Mais sentido, por favor!

3

Busco sentido. Sentido para tantas coisas que vejo, observo e não consigo entender. Pois bem, que graça a vida tem quando não tem sentido? Sim, falo de sentido com propriedade. Nos exatos termos da palavra. Sentido de sentir, sentido de sentimento. Em seu sinônimo, para ser mais precisa: Sentido = acepção, interpretação e significação.

Já faz tempo que ando saturada com os humanos. É sério. Nada mais superficial, frio e calculista. Claro, não vamos generalizar. Que seja a maioria ou minoria, não importa, contudo, é a quantidade que mais chama atenção, infelizmente. São as características que observamos em muitos de nós: superficiais, indiferentes. E não é tanto por falha, o sistema tem nos impulsionado a ser assim. Ok, ok. Insensíveis! Talvez seja verdade: o mundo não tenha espaço para pessoa sensíveis.

Status. Fama. Sucesso. Dinheiro. Carreira. Correria desenfreada. Falta de tempo. Falta de prioridades.. Blá, blá, blá. Isto tem sentido? Afinal, qual seria o propósito da vida?

A verdade é que retrocedemos. Amamos o que deveríamos odiar e odiamos o que deveríamos amar. O amor está banalizado, se é que sabemos o que é Amor. A nível de informação, amor, é certeza. Segundo ICoríntios 13, o amor tudo crê, tudo espera e tudo suporta. Não, o amor não é descartável. Amor é segurança, é paz, é tranquilidade, tudo junto e misturado. Amor é fidelidade e, saiba, para quem Ama ser fiel não é nenhum sacrifício, mas sim um grande privilégio.
Ei, você que diz que “ama”. Observe suas atitudes. Ora, ama mesmo? Então cuide, demonstre, cative, plante, regue, seja fiel, transparente, sincera (o) e leal. Se não, afinal, “amar” faz algum sentido? Desculpe-me, isto não é amor. Chame-se de comodidade, interesse, qualquer outra coisa, amor não!
Neste ínterim, é visível a triste realidade: alguns papéis se inverteram na sociedade. O mundo está tão ao contrário, que começamos a achar as coisas naturais.

Ah, quer saber? O mundo está chato e interesseiro mesmo. Talvez seja por isto que ainda me encanto tanto com as crianças, que sorriso sincero, que andar leve, que abraço espontâneo, que olhar puro e ah… que sinceridade fascinante.

Apesar do sistema exigir de nós que nos enquadremos neste padrão “sem sentido”, eu não me perco!Me recuso a enquadrar neste sistema! Sou intensa demais para viver uma vida sem sentido. Autêntica demais para me contentar com a mediocridade. Sincera demais para suportar falsidade ou deslealdade. Tá…às vezes, com tudo o que vejo enlouqueço, mas que vida sem sentido deve ser a das pessoas que de vez em quando não “enlouquecem”, né? Rs.

Outrossim, não darei chances à superfície quando o que busco é fundo, profundo. Quero para a minha vida propósitos, sentido, sentimento! Quero o que é eterno e não temporal. Não busco passatempos e sim aquilo que agrega valores eternos à minha existência.
Quando Jesus esteve na terra ELE andou sobre as aguas e isto foi um milagre. Tem muita gente querendo o milagre de andar sobre as águas. Para mim o milagre hoje em dia é andar pacificamente sobre a terra. Andar distribuindo amor. Andar se preocupando com as pessoas ao redor. Andar sem ficar olhando para o próprio umbigo. #Pensenisto

Quer saber? Percebo que não falta só “sentido”. As pessoas estão carentes de amor. Nos tornamos desconfiados. Estamos carentes de fé, de esperança. Seres com falta de rumo, de direção, de convicção, de objetivo.

Precisamos rever nossos valores, nossos alvos e propósitos de vida. O que nos move? A fé. O que sustenta? Bom, o que sustenta uma árvore é a sua raiz, por isto é imprescindível uma vida de raízes fortes: convicções, sonhos, foco, objetivo, determinação. Perca suas folhas, mas não perca suas raízes. E, por fim? Onde queremos chegar? Se não tivermos uma direção, uma ambição, um rumo, ficaremos vagando, rodando, girando e caindo no mesmo lugar, como os Israelitas.

Pois bem. Como exigir sentido? Faça ter sentido. Seja você a mudança que você quer ver! Para mim o sentido de tudo é o AMOR. É isto que me move, me impulsiona, me inspira. Isto não me falta e só podemos dar aquilo que recebemos, não é verdade? Porém todos recebemos o amor de Deus mas, nem todos reconhecem e desfrutam desta plenitude. Por isto, não conseguem amar. Continuam vagando sem sentido. Procurando sentido sem o encontrar. Dando murro em ponta de faca. Para mim o sentido da vida está em amar a Deus sobre todas as coisas, amar a vida, e amar ao próximo.

Difícil! Hoje em dia amar é um desafio. Nem amar mais conseguimos. Não temos tempo. Não faz sentido. Estamos ocupados demais. Pois bem, é o que sinto. Perdemos os critérios. Estamos trocando as prioridades pelas coisas urgentes. Se é que isto faz algum sentido. Poucas pessoas hoje em dia ainda “sentem”. Criamos muros ao invés de pontes, obstáculos ao invés de atalhos, montamos aparência ao invés de conteúdo, tudo é digital, é frio e preguiçoso.

Mas há outra “maioria”, aquela que me fascina, que faz a vida ter mais sentido. Uma “maioria” que ama, abraça, preocupa, se importa, pede perdão, é fiel, volta atrás, é sincero, lê livros, dedica tempo à família e sonha.
erdemos a noção do viver, estamos desperdiçando o melhor da vida com coisas fúteis e temporais. Sobre reis e peões,depois que o jogo de xadrez acaba, todos são guardados na mesma caixa. Não existe ninguém melhor que ninguém. Sinta! Seja feliz! Ame! Valorize as coisas simples! Valorize o amor!

O que no final realmente terá sentido e importância é, primeiramente, Deus e depois a tradução exata do Criador: Amor.

São as coisas simples vão nos marcar para sempre. As surpresas sinceras que deixarão uma lembrança eterna no nosso coração. Os sorrisos bobos que trarão alegria nos dias difíceis. Os momentos registrados em fotografias nos trarão boas recordações.

Vamos olhar menos pra nosso umbigo e mais para o horizonte que está ali na frente, muito lindo por sinal. Vai em frente e viva! É pra frente que se anda!

Para finalizar, torço, para que daqui uns passos nesta maratona da vida possamos olhar para trás e dizer: “Valeu a pena! Tudo faz sentido!!!”

meu blog: www.raissabomtempo.blogspot.com.br
se puder, deixe seu comentário
amo vocês!


3 COMENTÁRIOS

  1. Que lindo!! Realmente estamos nos perdendo na vida com tanta correria e falta de tempo, porque estamos preocupados em construir o amanhã e, com isso, deixamos de viver o presente em sua plenitude. Isso é lamentavelmente triste 🙁

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here