Tal pais, tais filhos

0

Quem nunca ouviu esta frase ou aquela que diz: filho de peixe, peixinho é. É fácil descrever o relacionamento de um casal, apenas observando o comportamento dos filhos. A insegurança demonstrada pelos pais gera conflitos nos filhos. Daí a importância de amarem-se e demonstrarem esse amor um pelo outro na presença dos filhos. Agindo assim eles perceberão que existe amor de fato e que vale apena manter esse amor e harmonia no lar. Dizem que o melhor presente que se pode dar a seus filhos é amar a mãe deles. Isso é uma verdade absoluta! Cinco são as linguagens de amor, são elas:

1. Toques físicos.
2. Ações e serviços.
3. Dar presente.
4.Tempo de qualidade.
5. Encorajamento.

Você precisa estar atento e saber qual delas e em que momento poderá usá-la com seu filho/esposa. É bom lembrar: filhos têm necessidades diferentes um do outro e pode ser que uma linguagem de um não se aplique em outro ou talvez precise usar mais de uma. Você pode demonstrar esse amor através de um toque, um carinho, de uma atitude de serviço, (de um cuidado), de um presente inesperado, de um momento de qualidade ou demonstrando encorajamento, apoio.

Aprenda a entender qual a melhor linguagem para falar com seus filhos e a que mais ele entende. Espero que você não seja daqueles que diz: “meus filhos terão aquilo que nunca tive, farei o possível para que nunca passem a necessidade que passei”. Isso é muito bom, quando não se está pensando, apenas, nas necessidades físicas e esquecendo-se das necessidades espirituais, emocionais que todos necessitamos.  Aprenda a falar baixo com seus filhos, se possível coloque-se da sua altura e olhe bem nos olhos deles quando precisarem dizer: “meu filho, preciso lhe falar algo” ou “meu filho muito obrigado, eu te amo”

Muitas pessoas têm dificuldades em dizer: “bom dia”, “obrigado”, “eu te amo” ou coisas desse tipo, talvez por terem sido criados sem ouvirem de seus pais. Mas você não precisa agir igualmente. Aprenda a exercitar, dizendo ao acordar: “bom dia meu filho, dormiu bem?” ou “bom dia meu amor, como foi sua noite?” E você verá que, aos poucos, esses hábitos tornar-se-ão rotinas em sua vida, familiar e no trabalho.

Tenho visto pais se desdobrando para dar o melhor pros seus filhos. Buscam as melhores escolas, os melhores cursos, melhores roupas, carros. Muitos, até, dão boas mesadas pros seus filhos. Todas essas coisas são boas e importantes, se lhes derem o essencial á vida: o exemplo,o caráter, a disciplina, o amor a paz interior. Ser pai/mãe é muito mais que gerar filhos, é a responsabilidade de criarem seres de bom caráter, de boa índole, coisas tão escassas nos dias atuais.

E o que se tem visto são pessoas doentes gerando filhos doentes, pais estressados gerando filhos estressados. Você só pode dar aos seus filhos aquilo que você têm. Talvez isso explique o porquê de tantos pais jogando seus filhos pelas janelas ou filhos abandonando seus pais ou até mesmo os matando. A propósito, procure entender melhor o conceito da palavra amor. Uma sugestão é o que se diz:

 ” O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece. Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal; Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade; Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. (1 Coríntios 13:4-7) .

Na verdade, não existe amor sem sofrimento, pois não se consegue amar alguém sem se importar com ela, chorar com ela, sorrir com ela. Amar é mais que uma simples palavra. O que seria de nós não fosse a prática do Amor de Deus através da sua Essência (Jesus) .

É preciso reconhecer nossa total dependência desse Amor e nossas fraquezas, orando assim: Pai, meu Pai querido, o Senhor é bom e sua misericórdia dura para sempre. Por isso te peço, ajuda-me nessa difícil tarefa de ser pai/mãe/esposo(a). Reconheço minhas fraquezas e que sou pecador, pois se disser que não tenho pecado eu já estaria pecando(1 João 1;8) e o simples fato de saber que devo fazer o bem e não faço, já me torna um pecador(Tiago 4;17). Ensina-me a ser controlado pelo Seu Espírito e me dê sabedoria para conduzir minha missão de ser um bom pai, amigo, filho, marido, conforme sua vontade.

Pela Sua Graça e em Seu nome, te peço e agradeço. Amém!!!


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here