que tudo até mesmo nossa salvação e fruto da graça e do amor de Deus.

    Eu sempre percebi que esta atitude de “pagar”o dizimo esta associada a algum tipo de troca,a pessoa entrega sua “oferta”e depois Deus fica “obrigado” de abençoá-la.

    Deus deixa isto bem claro na passagem mais citada pelos “cristãos” João 3:16: Pois Deus AMOU o mundo de tal maneira,que DEU,seu filho unigênito,para que todo que nele crê,não pereça,mas tenha a vida eterna.

    Deus nos DEU JESUS, não vendeu ou alugou ou emprestou,Mas DEU.

    Em Romanos 8:32, a palavra é bem mais enfática: Aquele que não poupou seu próprio filho,antes,por nós o entregou,não nos dará graciosamente com Ele todas as coisas que necessitamos.

    Uma pergunta que sempre faço, como se deve algo a Deus,sendo que Cristo já pagou toda nossa dívida na cruz do calvário?

    Ou vocês não conhecem Colossenses 2:14: Tendo cancelado o escrito de dívida que era contra nós e que constava de ordenanças,o qual nos era prejudicial, removeu-o inteiramente, cravando-a na cruz.

    Jesus não pagou 90% das nossas dívidas, para que você continue pagando os outros 10% pelo resto de sua vida,Ele pagou foi 100% de nossas dívidas para com Deus.

    Agora o texto que os tantos de defensores do dízimo,usam para avalizar seus argumentos,é o mesmo que usarei para colocar uma pá de cal uma vez por todas nesta mentira.

    A quarta passagem Bíblica sobre o dízimo se encontra em Hebreus capitulo 7:

    1PORQUE este Melquisedeque, que era rei de Salém, sacerdote do Deus Altíssimo, e que saiu ao encontro de Abraão quando ele regressava da matança dos reis, e o abençoou;
    2A quem também Abraão deu o dízimo de tudo, e primeiramente é, por interpretação, rei de justiça, e depois também rei de Salém, que é rei de paz;
    3Sem pai, sem mãe, sem genealogia, não tendo princípio de dias nem fim de vida, mas sendo feito semelhante ao Filho de Deus, permanece sacerdote para sempre.
    4Considerai, pois, quão grande era este, a quem até o patriarca Abraão deu os dízimos dos despojos.
    5E os que dentre os filhos de Levi recebem o sacerdócio têm ordem, segundo a lei, de tomar o dízimo do povo, isto é, de seus irmãos, ainda que tenham saído dos lombos de Abraão.
    6Mas aquele, cuja genealogia não é contada entre eles, tomou dízimos de Abraão, e abençoou o que tinha as promessas.
    7Ora, sem contradição alguma, o menor é abençoado pelo maior.
    8E aqui certamente tomam dízimos homens que morrem; ali, porém, aquele de quem se testifica que vive.
    9E, por assim dizer, por meio de Abraão, até Levi, que recebe dízimos, pagou dízimos.
    10 Porque ainda ele estava nos lombos de seu pai quando Melquisedeque lhe saiu ao encontro.
    11 De sorte que, se a perfeição fosse pelo sacerdócio levítico (porque sob ele o povo recebeu a lei), que necessidade havia logo de que outro sacerdote se levantasse, segundo a ordem de Melquisedeque, e não fosse chamado segundo a ordem de Arão?
    12 Porque, mudando-se o sacerdócio, necessariamente se faz também mudança da lei.
    13 Porque aquele de quem estas coisas se dizem pertence a outra tribo, da qual ninguém serviu ao altar,
    14 Visto ser manifesto que nosso Senhor procedeu de Judá, e concernente a essa tribo nunca Moisés falou de sacerdócio.
    15 E muito mais manifesto é ainda, se à semelhança de Melquisedeque se levantar outro sacerdote,
    16 Que não foi feito segundo a lei do mandamento carnal, mas segundo a virtude da vida incorruptível.
    17 Porque dele assim se testifica: Tu és sacerdote eternamente, Segundo a ordem de Melquisedeque.
    18 Porque o precedente mandamento é ab-rogado por causa da sua fraqueza e inutilidade
    19 (Pois a lei nenhuma coisa aperfeiçoou) e desta sorte é introduzida uma melhor esperança, pela qual chegamos a Deus.
    20 E visto como não é sem prestar juramento (porque certamente aqueles, sem juramento, foram feitos sacerdotes,
    21 Mas este com juramento por aquele que lhe disse: Jurou o Senhor, e não se arrependerá; Tu és sacerdote eternamente, Segundo a ordem de Melquisedeque),
    22 De tanto melhor aliança Jesus foi feito fiador.
    23 E, na verdade, aqueles foram feitos sacerdotes em grande número, porque pela morte foram impedidos de permanecer,
    24 Mas este, porque permanece eternamente, tem um sacerdócio perpétuo.
    25 Portanto, pode também salvar perfeitamente os que por ele se chegam a Deus, vivendo sempre para interceder por eles.
    26 Porque nos convinha tal sumo sacerdote, santo, inocente, imaculado, separado dos pecadores, e feito mais sublime do que os céus;
    27 Que não necessitasse, como os sumos sacerdotes, de oferecer cada dia sacrifícios, primeiramente por seus próprios pecados, e depois pelos do povo; porque isto fez ele, uma vez, oferecendo-se a si mesmo.
    28 Porque a lei constitui sumos sacerdotes a homens fracos, mas a palavra do juramento, que veio depois da lei, constitui ao Filho, perfeito para sempre.
    Aqui se trata de uma analogia entre o sacerdócio de Jesus e o de Melquisedeque, não de cobrança de dízimo,que alias e deixado bem claro no texto que o mesmo(dízimo) era um atributo da lei,que foi ab-rogada pelo sacerdócio eterno de Cristo.

