Provérbios, o Silêncio de Deus

0

Sabei que o Senhor é Deus: foi ele, e não nós, que nos fez povo seu e ovelhas do seu pasto. Salmo 100:03.

1. Lançar as redes e não pegar nenhum peixe, não significa que não soube lançar, mas que o lado escolhido foi desfavorável; é preciso mudar de estratégia e voltar-se para a posição correta, pois, os peixes só caem na rede que estiver a sua frente;

2. O silêncio de Deus tem o eco mais potente que possa existir, ele ultrapassa a mais densa das profundidades, que é o espírito do homem, ressoa na zona mais sombria que existe, a sua alma; reflete pela janela mais misteriosa que há, que sãos seus olhos; sem ouvir a Deus, o homem tornar-se-á um nada, perdido no vazio;

3. A voz de Deus faz mover todos os alicerces do lugar; Quando Deus fala o homem se alegra, mas se Deus brada o homem chora; quando Deus apresenta-se, se faz festa, mas, se Deus se cala, a alma geme;

4. Doloroso é o viver que nunca experimentou o sabor mais desejado que todos os favos; que não sentiu o mais intenso de todos os aromas; que nunca visualizou a mais profunda das belezas; que nunca ouviu a mais intensa e suave de todas as vozes; e não tocou no mais belo de Todos, Jesus;

5. Deitar-se debaixo de uma arvore de frutos maduros, e reclamar porque recebeu uma pancada, é o mesmo que querer ficar debaixo da chuva e não querer se molhar, insensatez é, pois a árvore sempre esteve ali;

6. Brincar com o pecado é o mesmo que colocar a mão na boca de um cachorro enraivado; Quem abraça espinhos é porque ferido que ficar;

7. O homem que procura palavras para justiçar a Deus os seus atos infames, ele é insano dizendo ser inocente; O Insano não pensa em seus atos, perigoso se torna; o inocente pode beber o mel que envenenado estar, Porém, no Senhor está o conhecer antes de acontecer;

8. Aquele que tem o coração puro diante de Deus, inocente é, ainda que esteja cercado por perigo de morte, protegido ficará; não se ajuntarão muralhas a sua frente, todas Deus derribará;

9. Não há porque temer o justo diante das setas do mal, Deus é um escudo intransponível;

10. Sentinela falsa é a segurança vinda do invejoso, ai da vitima se cochilar, quando o dia amanhecer estará em apuros, em frente a presente de grego, sem saída vai ficar; escape este só terá, se a Deus conhecer;

11. Teias de aranha são as bajulações, quem sabe o que quer, quem si é, e o que faz, foge delas; porque bajulações são as armas dos incapacitados que sonha subir na vida sobre a sombra de outros;

12. O calar de Deus significa trabalho em prol do homem, o falar do homem é trabalho para Deus; só Deus pode concertar o estrago que faz uma boca sem sabedoria;

13. O Cavalgar é corrida para cavalos, como as flechas são armas para arqueiros, mas os que querem andar na direção correta apressam seus passos para seguir a Deus.

14. Quando as palavras são remédios o ferido erguer-se das cinzas, mas, quem empresta sua boca para ao mal, rajadas da escuridão são lançadas do abismo; preciso é, esconder-se, no esconderijo de Deus;

15. Quando Deus fala, esmiúça o ego do homem, porque a voz de Deus tem poder de batida do martelo sobre o barro, aquele que insiste em resistir-lo, vira pó na sua presença;

16. Querer dominar o valente sem ter capacidade é pedir para tornar-se refém de quem tem mais poder; quem é sábio pensa com cautela antes de agir, quem é inteligente age depois de pensar, mas o desvairado segue seus impulsos e caem em armadilhas;

17. O camponês espera o alvorecer para cuidar da sua vinha; o campeão treina exaustivamente para não perder seu posto, o insano insiste em continuar com seus mesmos atos, para este último, seu futuro nada mais é que, uma sacola sem fundo;

18. No cantar do galo, despertar o trabalhador que pensa para o futuro, conquistar; porém, o preguiçoso até o que tem, deixa apodrecer por não ter coragem para trabalhar, este, faz sua cama entre os que nasceram para fracasso;

19. Aquele que se acha forte, não deve do pecado se aproximar; porque o pecado tem perfume que envolve, tem calor que atrai, tem olhar que seduz, tem braços de aço para apertar, pés em ima para nele prender, e suas palavras são como mel; porém, sua alma e puro veneno, quem a ele se atraca, próximo está de ser conduzindo, ao som de marcha fúnebre;

20. O não de Deus para os sábios tem gosto de uma vitoria inigualável, mas para o débil é murmuração, palavras tolas não lhe faltará; só aquele que não possui entendimento pode achar que Deus faz alguma coisa errada;

21. Bandeira ateada é os pensamentos do justo, para todos os lados que ele olha sempre verá o que muitos não verem; Porém, o coração do invejoso está sempre em querer ficar em seu lugar, mas este, sempre será um trampolim para subida dos grandes;

22. Ser grande não é ter altura, como ser capaz não é ter forças, mas os que esperam em Deus tornar-se-ão grandes, porque a força que Deus colocou em sua vida, os capacita para ir às alturas;

23. Descansar em pastos verdejantes, só tem sentido para aqueles que estão no domínio de Deus, porque para aquele que não sabe por onde anda, pode significar estar perdido na relva;

24. Semelhante a um facão enferrujado é aquele que pensa ser o que não é, será preciso passar pela lixa do amolador para poder está em utilidade; enquanto ele achar que pode, sem poder, ficará lançado no esquecimento e para nada prestará;

25. Quem pode escapar do olhar de Deus? Diante dele a terra se desnuda como o revirar da sacola do dinheiro do feirante, é sacudida, torcida, revirada e revista até o avesso virar o direito;

26. A palavra de Deus é como espada de um valente, entra no peito do homem com veemência, alcança o coração com mais intensidade que o relampejar; mas, aqueles que não dão importância para a sua presença, sentirão dores, eterna;

27. O trabalhar de Deus é como o compasso de um relógio, devagar e preciso; o que Deus tem para os seus, só chega na hora certa; os que se atrasam para receber, correr o risco de nunca mais o alcançar; os que se apressam em passar a frente serão obrigados a esperar dolorosamente por mais tempo; sábio é, aquele que pronto está, na hora que Deus o chamar;

28. Mentir diante de Deus é querer brincar de esconde-esconde com quem tudo ver; pobre, miserável, pecador, quem é este homem que tentar agir com Deus como se Ele homem fosse, condenado já está;

29. As palavras têm peso justo quando são ditas por um justo, porém, ela é balança enganosa quando saem da boca do mentiroso, para morte elas são se procedem do querer do homem, mas, quando elas provêm de Deus, é vida eterna;

30. Nada é mais intenso do que querer conhecer a Deus, o que há de mais profundo está em entender que dentro de si, respira outro ser, cuja essência é incompreensível ao entender, o sábio, só é, se ele temer a Deus, porque a sabedoria humana é como uma pedra atirada ladeira abaixo, só rola para o abismo.

Deus abençoe a todos!

Pra. Elza Carvalho


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here