    Infelizmente percebo que hoje, a “ igreja” tem anulado a GRAÇA de Cristo e,a maioria tem se transformado em uma cópia carbono (e bem mau feita) do Judaísmo;

    Cada uma tem seu TEMPLO, seus sacerdotes (ou sumo-sacerdotes, os “apóstolos modernos”)e seus rituais e sacrifícios(dízimos e ofertas).a serem cumpridos.

    Mais o que acho mais irônico, é o fato da igreja propagar aos quatros cantos da terra,que,Deus ama o pecador,a prostituta,o homossexual ,o ladrão etc..

    Mas quando o “perdido” passa a ser “achado”,quando ele é liberto do império das trevas e transportado para o reino do Filho de Deus.

    Ele deixa de ser amado, e tem quem lutar para ser merecedor deste amor,e pior ainda corre o risco de ser amaldiçoado,por “aquele”a quem lhe disseram que o amava;

    Caso não pague o dízimo.

    O pecador passa de escravo de um sistema para ser escravo de outro sistema.

    GRAÇA significa: favor imerecido, dádiva,benevolência,presente.etc..etc…

    GRAÇA é quando Deus nos dá aquilo que não merecíamos receber, misericórdia é quando Deus não nos da o que merecíamos receber.

    Só um aviso àqueles que tem anulado a graça de Cristo sobre as vidas de outras pessoas:

    Gálatas 1:

    6Maravilho-me de que tão depressa passásseis daquele que vos chamou à graça de Cristo para outro evangelho;
    7O qual não é outro, mas há alguns que vos inquietam e querem transtornar o evangelho de Cristo.
    8Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema.
    9Assim, como já vo-lo dissemos, agora de novo também vo-lo digo. Se alguém vos anunciar outro evangelho além do que já recebestes, seja anátema.

    E despeço com o versículo 10 do capitulo 1 de Gálatas.
    Porventura, persuado eu, agora, a homens ou a Deus? ou procuro agradar a homens? Se estivesse ainda agradando aos homens, não seria servo de Cristo.

    Como a Igreja verdadeira vai subsistir?

    R: Com as ofertas de amor e alegria,de um coração cheio de GRAÇA,de irmãos dirigidos pelo Espírito Santo.

    Alexandre Barbado.

    Obs: para um maior entendimento sobre o assunto leiam

    O engano cavalgando a verdade: Venefredo Barbosa Vilar

    Dizimo e Graça: Antonio Vergílio Vicente

    Dízimo, a galinha dos ovos de ouro da igreja,a mentira contada ha 2000 anos.

  21. Com esta passagem evangélica, Jesus quis nos ensinar que a falta de recursos financeiros não constitui impedimento para fazer o bem e a caridade. Que para fazermos o bem ao nosso próximo, precisamos apenas de boa-vontade. Infelizmente, alguns oportunistas se utilizam desse belo ensinamento de Jesus para “devorar as casas das viúvas”. Mas para esses “a pena será mais severa”

  22. Meus irmaos quero vos saudar com a paz do senhor.essa palavra é para os que dizem que oferta é pra dar em especearia .vcs ja deve ter lido sobre a oferta da viuva .o quer ela deu ? Abiblia de que foi duas pequenas moedas ok .ao quanto os que roubam isso vai ter mais no dia do jugamento eles vao prestar contas .não olhemos para o homem mais sim para jesus

  23. Infelizmente essa é a visão q temos passado para as pessoas que não conhecem a jesus…que deus precisa do seu dinheiro para poder te abençoar …desde que entreguei minha vida a jesus nunca deixei de dizimar porém quem me convenceu de ser fiel na minha vida financeira foi o espírito santo …façamos nos a nossa parte de pregar o evangelho e vamos deixar que o espírito santo que é o espírito do convencimento convencer as pessoas …chega de argumentos…oremos para que o evangelho de cruz e renuncia volte a ser pregado e que caia por terra em nome de jesus a teoria da prosperidade…

  24. por favor alguem entre vcs pode me mostra no novo testamento algunha coisa sobre a obrigação de dizimar?? paulo diz deus ama o que da com alegria !! nao tem valores estipulados. o dizimo e pra manter a obra os missionarios e pastores . nao sou contra o dizimo sou contra a distoção da palavra de Deus..

DEIXE UMA RESPOSTA